Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAE - Departamento de Administração e Economia >
DAE - Programa de Pós-graduação >
DAE - Administração - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10388

Título: Criação de valor econômico em cooperativas agroindustriais
Autor(es): Santos, Ercilio
Orientador: Salazar, German Torres
Membro da banca: Santos, Antônio Carlos dos
Membro da banca: Amaral, Hudson Fernandes
Assunto: Cooperativas agrícolas
Cooperative agriculture
Economia agrícola
Agricultural economics
Agroindústria
Agribusiness
Data de Defesa: 28-Fev-2002
Data de publicação: 16-Set-2015
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: SANTOS, E. Criação de valor econômico em cooperativas agroindustriais. 2002. 213 p. Dissertação (Mestrado em Administração Rural) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2002.
Resumo: O tema deste trabalho refere-se a gestão financeira e criação de valor econômico em três cooperativas agroindustriais localizadas na região sul do estado de Minas Gerais. Assim, o objetivo geral da pesquisa consistiu na identificação da criação de valor econômico utilizando para tal, o conceito de EVA® (Economic Value Added) ou Valor Econômico Adicionado. Especificamente, procurou-se analisar o investimento e financiamento do capital de giro e a estrutura financeira das cooperativas, como bases da criação de valor econômico. Neste sentido, o trabalho teve como fundamentação teórica, as decisões financeiras da empresa, precedida de uma revisão de literatura sobre o cooperativismo com ênfase para as especifícidades da estrutura de capital das empresas cooperativas. A pesquisa foi desenvolvida através de estudos de caso, realizados a partir das demonstrações financeiras de 1995 a 1999, fornecidas pelas cooperativas. O modelo analítico utilizado foi o Modelo Fleuriet que, através da mensuração das variáveis Investimento Operacional em Giro (IOG), Capital de Giro (CDG) e Saldo de Tesouraria (T) proporciona uma análise dinâmica da gestão financeira das empresas. Os resultados indicaram destruição de valor econômico, ou seja, os resultados gerados a partir das atividades operacionais das cooperativas, expressos através do Fluxo de Caixa Operacional não foram capazes de remunerar o capital nelas investido. Relativamente ao capital de giro, verificou-se que as cooperativas apresentaram uma demanda de recursos para a manutenção e desenvolvimento de suas operações. Entretanto, de uma forma geral, o financiamento dessas necessidades de capital de giro não foi satisfeita integralmente por recursos estáveis de longo prazo. Existiu assim, a necessidade de captação de recursos onerosos de curto prazo para complementar o financiamento das necessidades operacionais das cooperativas. A combinação das variáveis características do Modelo Fleuriet proporcionou a identificação de duas estruturas financeiras básicas: a situação financeira sólida e a situação financeira insatisfatória. Uma conclusão, de ordem geral, deste trabalho, refere-se à dificuldade de integração da teoria financeira à doutrina cooperativista. Entretanto, com as adaptações realizadas nesta pesquisa, proporcionadas pelo Modelo Fleuriet, foi possível empreender uma análise da gestão financeira da empresa cooperativa como base para a criação de valor econômico com as mesmas ferramentas utilizadas pelas demais empresas.
Abstract: The subject of this study is the financial management and economic value addition in three cooperatives located in the southern region of Minas Gerais state. The general purpose ofthe research consisted in the identification of economic value addition from the concept of EVA (Economic Value Added). Specifically, the study searched the analysis of working capital investment and financing decisions and the financial structure of the cooperatives as a basis of value addition. Therefore, the theoretical approach of the study was the financial decisions of the firm, preceded by a literaturereview about the cooperatives, emphasizing the specificities of capital structure of these enterprises. The research was developed through case studies and the balance sheets from 1995 until 1999 as data source. The analytical model was the Fleuriet Model that provides a dynamic analysis of the enterprise's financial management through the measurement of the variables Working Investment, Working Capital and Treasury Balance. The results indicated economic value destruction, indicating that the results gained from operational activities expressed through the Operational Cash Flow were unable to remunerate the weighted average cost of capital. Regarding the working capital, the cooperatives demanded resources for the maintenance and development of operations. However, the financing of working investment was not plenty satisfíed by long run resources. There was necessity of onerous short run resources in order to finance the working investment. The combination of Fleuriet Model variables provided the identification of two basic financial structures: the solid financial situation and the dissatisfied financial situation. A general conclusion of this study refers to the diffículty ofintegration between the financial theory and cooperatives doctrine. However, with the adaptations provided by Fleuriet Model was possible to accomplish an analysis of the cooperatives financial management as a basis of economic value addition with the same tools ofanalysis used by capitalist enterprises.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10388
Idioma: por
Aparece nas coleções: DAE - Administração - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO Criação de valor econômico em cooperativas agroindustriais.pdf12,26 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback