Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAE - Departamento de Administração e Economia >
DAE - Programa de Pós-graduação >
DAE - Administração - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10463

Título: Comportamento do consumidor de produtos orgânicos: uma análise na perspectiva da teoria da cadeia de meios e fins
Autor(es): Vilas Boas, Luiz Henrique de Barros
Orientador: Sette, Ricardo de Souza
Membro da banca: Botelho, Delane
Membro da banca: Vieira, Francisco Giovanni David
Membro da banca: Antonialli, Luiz Marcelo
Assunto: Comportamento do consumidor
Consumer behavior
Agricultura orgânica
Organic farming
Marketing
Data de Defesa: 4-Ago-2005
Data de publicação: 25-Set-2015
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: VILAS BOAS, L. H. de B. Comportamento do consumidor de produtos orgânicos: uma análise na perspectiva da teoria da cadeia de meios e fins. 2005. 222 p. Tese (Doutorado em Administração) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2005.
Resumo: Acompanhando as transformações evidenciadas no mercado mundial de alimentos, mudanças no comportamento de compra do consumidor são observadas nos mais diversos setores alimentares, tendo o crescimento do mercado de produtos orgânicos se mostrado como uma das grandes tendências alimentares da última década. Esta tese teve como objetivo investigar, sob a ótica da Teoria da Cadeia de Meios e Fins, o comportamento dos consumidores de produtos alimentares orgânicos em feiras livres da cidade de Belo Horizonte, MG, tomando como referência a identificação de atributos dos produtos e das relações entre estes e suas conseqüências de compra e consumo, com os valores destes consumidores, estrutura pressuposta por esta teoria. Nesse sentido, fez-se uma revisão de literatura sobre a evolução do mercado de orgânicos, os conceitos de estratégias mercadológicas e comportamento do consumidor, e o comportamento do consumidor de alimentos orgânicos. A sustentação teórica baseou-se na evolução da pesquisa de marketing, na perspectiva de valores no estudo do comportamento do consumidor e na Teoria da Cadeia de Meios e Fins. Como técnica de pesquisa, a Laddering foi utilizada, permitindo, por meio da representação das informações na matriz de relações agregadas e, posteriormente, no mapa hierárquico de valores, identificar orientações de percepção dos consumidores. O grande número de atributos, conseqüências e valores identificados, revelou como complexa a estrutura que caracteriza a perspectiva cognitiva destes consumidores. Foi identificada a ocorrência de atributos perceptíveis e não perceptíveis do produto como desencadeadores da atitude de compra, verificando-se crescente a perspectiva de atributos não perceptíveis. Os atributos "ser sem agrotóxico" e "sabor melhor" foram identificados como predominantes na conformação das cadeias dominantes. A experiência com relação ao uso do produto e a comunicação, resultando em credibilidade com relação ao produto orgânico e ao processo de compra, são elementos determinantes neste mercado. As percepções de orientação tiveram como determinantes a garantia da constituição do produto e o cuidado com a saúde. Com base nestas percepções de orientação foram identificados sete grandes grupos específicos que caracterizaram as perspectivas cogaitivas dos consumidores de verduras e legumes orgânicos: "Práticos - facilita minha vida", "Convívio social", "Social e ambientalmente responsável", "Saúde é economia", "Alimentar com segurança", "Prazer e nostalgia" e "Prazer e energia". Com relação aos valores,tanto domínios motivacionais de interesse individual quanto coletivo foram evidenciados, sendo identificados três grandes grupos: um primeiro formado por valores representativos de domínios motivacionais de interesse individual ("Viver bem a vida", "Qualidade de vida" e "Longevidade"), que representou mais da metade de todas as relações identificadas entre atributos e valores; um segundo, formado por valores intermediários, que transitam tanto em domínios motivacionais de interesse individual quanto coletivo ("Harmonia-equilíbrio" e 'Tranqüilidade'') e um terceiro, formado por valores representativos de domínios motivacionais de interesse coletivo ("Socializar" e "Felicidade"). Conclui-se que ocorre um predomínio de relações com características de domínios motivacionais de interesse individual e que os valores "Viver bem a vida" e "Harmonia equilíbrio" foram aqueles cujas relações com os atributos se mostraram mais representativas.
Abstract: Accompanying the transformations evident in the world food market, changes in consumer purchase behavior have been observed in several food sections, with a tendency in growth for organic products, which can be seen as one ofthe great food tendencies ofthe lastdecade. The objective ofthisthesis wasto investigate, through the Means Ends Chain Theory, consumer behavior of organic foodproducts in open markets inthe city ofBelo Horizonte, MG, with reference to the identification and characteristics ofthe products and the relationships betweenthem and also the relationship betweenthe consequences ofpurchase and consumption in relation to the consumers' grades, structure presupposed by this theory. In sight ofthis, a literature revision was made with relationship to the evolution ofthe organic market, concepts of market strategies and consumer behavior, and the consumer's oforganic foods behavior. For theoretical sustenance, a structure based on the evolution ofmarketing research in perspective ofvalues inthe studyofthe consumeis behavior, the Means Ends Chain Theorywas used. A laddering technique was used for research, allowing through the representation ofthe information in the head office of joined relationships and, later, in the hierarchical value map,to identifyorientations of the consumers* perception. The great number ofattributes, consequences and identified values, revealed a complex structure that characterizes these consumers' cognitive perspectives, lhe occurrence ofperceptible and nonperceptible attributes of the product served as means of unveiling purchase attitude, verifying growing perspective of attributes non-perceptible. The attributes " non-toxic" and "better flavor" were identified as predominant in the conformation ofthe dominant chains. The experience with relationship to the use ofthe productandcommunication, resulting in credibility with relationship to the organic product and the purchase process, are considered decisive elements in this market. The orientation perceptions were decisive for guaranteeing the constitution ofthe productandalso the heafth andsafetyofthe consumer. Based on these orientation perceptions seven large specific groups that characterized the consumers* of chemical firee vegetables cognitive perspectives andorganic vegetables were identified: "Practical - itmakes my life easier", "social Conviviality", "Socially and environmentally responsible", "Health and economy", "safe eating", "Pleasure and nostalgia" and "Pleasure and energy." With relationship to the values, as many domams of individual interest stimulation as collective interests were evidenced, and identified in three large groups: the first one formed by representative values ofdomains of individual interest stimulation ('*to Live life well", "life Quahty" and "Longevity") representing more than halfofali the identified relationships between attributes and values; a second one formed by intermediate values, that showed as many domams of individual interest stimulation as collective ("Harmony-balance" and"Peacefulness"); and athird formed by representative values of domains of collective interest stimulation ("Socialize" and t£Happiness"). It can be concluded that there occurred a prevalence of relationships with characteristics ofdomams ofindividual interest stimulation and that the values 'to live life well" and "Harmony-balance" are the values whose relationships with the attributes showed more representatives.
Informações adicionais: Dissertação/tese está disponível online com base na Resolução CEPE nº 090, de 24 de março de 2015, que dispõe sobre a disponibilização da coleção retrospectiva de teses e dissertações online no Repositório Institucional da UFLA, sem autorização prévia dos autores. Parágrafo Único. Caberá ao autor ou orientador a solicitação de restrição quanto à divulgação de teses e dissertações com pedidos de patente ou qualquer embargo similar. Art. 5º A obra depositada no RIUFLA que tenha direitos autorais externos à Universidade Federal de Lavras poderá ser removida mediante solicitação por escrito, exclusivamente do autor, encaminhada à Comissão Técnica da Biblioteca Universitária. / Arquivo gerado por meio da digitalização de material impresso. Alguns caracteres podem ter sido reconhecidos erroneamente.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10463
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DAE - Administração - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE Comportamento do consumidor de produtos orgânicos: uma análise na perspectiva da teoria da cadeia de meios e fins.pdf13,42 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback