Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAE - Departamento de Administração e Economia >
DAE - Programa de Pós-graduação >
DAE - Administração - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10351

Title: Fronteira de produção e eficiência econômica na cultura da soja no Mato Grosso do Sul
???metadata.dc.creator???: Richetti, Alceu
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Reis, Ricardo Pereira
???metadata.dc.contributor.referee1???: Santos, Antônio Carlos dos
???metadata.dc.contributor.referee2???: Veiga, Ruben Delly
???metadata.dc.contributor.referee3???: Aguiar, Danilo Rolim Dias de
Keywords: Soja - aspectos econômicos
Soybean - economic aspects
Economia agrícola
Agricultural economics
Econometria
Econometrics
???metadata.dc.date.submitted???: 11-Dec-2000
Issue Date: 11-Sep-2015
???metadata.dc.description.sponsorship???: Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)
Citation: RICHETTI, A. Fronteira de produção e eficiência econômica na cultura da soja no Mato Grosso do Sul. 2000. 82 p. Dissertação (Mestrado em Administração Rural) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2000.
???metadata.dc.description.resumo???: Este trabalho procurou avaliar a eficiência econômica na utilização dos recursos produtivos na cultura da soja no estado de Mato Grosso do Sul. Além disso, buscou caracterizar a produção de soja, estimar as funções fronteira de produção e identificar a eficiência econômica do uso de fatores de produção pelos produtores de soja na região de estudo. O trabalho abrange os principais municípios produtores de soja do estado de Mato Grosso do SuL dispondo de dados primários coletados diretamente junto a produtores por meio de questionários com questões estruturadas e semi-estruturadas. Procurou-se caracterizar os produtores de soja do estado pela condição de posse das terras, por grupos de área total e por regiões produtoras. A eficiência econômica foi estimada por meio de uma função fronteira de produção em uma amostra de 151 produtores de soja. A exploração econômica da cultura da soja no Mato Grosso do Sul é desenvolvida por produtores que praticam uma agricultura tecnificada, com visão empresarial. Em relação à posse e uso da terra, a maioria dos produtores é proprietário-arrendatário, sendo minoria os arrendatários. Os produtores arrendatários foram os que alcançaram o melhor nível de eficiência, seguidos pelos proprietários. Já os proprietários-arrendatários não foram eficientes. Considerando a fronteira de eficiência estabelecida neste estudo, todos os produtores de soja, quando avaliados por tamanho de área, são em parte ineficientes economicamente. No entanto, os resultados obtidos indicam um alto grau de similaridade entre os produtores, por apresentarem características comuns tais como a região, a mão-de-obra, tecnologia, entre outras. Quando avaliados por região, os produtores do norte estão operando próximos da fronteira de eficiência estabelecida, sinalizando uma tendência mais favorável na realocação de recursos e, portanto, atingindo a eficiência. O nível médio de eficiência econômica alcançado pelos produtores de soja no estado de Mato Grosso do Sul foi de 80,28%. Este índice indica que a tendência de ganhos adicionais na produtividade e/ou na redução dos custos de produção podem ser obtidos com melhor desempenho econômico dos produtores, levando-os a operar na fronteira de produção. De maneira geral, esperava-se que os produtores de soja do Mato Grosso do Sul operassem na fronteira de eficiência estabelecida neste estudo. Porém, os resultados alcançados indicaram queos produtores não conseguem explorar potencialmente a tecnologia disponível e, conseqüentemente, obter melhores resultados econômicos, em razão da presença de parte de ineficiência econômica no processo produtivo.
Abstract: This pieceofwork has sought to evaluating the economical efficiency in the use ofproductiveresources in the soybean productionin the state ofMato Grosso do Sul. Besides, it also aimedat characterizing the soybean production, estimating the production frontier functions and identifying the economical efficiency of the use ofproduction factors by the producers ofsoybean in the área ofstudy. The paper comprises the main soybean producing towns in the state of Mato Grosso do Sul, starting off from primaiy data gathered directíy from the producers through surveys which featured structured and semi-structured questions. Criteria for charactenzation of producers were total of land possession, total área groups and producing áreas. Economical efficiency was estimated through a production frontier füncüon in a sample of 151 soybean producers. The economical exploitation ofsoybean cultures in Mato Grosso do Sul is developed by producers who practicea technifiedkind ofagriculture, with an entrepreneurs eye. As for land possession and use, most of the producers belong to the land-lessor type, the renters being minority. The renters reached the highest production leveis, followed by the owners. The lessors were not as efficient. Taking the efficiency frontier settled for this study into consideration, ali soybean producers proved to be partry inefficient when evaluated for área size, economicalry speaking. Nevertheless, the results fared indicate a high degree of similarity among producers, as they feature common characteristics such as region, labor, technology, among others. When evaluated as for the region, the upstate producers proved to be operating close to the efficiency frontier settled, signaling a more favorable trend for the relocation ofresources and, thus, reaching efficiency. The average economical efficiency index reached by the soybean producers in the state ofMato Grosso do Sul was 80.28%. Such index indicates that a tendency to gains in productivity and/or production cost reductions can be obtained through a better economical performance by the producers, which may lead them to operating on the production frontier line. In a general sense, it was expected that the soybean producers ofMato Grosso do Sul operated on the efficiency frontier settled for this study. The results fared, however, indicate that the producers are not able to potentially exploit the technology available andconsequentlv obtain bettereconomical results, due to the presence ofsomeeconomical inefficiency inthe production process.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10351
???metadata.dc.language???: por
Appears in Collections:DAE - Administração - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO Fronteira de produção e eficiência econômica na cultura da soja no Mato Grosso do Sul.pdf3.81 MBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback