Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10323
Título: Agroecologia, saber local e mercado: um estudo sobre a agricultura familiar de Poço Fundo, MG
Autor : Gonçalves, Alexandre
Primeiro orientador: Gomes, Marcos Affonso Ortiz
Primeiro coorientador: Siqueira, Euler David de
Primeiro membro da banca: Valadão, Roberto Célio
Segundo membro da banca: Siqueira, Euler David de
Terceiro membro da banca: Chévez, Osmar Vicente
Palavras-chave: Ecologia agrícola
Agricultural ecology
Agricultura familiar
Agricultura orgânica
Organic farming
Certificação
Certification
Produtos agrícolas
Farm produce
Administração rural
Farm management
Data da publicação: 8-Set-2015
Agência(s) de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: GONÇALVES, A. Agroecologia, saber local e mercado: um estudo sobre a agricultura familiar de Poço Fundo, MG. 2003. 183 p. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2003.
Resumo: A produção de alimentos orgânicos é uma atividade que vem sendo desenvolvida por agricultores familiares de diferentes regiões do Brasil. A comercialização desses produtos tem especificidades, é composta por diferentes canais e um sistema de certificação dos produtos. A produção e certificação orgânica formam uma rede que articula pontos localizados em diferentes partes do mundo. Os pressupostos ligados a produção orgânica envolvem aspectos econômicos, ambientais e sociais. Através deste estudo procurou-se compreender como os agricultores de Poço Fundo - Minas Gerias percebem e relacionam-se com a produção e comercialização de alimentos orgânicos. Para isto, utilizou-se um referencial teórico que mantém interfaces com diferentes disciplinas, como agroecologia, geografia, antropologia, sociologia e economia, analisando as relações entre agricultura familiar, o espaço geográfico e as relações de troca com o mercado. Para os agricultores de Poço Fundo a agricultura orgânica significa uma reação à um processo de desestruturação da realidade local causada pela agricultura moderna e pelo avanço do sistema capitalista no campo. A agricultura orgânica em Poço Fundo têm um significado amplo, que envolvem aspectos políticos, ideológicos, ambientais, culturais e econômicos. Os espaços de comercialização formam territórios que comportam relações de poder, envolvendo um sistema de certificação dos produtos, no qual os agricultores são obrigados a adequar-se à um conjunto de normas e procedimentos para terem acesso a esse mercado. Os agricultores, ao mesmo tempo que adeguam-se às normas definidas pelos agentes do mercado, constróem arranjos que fortalecem o grupo e, que garantem um processo de desenvolvimento baseado na convivência com a natureza e calcado em seus sistemas de produção e reprodução do saber.
Abstract: Organic food production is an activity that has been developed by family farmers in different regions of Brazil. The commercialization of organic products has some particularities. It is composed of different channels from those used by other food crops and a certifícation system. The production of organic food and its certifícation involves a network that includes specialized markets around the world. This production includes economic, environmental and social aspects. The present study seeks to comprehend how family farmers from Poço Fundo, Minas Gerais, organize for the production and commercialization of their products. To accomplish the goals a theoretical reference which interfaced geography, anthropology, sociology and economics, was necessary. The relations among family farmers, the geographical space of their occupation and the trade relations with the market were analyzed. Organic food production is a reaction to local reality changes caused by modem agriculture and the capitalism system on rural áreas. Organic production is very important to Poço Fundo. It involves political, ideological, environmental, cultural and economic aspects. The commercialization process construct borders that comes from power relations in the certifícation system. In this system producers has to adjust to procedures to participate in the market. On the other hand, producers construct strong groups based on the act of living in society. These groups are still based on environmental and knowledge reproduction.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10323
Idioma: por
Aparece nas coleções:DAE - Administração - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO Agroecologia, saber local e mercado: um estudo sobre a agricultura familiar de Poço Fundo, MG.pdf10,55 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.