Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAE - Departamento de Administração e Economia >
DAE - Programa de Pós-graduação >
DAE - Administração - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10406

Title: Uso dos recursos naturais pelos produtores rurais da nascente do Rio Grande
???metadata.dc.creator???: Jardim, Anna Carolina Salgado
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Amâncio, Robson
???metadata.dc.contributor.referee1???: Vinha, Valéria Gonçalves da
???metadata.dc.contributor.referee2???: Alencar, Edgard
Keywords: Percepção geográfica
Geographical perception
Recursos naturais
Natural resources
Direito ambiental
Environmental law
Biodiversidade
Biodiversity
Trabalhadores rurais
Agricultural laborers
???metadata.dc.date.submitted???: 30-May-2003
Issue Date: 22-Sep-2015
???metadata.dc.description.sponsorship???: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Citation: JARDIM, A. C. S. Uso dos recursos naturais pelos produtores rurais da nascente do Rio Grande. 2003. 112 p. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2003.
???metadata.dc.description.resumo???: Esta pesquisa objetivou compreender a visão de mundo, as percepções, os conhecimentos e as práticas socioambientais dos produtores rurais residentes em duas comunidades situadas nas proximidades da nascente do Rio Grande, no Município de Bocaina de Minas/MG. Especificamente, pretendeu-se caracterizar o significado e a importância que os recursos naturais têm para esses atores sociais; identificar e analisar o uso que os mesmos fazem desses recursos, de forma a compreender o tipo de relação estabelecida entre os atores sociais enfocados e o ambiente natural que os envolve. Pretendeu-se, ainda, fazer um contraponto entre as práticas socioambientais dessas comunidades, que vivem em áreas ecologicamente frágeis, com a legislação ambiental vigente no Brasil. Em função da complexidade dos objetivos propostos optou-se pela pesquisa de caráter qualitativo, uma vez que privilegia a compreensão dos comportamentos a partir da perspectiva dos sujeitos da investigação. Os resultados mostraram que existem dois grupos sociais distintos nas comunidades enfocadas - os nativos, que sobrevivem da produção de subsistência, e os hippies - como são localmente tratados -, os quais residem na zona rural, mas cujas fontes de renda não provêm da atividade agropecuária. Este fato foi relevante na análise dos resultados uma vez que ambos os grupos influenciam-se reciprocamente no que concerne aos objetivos desta pesquisa. Constatou-se que os nativos têm uma percepção diferente dos hippies em relação ao mundo natural, sendo que os primeiros vêem-se integrados à natureza; ao contrário, os últimos percebem-se como dissociados dela. Observou-se que a legislação ambiental, por não considerar as especificidades locais, pode ter efeitos negativos, como por exemplo, o êxodo rural.
Abstract: This research aimed to understand the vvorld vievv, perceptions, knowledge and social-environmental practices of rural producers, residcnt in two communities located in the proximities of the source of the Rio Grande, in Bocaina de Minas district, Minas Gerais. Specifically, it intended to charactcrize the meaning and the importance that the natural resources have for these social actors; to identifv and analvze the use that they make of these resources, so as to understandthe type of relationship established between the social actors and the natural environment that surrounds them. The research also intended to make a counterpoint between the social-environmental practices of these communities that live in ecologicallv fragile áreas, and the environmental Icgislation in effect in Brazil. Due to the complexity of the proposed research, a qualitative approach was used, since it helps to understand behaviors from the perspective of the subject of investigation. The results showed that two distinct social groups exist in the focai communities - the natives, that live on their own subsistence production, and the hippies - as theyare treated locally -, who reside in the rural áreas, and whose incomes are not obtained from agricultural activity. This fact was important in the analysis of results, since the two groups influence each other reciprocally in respect to the objectives of this research. It was verifíed that the natives have a different perception from the hippies in relation to the natural world: the former see themselves integrated into nature; while the latter perceive themselves as dissociated from it. It was observed that the environmental legislation, in not considering the local specificities, could have negative effects, such as for example, rural exodus.
Description: Dissertação/tese está disponível online com base na Resolução CEPE nº 090, de 24 de março de 2015, que dispõe sobre a disponibilização da coleção retrospectiva de teses e dissertações online no Repositório Institucional da UFLA, sem autorização prévia dos autores. Parágrafo Único. Caberá ao autor ou orientador a solicitação de restrição quanto à divulgação de teses e dissertações com pedidos de patente ou qualquer embargo similar. Art. 5º A obra depositada no RIUFLA que tenha direitos autorais externos à Universidade Federal de Lavras poderá ser removida mediante solicitação por escrito, exclusivamente do autor, encaminhada à Comissão Técnica da Biblioteca Universitária. /
Arquivo gerado por meio da digitalização de material impresso. Alguns caracteres podem ter sido reconhecidos erroneamente.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10406
???metadata.dc.language???: por
Appears in Collections:DAE - Administração - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_Uso dos recursos naturais pelos produtores rurais da nascente do Rio Grande.pdf8.31 MBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback