Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DZO - Departamento de Zootecnia >
DZO - Programa de Pós-graduação >
DZO - Zootecnia - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10507

Título: Expressão de genes relacionados ao turnover proteico no músculo esquelético de tourinhos Angus e Nelore
Título Alternativo: Expression of genes related to the regulation of muscle protein turnover in Angus and Nellore bulls
Autor(es): Busato, Karina Costa
Orientador: Chizzotti, Mario Luiz
Membro da banca: Ladeira, Márcio Machado
Membro da banca: Gionbelli, Mateus Pies
Membro da banca: Valente, Eriton Egídio Lisboa
Membro da banca: Duarte, Marcio de Souza
Assunto: Bos indicus
Bos Taurus
IGF-1
Miostatina
mRNA
Myostatin
Data de Defesa: 24-Jun-2015
Data de publicação: 20-Out-2015
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: BUSATO, K. C. Expressão de genes relacionados ao turnover proteico no músculo esquelético de tourinhos Angus e Nelore. 2015. 66 p. Tese (Doutorado em Zootecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
Resumo: O presente trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar a expressão de genes envolvidos na regulação do turnover proteico no músculo Longissimus dorsi (LD) de tourinhos Angus (A) e Nelore (N), e estabelecer a correlação da expressão gênica com características de desempenho. Treze genes e fatores de transcrição pertencentes às vias do fator de crescimento semelhante à insulina (IGF-1) e da miostatina (MSTN) foram estudados. Foram utilizados 13 animais de cada raça, com peso vivo médio inicial de 381,2 ±11,8 kg, em delineamento fatorial 2 x 2 (duas raças e dois níveis de alimentação) inteiramente casualizado. A dieta consistia em silagem de milho e concentrado à base de milho e soja, numa relação volumoso:concentrado de 30:70. Os tratamentos foram alimentação ad libitum (AL, com nove animais de cada raça) ou restrição (R, 55% do consumo total dos animais AL, medido como % do peso vivo metabólico, com quatro animais de cada raça ). O período experimental foi de 82 dias, precedido de um período de adaptação de 28 dias. As características de desempenho avaliadas foram: peso vivo final (PVF), ganho médio diário total, inicial e final (GMDt, GMDi e GMDf, medidos, respectivamente do in ício ao fim, do início à metade e da metade até o final do experimento); peso da carcaça quente (PCQ); peso do LD, e área de olho de lombo (AOL). Após o abate, foram coletadas amostras do músculo LD entre a 12ª e 13ª costelas, para análise da expressão gênica, pela técnica de transcrição reversa, seguida de reação em cadeia da polimerase quantitativa. Não houve diferença (P > 0,05) na expressão de nenhum dos genes estudados entre AAL e NAL, enquanto a restrição alimentar aumentou a expressão dos genes receptor do fator de crescimento semelhante à insulina (IGF1R, P < 0,001), muscle ring finger 1 (MuRF1, P = 0,05) e mothers against decapentaplegic homolog 3 (Smad3, P = 0,04) e diminuiu a expressão do gene da proteína ligadora 5 do fator de crescimento semelhante à insulina (IGFBP5, P < 0,01). A AOL foi negativamente correlacionada com a glicogênio sintase quinase 3β (GSK3β, P = 0,01) com a miostatina (MSTN, P = 0,02) e com MuRF1 (P = 0,05). O PCQ teve correlação negativa com a GSK3β (P = 0,01), com a MSTN (P = 0,01) e tendeu a ser negativamente correlacionado com IGFBP5 (P = 0,07), enquanto o peso do LD tendeu a ser negativamente correlacionado com a GSK3β (P = 0,08). Os genes MuRF1, Smad3 e IGFBP5 parecem ter importância no crescimento muscular, sendo necessário novos estudos para investigar seu uso como estratégia para aumentar a massa muscular em bovinos.
Abstract: In this study, we aimed at evaluating the expression of genes related to the regulation of muscle protein turnover in the Longissimus dorsi (LD) of Angus (A) and Nellore (N) bulls, in addition to estimating the within breed correlations of gene expression and performance traits. We studied 13 genes and transcription factors related to the IGF -1 and myostatin pathways. Thirteen animals from each breed, with initial average life weight of 381.2 ±11.8 kg were used in a completely randomized, 2 x 2 factorial design (two breeds and two feeding levels). The diet consisted of corn silage and a corn-soybean meal concentrate, in a roughage to concentrate ratio of 30:70. The treatments consisted of ad libitum (AL, with nine animals from each breed) or restriction feeding (R, a 55% restriction of total DMI of AL animals, calculated as the percentage of metabolic BW, with four animals of each breed). The duration of the experimental period was of 82 days, preceded by a 28-day adaptation period. The performance traits evaluated were slaughter body weight (SBW), total, initial and final average daily gain (ADGt, ADGi and ADGf, measured from beginning to end of the trial period, from the beginning of the trial to mid-trial and from mid-trial to the end of the trial, respecti vely), hot carcass weight, LD weight (LDW) and rib eye area (REA). Subsequent to the slaughter, samples were taken from the LD muscle between the 12th and 13th ribs in order to analyze gene expression by means of quantitative reverse transcription polymerase chain reaction. There was no difference (P > 0.05) in the expression of any of the studied genes between AAL and NAL. Feed restriction increased the expression of the IGF-1 receptor (IGF1R, P < 0.001), muscle ring finger 1 (MuRF1, P = 0.05) and mothers against decapentaplegic homolog 3 (Smad3, P = 0.04), while decreasing the expression of IGFBP5 (P < 0.01). The REA was negatively correlated to glycogen synthase kinase 3β (GSK3β, P = 0.01), myostatin (MSTN, P = 0.02) and MuRF1 (P = 0.05). The HCW was negatively correlated to GSK3β (P = 0.01), MSTN (P = 0.01) and tended to a negative correlation to IGFBP5 (P = 0.07), while the LDW tended to a negative correlation to GSK3β (P = 0.08). Genes MuRF1, Smad3 and IGFBP5 seem to be important for muscle growth, and may be worthy of further investigation as future strategies for increasing muscle in livestock.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10507
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DZO - Zootecnia - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Expressão de genes relacionados ao turnover proteico no músculo esquelético de tourinhos Angus e Nelore.pdf748,4 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback