Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10336
metadata.teses.dc.title: Empresa de participação comunitária: aspectos teóricos e práticos
metadata.teses.dc.creator: Bartholo, Fernando Antônio Ferreira
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Lima, Juvêncio Braga de
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Santos, Antônio Carlos dos
metadata.teses.dc.contributor.referee2: Oliveira, Antônio Donizete de
metadata.teses.dc.subject: Participação social
Social participation
Solidariedade
Solidarity
Economia
Economics
Comunidades sociais
Social settlement
metadata.teses.dc.date.issued: 9-Sep-2015
metadata.teses.dc.identifier.citation: BARTHOLO, F. A. F. Empresa de participação comunitária: aspectos teóricos e práticos. 2003. 106 p. Dissertação (Mestrado em Administração Rural) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2003.
metadata.teses.dc.description.resumo: O objetivo deste trabalho foi compreendere explicar os aspectos teóricos e práticos das Empresas de Participação Comunitária (EPC), sua importância como mecanismo de desenvolvimento auto-sustentável na geração de trabalho e renda para as comunidades por meiode estudo de caso realizado na ESPRI S.A., empresa localizada no município de Cotia, SP. Buscou-se conhecer a natureza e o funcionamento desta empresa, sua estrutura e suas relações organizacionais na perspectiva institucionalista pela amplitude focai encontrada nas forças de influência do ambiente, assim como pela abordagem dos conceitos de Redes de Cooperaçãoe EconomiaSolidária. Por se tratar de pesquisa qualitativa, a técnica empregada para a coleta de dados consistiu em levantamentos bibliográficos, levantamentos documentais, observação não-participante e entrevistas semiestruturadas. Foram entrevistadas 38 pessoas, técnicos do SEBRAE/SP, dirigentes de Empresas de Participação, dirigentes, funcionários e acionistas da ESPRI S.A.. O estudo evidenciou características específicas dos processos de cooperação na constituição e funcionamento das EPCs com reflexos na atividade gerencial. No caso da ESPRI S.A. constatou-se que os aspectos econômicos que motivam os agentes dessa organização são mediados pela "cultura da partilha'', base da concepção teórica da Economia da Comunhão (EdC). O conjunto das experiências de criação e funcionamento desse tipo de empresa evidencia o potencial da reinterpretação de novos processos de constituição e legitimação de setores empresariais fundados na perspectiva da economia solidária. Esse tipo de rede organizacional representa uma possibilidade de conjunção do modelo de empresas constituídas como sociedades anônimas com processos de gestão típicos de associações cooperativas.
metadata.teses.dc.description.abstract: The objective ofthis work was to understand and explain the theoretical and practical aspects of the Community Participation Companies (EPC), and their importance as an auto-sustainable development mechanism in the generation of work and income for the communities, via a case study accomplished at ESPRI S.A., a company located at the city of Cotia, SP. We tried to understand the nature and the functioning ofthe company, its structure and organizational relations, under the institutionalist perspective, through the focai broadness found in the influence forces of the environment, as well as through the approach of the Cooperation Networks and Solidary Economy concepts. As this was a qualitative research, data was collected through bibliographic and document research, non-participant observation and semistructured interviews. Thirty-eight individuais were interviewed: SEBRAE/SP technicians, directors of Participation Companies and directors, employees and shareholders ofESPRI S.A. The study pointed out characteristics specific to the cooperation processes in the constitution and operation ofEPCs with reflexes on the managing activity. In the case of ESPRI S.A., we observed that the economical aspectsthat motivate the agents ofthe organization are mediated by the "culture of sharing", base of the theoretic conception of Communion Economy (EdC). The group of the creation and operation experiences of this kind of enterprise evidencesthe potential ofre-interpretation ofnew constitution processes and legitimization of managerial sections founded on the perspective ofsolidary economy. This kind oforganizational net represents a possibilitv of conjunctionofthe model ofcompanies constructed as anonymous societies with administration processes typical ofcooperative associations.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10336
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:DAE - Administração - Mestrado (Dissertações)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.