Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAG - Departamento de Agricultura >
DAG - Programa de Pós-graduação >
DAG - Agronomia/Fitotecnia - Doutorado (Teses) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10624

Title: Controle genético e expressão de genes associados à qualidade fisiológica de sementes de milho
???metadata.dc.creator???: Andrade, Thaís de
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Von Pinho, Édila Vilela de Resende
???metadata.dc.contributor.referee1???: Botelho, Flavia Barbosa Silva
???metadata.dc.contributor.referee2???: Santos, João Bosco dos
???metadata.dc.contributor.referee3???: Carvalho, Maria Laene Moreira de
???metadata.dc.contributor.referee4???: Silva-Mann, Renata
Keywords: Zea mays
Heterose
LEA proteínas
Gene expression
LEA proteins
???metadata.dc.date.submitted???: 11-Sep-2015
Issue Date: 27-Nov-2015
???metadata.dc.description.sponsorship???: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Citation: ANDRADE, T. de. Controle genético e expressão de genes associados à qualidade fisiológica de sementes de milho. 2015. 122 p. Tese (Doutorado em Agronomia/Fitotecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
???metadata.dc.description.resumo???: No Brasil, é crescente a demanda por sementes híbridas de milho com alta qualidade, principalmente em função da adoção de tecnologias avançadas pelos produtores. Sabe-se que a qualidade fisiológica de sementes de milho é influenciada pelo genótipo, se tornando uma importante característica a ser avaliada durante o processo de seleção realizado nos programas de melhoramento. Vários genes parecem estar envolvidos no controle dessa característica, sendo os que codificam as enzimas α-amilases, descritos como os de maior influência sobre a qualidade fisiológica de sementes de milho. No entanto, em pesquisas mais recentes tem sido observado que outros genes podem estar associados a esta qualidade. Assim, o objetivo neste trabalho foi avaliar o controle genético e a expressão de genes associados à qualidade fisiológica de sementes de milho. Com este propósito, foi instalado um campo de produção de sementes híbridas de milho, incluindo os recíprocos, utilizando-se o sistema dialelo parcial, mais as linhagens genitoras. Foram utilizadas cinco linhagens (30, 91, 57, 43, 64). Para a avaliação da qualidade de sementes foram realizadas as determinações de teor de água, germinação, primeira contagem de germinação, índice de velocidade de germinação, teste de frio, envelhecimento artificial e deterioração controlada. Foram analisados os efeitos da capacidade geral (CGC) e específica (CEC) de combinação, bem como os efeitos recíprocos. Foi realizada, também, a análise proteômica de LEA proteínas e das enzimas α-amilase, MDH, ADH e PGI em sementes tratadas com ABA. Na análise de transcritos foi estudada a expressão dos genes LEA, LEA D-34, α-amilase B73, α-amilase LOC 5425 e SOD. Foi observado que há expressão da heterose e efeito recíproco para a característica qualidade fisiológica de sementes de milho, além disso, genes com ação gênica aditiva e de dominância estão envolvidos no controle genético da qualidade fisiológica de sementes de milho. O ABA reduz a atividade da α-amilase, a germinação e a qualidade fisiológica de sementes de milho. A expressão de LEA proteínas está relacionada à qualidade fisiológica de sementes de milho. Há heterose e efeito recíproco na expressão de enzimas e proteínas associadas à qualidade fisiológica de sementes.
Abstract: The demand for maize hybrid seeds with high quality is increasing in Brazil, mainly due to the adoption of advanced technologies by growers. It is known that physiological quality of maize seeds is influenced by genotype, becoming an important trait to be evaluated during the selection process in breeding programs. Several genes seem to be involved in the control of this trait, and those which encode the α-amylase enzymes are described as having the greatest influence on the physiological quality of maize seeds. However, recent researches has been observed that other genes may be associated with seed quality. Thus, the aim in this study was to evaluate the genetic control and the expression of genes associated with maize seed quality. For this purpose, a field was installed to obtain hybrid, reciprocal and inbred line seeds using partial dialel design. Five lines were used (30, 91, 57, 43, 64). The physiological quality of the seeds were accessed by water content, germination, first count of germination, germination speed index, cold test, accelerated aging and controlled deterioration. The heterosis effect, the general (GCA) and the specific (SCA) combining ability and the reciprocal effects were estimated. Proteomic analysis was performed for LEA proteins, α-amylase, MDH, ADH and PGI of seeds treated with ABA. Transcriptomic analysis was performed for the genes LEA, LEA D-34, α-amylase B73, α-amylase LOC 5425 and SOD. Heterosis and reciprocal effect was observed for physiological seed quality, furthermore, additive and dominant gene action were involved in genetic control of physiological quality of mayze seeds. ABA reduces the activity of α-amylase, germination and physiological seed quality of maize seeds. Expression of LEA proteins is related to physiological seed quality. There are heterosis and reciprocal effect in the expression of enzymes and proteins associated with physiological seed quality.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10624
Publisher: Universidade Federal de Lavras
???metadata.dc.language???: por
Appears in Collections:DAG - Agronomia/Fitotecnia - Doutorado (Teses)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TESE_Controle genético eexpressão de genes associados à qualidade fisiológica de sementes de milho.pdf2.84 MBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback