Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAE - Departamento de Administração e Economia >
DAE - Programa de Pós-graduação >
DAE - Administração - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10395

Title: Mulher, terra e trabalho: trajetória femininas na agricultura familiar mineira nos anos 1990
???metadata.dc.creator???: Medeiros, Rosa Maria
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Ribeiro, Áureo Eduardo Magalhães
???metadata.dc.contributor.referee1???: Castro, Leda M. Benevello de
???metadata.dc.contributor.referee2???: Ortega, Antônio César
Keywords: Agricultura familiar
Trabalhadoras rurais
Women agricultural laborers
Mulheres
Women
???metadata.dc.date.submitted???: 29-Jun-2001
Issue Date: 17-Sep-2015
???metadata.dc.description.sponsorship???: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Citation: MEDEIROS, R. M. Mulher, terra e trabalho: trajetória femininas na agricultura familiar mineira nos anos 1990. 2001. 112 p. Dissertação (Mestrado em Administração Rural) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2001.
???metadata.dc.description.resumo???: Este trabalho analisa trajetórias femininas na agricultura familiar mineira nos anos 1990. Buscou-se compreender como essas trajetórias influenciaram a participação da mulher na composição das estratégias familiares, e nas relações sociais estabelecidas ao longo do percurso da família. A metodologia da pesquisa baseou-se em uma abordagem qualitativa, através de estudo de caso em dois locais: a comunidade de Boa Vista, em Itaguara/ MG, e o Assentamento Dom Orione, Betim/MG. Considerou-se a família como unidade de estudo. A coleta de dados ocorreu a partir de entrevistas semi-estruturadas, com roteiros pré-elaborados, além de observações è Imotãçòes ém^ãdèmíntelcainpQ. Boa Vista é composta por agricultores estabelecidos nõTocal há mais de 200 anos. Combinam atividades agrícolas e não agrícolas. As mulheres dedicam-se a trabalhos relacionados com a casa, agricultura e ao tear mineiro. O tear permite uma redefinição das relações de gênero, do ponto de vista econômico, ao modificar algumas das atribuições familiares, a jornada doméstica e as estratégias de gestão da unidade produtiva. Mas essa redefinição não se afirma para as mulheres, que reproduzem o discurso da subordinação e invisibilidade. Conclui-se que, no domínio rural onde a pluriatividade se destaca, o ambiente agrário a restringe, valorizando o agrícola, tomando-a complementar e acessória. O Assentamento Dom Orione é formado por famílias migrantes, de origem rural, com experiências de assalariamento rural e urbano. Dedicam-se a atividades agrícolas, principalmente horticultura e lavouras de mantimentos. As mulheres envolvem-se em atividades domésticas, produtivas e de gestão comunitária. No entanto, essas atividades são entendidas como parte das obrigações femininas. Pode-se pensar que há um recuo na autonomia das mulheres a partir do assentamento. Ali, a subordinação delas à família é mais explícita, sendo maiores os mecanismos de controle. Nesse espaço rural, mais próximo do urbano, o agrícola se sobressai, restringindo e subordinando a participação das mulheres.
Abstract: This work analyzes the feminine trajectories in the mineira family agriculture in the 90ies. The comprehension ofhow these trajectories influenced woman's participation in the composition ofthe fàmily strategies and in the social relations established along the family lifetime was searched. The methodologyofthe research was based on a qualitative approach, through case study in two places: the Boa Vista community, in Itaguara/MG, and the Assentamento Dom Orione, Betim/MG. The family was considered as a study unit. The data collecting used semi-structured interviews, with pre-elaborated scripts, besides observation and field note. Boa Vista is composed by farmers that have been living there for more than 200 years. They combine agricultural and non-agricultural activities. The women dedicate themselves to housework, agriculture activities and to the mineiro weaver loom. The weaver loom allows a redefinition ofgenderrelations, inthe economic view, by modifying some ofthe family attributions, the domestic jòumey and the management strategies ofthe productiveunit. But this redefinition does not affirm itselffor the women, which reproduce subordination and the invisible speech. It was concluded that, in the rural domain where multi-activity stands out, the agrarian environment restricts it, valorizing agriculture, tuming the multi-activity into a complement and accessory. The Assentamento Dom Orione is formed by migrant families, of rural origin, with experiences ofrural and urban wage earning. They dedicate themselves to agricultural activities, especially horticulture andprovision crops. The women are involved in household, productive and community management activities. However, these activities are understood as part of the feminine obligations. It can be thought thatthere is a retraction in women's autonomy the Assentamento.There, their subordination to the family is more explicit, and control mechanisms are stronger. In this rural área, closerto the urban site, the agricultural activities stands out, restricting and subordinating the women's participation.
Description: Dissertação/tese está disponível online com base na Resolução CEPE nº 090, de 24 de março de 2015, que dispõe sobre a disponibilização da coleção retrospectiva de teses e dissertações online no Repositório Institucional da UFLA, sem autorização prévia dos autores. Parágrafo Único. Caberá ao autor ou orientador a solicitação de restrição quanto à divulgação de teses e dissertações com pedidos de patente ou qualquer embargo similar. Art. 5º A obra depositada no RIUFLA que tenha direitos autorais externos à Universidade Federal de Lavras poderá ser removida mediante solicitação por escrito, exclusivamente do autor, encaminhada à Comissão Técnica da Biblioteca Universitária. / Arquivo gerado por meio da digitalização de material impresso. Alguns caracteres podem ter sido reconhecidos erroneamente.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10395
???metadata.dc.language???: por
Appears in Collections:DAE - Administração - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO Mulher, terra e trabalho: trajetória femininas na agricultura familiar mineira nos anos 1990.pdf6.77 MBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback