Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1051
Título: Resistência à mosca-branca e ao ácaro-rajado mediada por acilaçúcares e pelo gene Mi em tomateiro
Autor : Marchese, Aline
Primeiro orientador: Maluf, Wilson Roberto
Primeiro membro da banca: Azevedo, Sebastião Márcio de
Cardoso, Maria das Graças
Resende, Juliano Tadeu Vilela de
Nogueira, Douglas Wilian
Área de concentração: Produção Vegetal
Palavras-chave: Solanum iycopersicum
Bemisia argentifolii
Tetranychus urticae
Seleção indireta
Indirect selection
Data da publicação: 2013
Agência(s) de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: MARCHESE, A. Resistência à mosca-branca e ao ácaro-rajado mediada por acilaçúcares e pelo gene Mi em tomateiro. 2013. 63 p. Tese (Doutorado em Produção Vegetal)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2013.
Resumo: The purpose of this study was to compare the levels of resistance to whitefly (Bemisia argentifolii) and two-spotted spider mite (Tetranychus urticae) in tomato carrying the Mi gene fornematodo resistence with the resistence imported by high foliar levels of acylsugar. The tomato cultivar Santa Clara and eight imbread lines derived from it (TOM-687, 688-TOM, TOM-694, TOM-695, -TOM 684, TOM-598, 556-TOM, TOM-584) which differ from each other in acylsygar contents or in the genetic constitution of the Mi locus. Acylsugar-rich lines (TOM-687 and TOM-688) showed the lowest levels of whitefly ovoposition and the lowest numbers of whitefly nymphs among the genotypes tested; similarly, TOM-687 and TOM-688 were the genotypes with high levels of mite repellence. Lines carrying the Mi gene (TOM-684 and TOM-598) also showed some reduced levels of whitefly ovoposition and nymphal numbers, but this reduction was less intense than that imported by acylsugars. The presence of the Mi gene had no significant effect in mite repellence.
O objetivo deste trabalho foi comparar os níveis de resistência à mosca-branca (Bemisia argentifolii) e ácaro-rajado (Tetranychus urticae) em tomateiros (Solanum lycopersicum) portadores do gene Mi com a resistência mediada por acilaçúcares foliares. Foram testadas quanto ao conteúdo foliar de acilaçúcares, presença do gene Mi e resistência à mosca-branca e ao ácaro-rajado a linhagem Santa Clara e oito linhagens dela derivadas (TOM-687, TOM-688, TOM-694, TOM-695, TOM-684, TOM-598, TOM-556, TOM-584), que diferem entre si quanto ao teor de acilaçúcares e presença do gene Mi. As linhagens ricas em acilaçúcares (TOM-687 e TOM-688) apresentaram maior resistência à ovoposição e sobrevivência das ninfas de mosca-branca e maior repelência ao ácaro-rajado, quando comparadas com os demais tratamentos, que possuem baixos teores foliares de acilaçúcares. As linhagens com baixos teores de acilaçúcares portadoras do gene Mi (TOM-684 e TOM-598) também apresentaram menor ovoposição e menor sobrevivência das ninfas de mosca-branca relativamente a cultivar Santa Clara, entretanto, o nível da resistência mediado por acilaçúcares foi superior ao nível de resistência mediado pelo gene Mi. Não houve diferença significativa entre as linhagens portadoras do gene Mi (TOM-684 e TOM-598) e as demais linhagens com baixos teores de acilaçúcares na repelência ao ácaro rajado, demonstrando que o gene Mi não é efetivo em conferir resistência contra este artropodo.
metadata.teses.dc.description: Tese apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Agronomia/Fitotecnia, área de concentração em Produção Vegetal, para obtenção do título de Doutor.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1051
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DAG - Agronomia/Fitotecnia - Doutorado (Teses)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TESE_Resistência à mosca-branca....pdf330,03 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.