Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Agronomia/Fisiologia Vegetal - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10578

Título: Dinâmica temporal do estado fisiológico de cana-de-açúcar sob déficit hídrico
Título Alternativo: Temporal dynamics of physiological state of sugarcane under drought
Autor(es): Garcia, Fernando Henrique Silva
Lattes: http://lattes.cnpq.br/4097839141045120
Orientador: Barbosa, João Paulo Rodrigues Alves Delfino
Membro da banca: Nunes, José Airton Rodrigues
Membro da banca: Silva, Vânia Aparecida
Assunto: Déficit hídrico
Fotossíntese
Homeostase
Plasticidade fenotípica
Tolerância
Water déficit
Photosynthesis
Homeostasis
Phenotypic plasticity
Tolerance
Data de Defesa: 6-Jul-2015
Data de publicação: 10-Nov-2015
Agência de Fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Referência: GARCIA, F. H. S. Dinâmica temporal do estado fisiológico de cana-de-açúcar sob déficit hídrico. 2015. 57 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia/Fisiologia Vegetal)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
Resumo: No Brasil, a cana-de-açúcar é a principal cultura agrícola para a geração de energia limpa, proporcionada pela sua alta produção de biomassa no campo associada ao balanço energético positivo para produção de biocombustível. Entretanto, nesses últimos anos, o cultivo de cana-de-açúcar sofreu redução significativa na sua produção devido a frequentes períodos de veranicos sucedidos ao longo do ano. Dessa forma, a exposição temporal da cana-deaçúcar ao déficit hídrico poderia induzir alterações nos mecanismos fisiológicos, a fim de minimizar os efeitos negativos de sucessivos períodos de restrição hídrica. Objetivou-se neste trabalho avaliar a dinâmica temporal do estado fisiológico de quatro variedades de cana-de-açúcar sob déficit hídrico. O experimento foi realizado na Universidade Federal de Lavras, com as variedades de cana-de-açúcar: RB867515 e RB835486(Tolerantes) e RB 72454 e RB 855453(Suscetíveis) submetidas a dois ciclos de déficit hídrico e um de reidratação. As variáveis fisiológicas analisadas foram: potencial hídrico máximo e mínimo, taxa de fotossíntese, condutância estomática, transpiração, taxa de respiração, concentração de clorofila, teor relativo de água e concentração de sacarose, amido e açúcar redutor na folha. Os dados coletados foram submetidos à análise de componentes principais. Observou-se que as variedades de cana-de-açúcar apresentaram decréscimos em todas as variáveis fisiológicas analisadas após a exposição ao primeiro ciclo de déficit hídrico. Contudo, na segunda exposição ao déficit hídrico, as variedades apresentaram plasticidade, por uma menor diferença nas variáveis fisiológicas, com o controle em comparação ao primeiro ciclo de déficit hídrico. Observou-se neste trabalho que os parâmetros fotossintéticos podem ser os moduladores da alteração dos estados fisiológicos das plantas frente ao déficit hídrico.
Abstract: In Brazil, sugarcane is the main agricultural crop for clean power generation, provided by its high biomass production in the field, associated with positive energy balance for biofuel production. However, in recent years, sugarcane cultivation suffered significant reduction in production due to frequent periods of dry spells over the years. Thus, the period of time of sugarcane exposure to drought could cause changes in the physiological mechanisms in order to minimize the negative effects of successive periods of water restriction. The aim of this study was to evaluate the temporal dynamics of physiological state of four varieties of sugarcane under drought. The experiment was conducted at the Universidade Federal de Lavras, with the sugarcane varieties: RB867515 and RB835486 (tolerant) and RB 72454 and RB 855453 (susceptible), submitted to two cycles of drought and rehydration. Were analyzed the physiological variables: maximum and minimum water potential, photosynthesis rate, stomatal conductance, transpiration, respiration rate, chlorophyll concentration, relative water content and concentration of sucrose, starch and reducing sugar in the leaf. Data were submitted to principal component analysis. It was observed that the varieties of sugarcane showed decreases in all physiological variables analyzed after exposure to the first water deficit cycle. However, in the second exposure to drought, the varieties showed plasticity, for a smaller difference in physiological parameters to control compared to the first water deficit cycle. It was observed in this work that photosynthetic parameters can be modulators of changing physiological states of the front plants to water deficit.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10578
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DBI - Agronomia/Fisiologia Vegetal - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Dinâmica temporal do estado fisiológico de cana-de-açúcar sob déficit hídrico.pdf834,12 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback