Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10615

Título: “Sítios frágeis” espontâneos e induzidos nos cromossomos de espécies do complexo Lolium-Festuca
Título Alternativo: Spontaneous and induced “Fragile sites" in the chromosomes of the Lolium-Festuca complex
Autor(es): Rocha, Laiane Corsini
Lattes: http://lattes.cnpq.br/1473612213151449
Orientador: Techio, Vânia Helena
Coorientador: Mittelmann, Andréa
Membro da banca: Santos, João Bosco dos
Membro da banca: Vieira, Larissa Fonseca Andrade
Membro da banca: Torres, Giovana Augusta
Membro da banca: Campos, José Marcello Salabert de
Assunto: rDNA 45S
Gramíneas forrageiras
Estabilidade genômica
Quebras cromossômicas
Raio-X
Forage grasses
Genomic stability
Lolium-Festuca complex
Chromosome breakage
X-ray
Data de Defesa: 18-Ago-2015
Data de publicação: 23-Nov-2015
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Referência: ROCHA, Laiane Corsini. Sítios frágeis espontâneos e induzidos nos cromossomos de espécies do complexo Lolium-Festuca. 2015. 86 p. Tese (Doutorado em Genética e Melhoramento de Plantas)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
Resumo: Os sítios frágeis são considerados regiões fracas do genoma e podem ser propensos a sofrer lesões ou quebras cromossômicas sendo relacionados à instabilidade no genoma de humanos, outros mamíferos, peixe e leveduras. Em plantas, esses sítios têm sido descritos em algumas espécies de gramíneas como por exemplo no gênero Lolium, ocorrendo nos sítios de rDNA 45S. Contudo, as consequências dos sítios frágeis para o genoma de plantas ainda não são bem conhecidas. Dessa forma, os objetivos deste trabalho foram avaliar a estabilidade do genoma das espécies do complexo Lolium-Festuca com expressão espontânea de SFs e mediante a indução de quebras cromossômicas por irradiação ionizante e verificar se o genoma se recupera dessas quebras induzidas através da síntese de novos telômeros. Para verificar se havia instabilidade foram analisados o ciclo celular, a quantidade de DNA por citometria de fluxo, a formação de novos centrômeros através de imunolocalização e a existência de fibras de cromatina conectando o cromossomo e o fragmento através do uso da técnica de YOYO e FISH com sondasde rDNA 45S na espécies do complexo Lolium-Festuca. Para verificar as quebras cromossômicas induzidas por raio-X foi utilizada a técnica de FISH com sondas de rDNA 45S e telomérica e quantificadas as anormalidades cromossômicas. Os resultados mostraram que as regiões fragilizadas nos sítios de rDNA 45S não apresentam atividade neocentromérica apresentam fibras de cromatina finas e longas, não visíveis com coloração DAPI, conectando os fragmentos acêntricos aos cromossomos de origem, não promovendo a instabilidade no genoma dessas espécies. O mesmo foi observado para a espécie de F. arundinaceae híbridos Festulolium. Os sítios frágeis não representam regiões propícias à quebrasapós a irradiação com raio-X e não foi detectada a formação de novos telômeros durante o período de avaliação das c-metáfases.
Abstract: The fragile sites (FSs) are considered weak regions of the genome and may be prone to form lesions or chromosomal breaks in addition to being related to instability in the human genome, other animals, fish, and yeast. In plants, these sites have been described in some species of grasses such as the genus Lolium, taking place in the sites of 45S rDNA. However, the consequences of fragile sites in the genome of plants are not well-known. Thus, the aims of this study were to evaluate if there is instabilityin the genome of species of Lolium-Festuca complex with spontaneous expression of FSs and through the induction of chromosomal breaks by ionizing radiation and also to check if the genome is recovering from these induced breaks through the synthesis of new telomere. The results showed that the weakened regions in 45S rDNA sites does not present neocentromeric activity, but showed thin and long chromatin fibers, not visible with DAPI staining, connecting the acentric chromosome fragments to chromosome region containing the centromere, not promoting instability in the genome of these species. The same was observed for the species of F. arundinaceae Festulolium hybrids. Fragile sites are not regions prone to breaks afterirradiation with X-ray and there was no formation of new telomeres during the evaluation of cmetaphase.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10615
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_ Sítios frágeis espontâneos e induzidos nos cromossomos de espécies do complexo Lolium-Festuca.pdf3,21 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback