Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCS - Departamento de Ciência do Solo >
DCS - Programa de Pós-graduação >
DCS - Ciência do Solo - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10316

Título: Comportamento do carbono e nitrogênio em gleissolos sob diferentes usos da terra no sul de Minas Gerais
Autor(es): Marrenjo, Gonçalves Jotamo
Orientador: Zinn, Yuri Lopes
Membro da banca: Silva, Carlos Alberto
Membro da banca: Soares, Plínio César
Assunto: Oryza sativa L.
Phaseolus vulgaris L.
Humo
Humus
Data de Defesa: 11-Ago-2015
Data de publicação: 8-Set-2015
Agência de Fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Ministério de Ciência e Tecnologia de Moçambique
Referência: MARRENJO, G. J. Comportamento do carbono e nitrogênio em gleissolos sob diferentes usos da terra no sul de Minas Gerais. 2015. 67 p. Dissertação (Mestrado em Ciência do Solo) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
Resumo: O carbono orgânico do solo (COS) é um indicador importante da qualidade do solo, e fonte de nutrientes para as plantas e organismos do solo. Assim, é necessário o desenvolvimento de práticas agrícolas sustentáveis que permitam a conservação ou sequestro do COS, como o cultivo mínimo, rotação de culturas e uso de fertilizantes em doses adequadas. Em solos de várzea, anaerobiose sazonal ou constante por inundação modifica a atividade da comunidade microbiana, que se torna menos eficiente em decompor o COS, assim resultando em sua acumulação. O objetivo desta pesquisa foi de estudar o efeito do uso da terra sobre o COS de um Gleissolo no Sul de Minas Gerais. Os tratamentos constituíram-se de Gleissolo sob mata nativa (referência), sob cultivo de arroz inundado e de feijão, e de um Argissolo Vermelho-Amarelo sob mata nativa, usado como referência de um solo aeróbico. As amostras foram coletadas nas profundidades de 0-5, 5-10, 10-20 e 20-40 cm para análises físicas, químicas, de COS e N-total. O delineamento experimental usado foi o inteiramente casualizado, com 4 tratamentos e 3 repetições. A correção e fertilização nas áreas de Gleissolos cultivados resultou no aumento do pH, menor saturação por alumínio (m) e maior soma de bases (SB), em relação o Gleissolo sob mata. Maiores teores e estoques de COS e N foram observados na mata do Gleissolo, em comparação com os Gleissolos cultivados com arroz e feijão, indicando perdas significativas de matéria orgânica do solo. Com relação aos estoques de COS, a mata de Gleissolo e a mata de Argissolo não diferiram significativamente, uma vez que aquela apresentou simultaneamente maiores teores de COS, mas menor densidade do solo. Isto sugere que a inundação teve menor influência na retenção de COS e N do que o esperado, na região de estudo.
Abstract: Soil organic carbon (SOC) is an important indicator of soil quality, and a nutrient source for plants and soil organisms. Thus, it is critical to develop sustainable agricultural practices favoring SOC conservation or sequestration, such as minimal tillage, crop rotations and judicious fertilizer use. In lowlands, seasonal or permanent anoxia due to flooding changes microbial communities, which become less efficient in decomposing SOC, causing its accumulation. This research aimed to study land use effects on SOC in a gley soil in southern Minas Gerais, Brazil. Treatments comprised a gley soil under native forest vegetation, common beans and flooded rice, as well as a nearby Ultisol under native forest as a reference of aerated soils. Soil samples were taken at the 0-5 cm, 5-10, 10-20 and 20-40 cm depths for physical, chemical, SOC and N analyses. The experimental design was completely randomized, with 4 treatments in triplicate. Liming and fertilization increased soil pH and base saturation, and decreased aluminum saturation in cultivated gleys. Higher concentrations and stocks of SOC and N occurred in the gley soil under native vegetation than under rice and bean crops. The Ultisol and the gley soil under native vegetation did not differ in SOC stocks, since the latter showed simultaneously higher SOC concentrations but lower bulk density. This trend suggests that flooding and anoxia had lower importance for SOC and N retention than previously expected, in the study area.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10316
Idioma: por
Aparece nas coleções: DCS - Ciência do Solo - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTACAO_Comportamento do carbono e nitrogênio em gleissolos sob diferentes usos da terra no sul de minas gerais.pdf1,07 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback