Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DMV - Departamento de Medicina Veterinária >
DMV - Programa de Pós-graduação >
DMV - Ciências Veterinárias - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10629

Title: Influência da melatonina sobre os parâmetros de locomoção e estresse em Zebrafish (Danio rerio)
???metadata.dc.creator???: Lunkes, Luciana Crepaldi
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Murgas, Luis David Solis
???metadata.dc.contributor.referee1???: Souza, Alessandra de Castro
???metadata.dc.contributor.referee2???: Felizardo, Viviane De Oliveira
Keywords: Peixes
Locomoção
Estresse oxidativo
Ritmos biológicos
Influência hormonal
Fish
Locomotion
Oxidative stress
Biological rhythms
Hormonal influence
???metadata.dc.date.submitted???: 7-Aug-2015
Issue Date: 30-Nov-2015
???metadata.dc.description.sponsorship???: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Citation: LUNKES, L. C. Influência da melatonina sobre os parâmetros de locomoção e estresse em Zebrafish (Danio rerio). 2015. 67 p. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
???metadata.dc.description.resumo???: Este trabalho teve como objetivo investigar a influência da melatonina sobre os parâmetros de locomoção e estresse em Zebrafish (Danio rerio). Foram divididos 400 Zebrafish em dois grupos (animais submetidos e não submetidos ao estresse), nos quais foram testadas diferentes doses de melatonina (0M = 0; 1M = 10 nM; 2M = 0,001 mM; 3M = 0,1 mM). No Experimento 1, foram analisadas as variáveis bioquímicas: glicose plasmática (perfuração ventricular), lactato corporal (maceração/kit comercial) e cortisol corporal (maceração/kit comercial). No Experimento 2, foram analisadas as variáveis comportamentais: atividade locomotora (contagem da mudança de quadrantes) e ansiedade (tempo de permanência na profundidade do aquário). Os resultados encontrados para a glicose plasmática (mg/dL) e para o lactato corporal (mg/g) não foram significativos (p>0,05), sugerindo que, apesar de serem parâmetros indicadores de estresse, talvez para o Zebrafish não sejam muito aplicáveis. Já em relação ao cortisol (ng/g), houve diferença significativa entre as doses de melatonina (p<0,01), que apresentaram um efeito quadrático. Os resultados encontrados para a mudança de quadrantes foi significativo (p<0,05), onde também a dose mais alta de melatonina (3M = 0,1 mM) foi capaz de conter o aumento da atividade locomotora dos animais estressados. A maioria dos animais permaneceu na profundidade do aquário, e, de maneira significativa (p<0,05), a dose mais alta de melatonina (3M = 0,1 mM) foi capaz de conter o aumento da ansiedade. Assim, os resultados obtidos permitem concluir que apenas a dose de melatonina 0,1 mM foi determinante na contenção do aumento dos níveis de cortisol corporal, atividade locomotora e ansiedade em Zebrafish (Danio rerio) submetidos ao estresse.
Abstract: This work had the objective of investigating the influence of melatonin over locomotion parameters and stress of Zebrafish (Danio rerio). We divided 400 Zebrafish into two groups (animals subjected and not subjected to stress), on which we tested different doses of melatonin (0M = 0; 1M = 10 nM; 2M = 0.001 mM; 3M = 0.1 mM). In Experiment 1, we analyzed biochemical variables: plasma glucose (ventricular perforation), body lactate (maceration/commercial kit) and body cortisol (maceration/commercial kit). In Experiment 2, we analyzed behavioral variables: locomotive activity (quadrant change count) and anxiety (time of permanence at the bottom of the aquarium). The results found for plasma glucose (mg/dL) and body lactate (mg/g) were insignificant (p>0.05), suggesting that, despite being stress indicating parameters, perhaps they are not applicable to Zebrafish. Regarding the cortisol (ng/g), there was significant difference between melatonin doses (p<0.01), which presented quadratic effect. The results found for quadrant change were significant (p<0.05), in which the highest dose of melatonin (3M = 0.1 mM) was capable of containing the increase in locomotive activity of the stressed animals. Most animals remained at the bottom of the aquarium and, the highest dose of melatonin (3M = 0.1 mM) was capable of, significantly (p<0.05), containing the increase of anxiety. Therefore, the results obtained allowed us to conclude that only the melatonin dose of 0.1 mM was determining in containing the increase in the levels of body cortisol, locomotive activity and anxiety in Zebrafish ( Danio rerio) subjected to stress.
http://repositorio.ufla.br/jspui/mydspace
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10629
Publisher: Universidade Federal de Lavras
???metadata.dc.language???: por
Appears in Collections:DMV - Ciências Veterinárias - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_Influência da melatonina sobre os parâmetros de locomoção e estresse em Zebrafish (Danio rerio).pdf1.02 MBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback