Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Botânica Aplicada - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10326

Título: Anatomia foliar e do lenho de árvores de Sebastiania commersoniana (Baillon) L.B.SM. & R.J. Downs (Euphorbiaceae) em solo contaminado pelo derramamento de petróleo
Autor(es): Ribeiro, Alessandra de Oliveira
Orientador: Mori, Fábio Akira
Coorientador: Galvão, Franklin
Membro da banca: Tommasiello Filho, Mario
Membro da banca: Nakamura, Adriana Tiemi
Membro da banca: Pereira, Fabrício José
Membro da banca: Silva, Marcela Gomes da
Assunto: Petróleo
Petroleum
Poluição
Pollution
Dendrocronologia
Dendrochronology
Anatomy
Data de Defesa: 12-Jun-2015
Data de publicação: 8-Set-2015
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: RIBEIRO, A. de O. Anatomia foliar e do lenho de árvores de Sebastiania commersoniana (Baillon) L.B.SM. & R.J. Downs (Euphorbiaceae) em solo contaminado pelo derramamento de petróleo. 2015. 105 p. Tese (Doutorado em Botânica Aplicada) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
Resumo: A extração de petróleo tem aumentado muito, nos últimos anos, para suprir a crescente exigência energética mundial. O aumento dessa extração tem potencializado os riscos de o petróleo ser acidentalmente descarregado no ambiente e, com isso, o presente estudo foi realizado com o objetivo de verificar o efeito do derramamento de petróleo ocorrido em 2000, em Araucária, Paraná, na espécie arbórea Sebastiania commersoniana, dominante em ambientes aluviais na região sul do Brasil. O estudo foi realizado em remanescentes da Floresta Ombrófila Mista Aluvial, em duas localidades na porção centro-sul do primeiro planalto paranaense, designadas como área contaminada e área controle. Foram selecionadas 17 árvores de Sebastiania commersoniana na área contaminada e 12 árvores na área controle. Realizaram-se análise de anatomia foliar, caracterização anatômica dos anéis de crescimento, determinação da densidade aparente dos anéis de crescimento, análise dendrocronológica e análise anatômica dos elementos de vasos. Com os resultados obtidos conclui-se que a espécie é tolerante à contaminação por petróleo. As diferenças observadas na anatomia foliar podem não estar relacionadas com o efeito da contaminação por petróleo, uma vez que a composição do solo pode estar exercendo papel relevante sobre estas diferenças. A densitometria de raios X possibilitou a identificação e a demarcação exata dos limites dos anéis de crescimento, bem como as variações de densidade do lenho intra e interanéis de crescimento e no sentido radial. Para os estudos dendrocronológicos observou-se redução no crescimento radial no lenho das árvores, nos anos de 2000 e 2001. A espécie apresenta modificações na anatomia nos elementos de vaso do lenho, comprovando a sua grande plasticidade para ocupar diferentes condições ambientais. Essa capacidade de adaptação da espécie justifica a sua forte presença em ambientes alterados, como observado na área de estudo.
Abstract: Oil extraction has increased in recent years to meet the growing global energy demand, and this, has boosted the risk of oil being accidentally discharged into the environment. Thereby, the present study aims to determine the effect of the oil spill occurred in 2000, in Araucaria, Parana, in the tree species Sebastiania commersoniana, dominant in alluvial environments in southern Brazil. The study was conducted on remnants of the Joint Flood Rain Forest at two sites in south-central portion of the first plateau of Paraná, designated as contaminated area and control area. There were selected 17 trees of S. commersoniana from contaminated area and 12 trees from control area. The analysis performed were leaf anatomy, anatomical characterization of the growth rings, determination of bulk density of the growth rings, dendrochronological analysis and anatomical analysis of vessel elements. With the results obtained here, it concluded that the species is tolerant to contamination by oil. The differences observed in leaf anatomy may not be related to the effect of contamination by oil, since the soil composition may be playing a significant role on these differences. The X-ray densitometry allowed the identification and marking of the exact limits of the growth rings of the wood and the density growth of the intra and inter-rings and the radial direction. For dendrochronological studies, was observed a reduction in radial growth in the wood of trees in the years 2000 and 2001. The species show changes in the anatomy of the wood vessel elements, proving its great plasticity to occupy different environmental conditions. This kind of adaptability justifies its strong presence in disturbed habitats, as noted in the study area.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10326
Idioma: por
Aparece nas coleções: DBI - Botânica Aplicada - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Anatomia foliar e do lenho de árvores de Sebastiania.pdf25,83 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback