Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DMV - Departamento de Medicina Veterinária >
DMV - Programa de Pós-graduação >
DMV - Ciências Veterinárias - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10513

Title: Avaliação da depressão miocárdica por meio do feature tracking bidimensional em cadelas com sepse
???metadata.dc.creator???: Figueiredo, Vânia Chaves
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Muzzi, Ruthnéa Aparecida Lázaro
???metadata.dc.contributor.advisor-co1???: Muzzi, Leonardo Augusto Lopes
???metadata.dc.contributor.advisor-co2???: Oberlender, Guilherme
???metadata.dc.contributor.referee1???: Leomil Neto, Moacir
???metadata.dc.contributor.referee2???: Guimarães, Gregório Corrêa
???metadata.dc.contributor.referee3???: Lacreta Júnior, Antônio Carlos Cunha
Keywords: Sepse
Disfunção miocárdica
Ecocardiografia
Feature tracking bidimensional
Myocardial dysfunction
Twodimensional feature tracking
???metadata.dc.date.submitted???: 30-Jun-2015
Issue Date: 21-Oct-2015
???metadata.dc.description.sponsorship???: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Citation: FIGUEIREDO, V. C. Avaliação da depressão miocárdica por meio do feature tracking bidimensional em cadelas com sepse. 2015. 60 p. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
???metadata.dc.description.resumo???: Com o objetivo de estudar a função do ventrículo esquerdo (VE) por meio do exame ecocardiográfico em animais com sepse e diagnosticar a depressão miocárdica, vinte e nove cadelas foram avaliadas e divididas em três grupos: grupo I (controle), grupo II (cadelas com piometra e sepse positivo) e grupo III (cadelas com piometra e sepse negativo). Os animais foram submetidos à avaliação pela ecocardiografia convencional e pelo feature tracking bidimensional (FTI-2D). Quanto aos parâmetros convencionais da ecocardiografia e Doppler tecidual, não houve diferença estatística entre os grupos avaliados. Em relação ao Strain (St) radial, o grupo I apresentou função ventricular superior no momento do diagnóstico (22,80 ± 5,80 grupo I; 18,45 ± 5,96 grupo II; 18,71 ±9,45 grupo III; p=0,032). Quanto ao Strain rate (StR) radial, apenas o grupo III obteve média de função ventricular inferior no momento do diagnóstico (1,90 ± 0,57 grupo I; 1,91 ± 0,70 grupo II, 1,57 ± 0,53 grupo III; p=0,021). Já para o St longitudinal, foi observada função ventricular mais baixa nos grupos II e III no momento do diagnóstico (11,04 ± 3,38 grupo I; 8,59 ± 3,97 grupo II; 8,21 ± 1,99; p=0,048) e após 10 dias de pós-cirúrgico (11,04 ± 3,38 grupo I; 9,00 ± 2,16 grupo II; 8,12 ± 2, 27 grupo III; p=0,048). Portanto, o FTI-2D foi capaz de detectar alterações precoces da função ventricular esquerda, sugerindo quadro de depressão miocárdica, até mesmo em cadelas com piometra sem quadr o clínico evidente de sepse, que não foram observadas no exame ecocardiográfico convencional. Novos estudos precisam ser feitos para elucidar questões sobre a reversão da disfunção cardíaca e sua influência na taxa de mortalidade no paciente com sepse.
Abstract: In order to study the function of the left ventricle (LV) by means of echocardiographic exam in animals with sepsis and diagnosis the myocardial depression, twenty-nine dogs were evaluated and divided into 3 groups: group I (control), group II (female dogs with pyometra and positive sepsis) and group III (female dogs with pyometra and negative sepsis). The animals were submitted to conventional echocardiography and feature tracking (FTI-2D). There was no statistical difference between the groups, for the conventional parameters of echocardiography and tissue Doppler. Regarding the radial Strain (St), group I showed higher ventricular function at diagnosis (22,80 ± 5,80 group I; 18,45 ± 5,96 group II; 18,71 ± 9,45 group III; p=0,032). For radial Strain rate (StR), only the III group had lower mean ventricular function at diagnosis (1,90 ± 0,57 group I; 1,91 ± 0,70 group II, 1,57 ± 0,53 group III; p=0,021). For the longitudinal St, lower ventricular function was observed in groups II and III at diagnosis (11,04 ± 3,38 group I; 8,59 ± 3,97group II; 8,21 ± 1,99; p=0,048) and after 10 days of post-surgery (11,04 ± 3,38 group I; 9,00 ± 2,16 group II; 8,12 ± 2,27 group III; p=0,048). In conclusion, the FTI-2D was able to detect early alterations of the left ventricular function, suggesting myocardial depression, even in female dogs with pyometra without the clinical course of sepsis. Further studies need to be carried out to elucidate questions about the reversal of cardiac dysfunction and its influence on mortality in patients with sepsis.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10513
Publisher: Universidade Federal de Lavras
???metadata.dc.language???: por
Appears in Collections:DMV - Ciências Veterinárias - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTACAO_Avaliação da depressão miocárdica por meio do feature tracking bidimensional em cadelas com sepse.pdf885.31 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback