Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAE - Departamento de Administração e Economia >
DAE - Programa de Pós-graduação >
DAE - Administração - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10314

Título: Mulher, desenvolvimento e meio ambiente: a experiência da Associação Mãos Mineiras
Autor(es): Filippo, Maria Margarida Santos di
Orientador: Amâncio, Robson
Membro da banca: Andrade, Cláudia Maria Ribeiro
Membro da banca: Alencar, Edgard
Assunto: Mulheres
Woman
Meio ambiente
Environmental
Associativismo
Rural development
Desenvolvimento rural
Agricultura familiar
Data de Defesa: 28-Fev-2002
Data de publicação: 4-Set-2015
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: FILIPPO, M. M. S. di. Mulher, desenvolvimento e meio ambiente: a experiência da Associação Mãos Mineiras. 2002. 134 p. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2002.
Resumo: Este trabalho discute a questão da mulher, do desenvolvimento e do meio ambiente. Tem como objetivo identificar as estratégias de desenvolvimento sob uma perspectiva de gênero e verificar a contribuição da mulher no desenvolvimento rural. A metodologia da pesquisa baseou-se em uma abordagem qualitativa, por meio do estudo de caso da Associação Mãos Mineiras, localizada no município de Lima Duarte, Zona da Mata, Minas Gerais. Para a coleta de dados foi utilizada a entrevista, com base em questionários semi-estruturados e a focused-interview. Como uma experiência pioneira nessa região, iniciada em 1988, o intuito da Associação foi contribuir para a geração de renda da população rural. As associadas produzem complementos alimentares e artesanato feito com material reaproveitado. As estratégias de desenvolvimento da Associação envolvem, de forma articulada, a atividade econômica, com ênfase na socioeconomia solidária, a sustentabilidade do meio ambiente, a valorização do saber local e a melhoria da condição de vida da mulher. A estratégia de desenvolvimento sob uma perspectiva de gênero tem sido direcionada para a emancipação da mulher por meio do trabalho. Ainda inclui a participação como organização e obtenção de poder e a garantia de acesso a um espaço público de sociabilidade e de aprendizagem social. As mulheres apresentam uma estreita relação com a sobrevivência e os cuidados da família. Elas reconhecem que os aspectos sociais e humanos são fundamentais para um autêntico processo de desenvolvimento. A experiência associativa tem colaborado para a flexibilização das relações de gênero desse grupo, por meio do fortalecimento da auto-estima, autoconfiança e autonomia econômica das mulheres. A pesquisa assinalou que um programa de desenvolvimento rural que privilegia a participação da mulher apresenta uma tendência para formulação de estratégias de maior sustentabilidade. Também verificou que a. participação da mulher é fundamental no desenvolvimento rural' sustentável, em razão da sua visão ampla e capacidade de elaborar estratégias criativas que contribuem para atender à necessidade de soluções sistêmicas de âmbito local.
Abstract: This work discusses the issue ofwoman, development and environment. It is aimed to identify the development strategies under a gender perspective and to verify woman's contribution in the rural development. The methodology of the research is based on a qualitative approach through the case study of Associação Mãos Mineiras (Mãos Mineiras Association), located in the town of Lima Duarte, Zona da Mata, Minas Gerais. For data collection, the interview was used, on the basis of semi-structured questionnaires and the focusedinterview. As a pioneering experience in that region, started in 1988, the intention ofthe Association was to contribute to the generation ofincome of the rural population. The associated women produce feeding complements and handicraft done from reutilizable material. The developmental strategies ofthe Association involve, in an articulate way, the economical activity, with emphasis on solidaristic socioeconomics, the sustainabihty of environment, the valorization of the local knowledge and the improvement of the condition ofthe woman's life. The developmental strategy under a gender perspective has been addressed to woman's emancipation through work. It still includes the participation as an organization and empowering and the access warranty to a pubhc space of sociability and social leaming. The women presente a close relationship with the survival and the cares of the family. They recognize that the social and human aspects are fundamental to an authentic developmental process. The associative experience has been collaborating for the flexibleness of the relationships of gender of that group, through the strengthening of selfesteem, self-reliance and the women's economical autonomy. The research pointed out that a program of rural development that privileges woman's participation presents a tendency towards formulation of strategies of greater sustainability. It also found that woman's participation is fundamental in the sustainable rural development due to her wide vision and capacity ofelaborating creative strategies that contribute to meetthe needs of systemic solutions oflocal range.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10314
Idioma: por
Aparece nas coleções: DAE - Administração - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Mulher, desenvolvimento e meio ambiente: a experiência da Associação Mãos Mineiras.pdf10,99 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback