Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCS - Departamento de Ciência do Solo >
DCS - Programa de Pós-graduação >
DCS - Ciência do Solo - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10631

Título: Adsorção e dessorção de selênio em solos cultivados e não cultivados sob Cerrado
Título Alternativo: Adsorption and desorption of selenium in cultivated and uncultivated soils under Cerrado
Autor(es): Lessa, Josimar Henrique de Lima
Lattes: http://lattes.cnpq.br/3461219788080946
Orientador: Lopes, Guilherme
Membro da banca: Melo, Leônidas Carrijo Azevedo
Membro da banca: Moraes, Milton Ferreira de
Assunto: Sorção de selênio
Ânions competitivos
Argila
Solos - Manejo
Selenium sorption
Competitive anions
Clay
Soil management
Data de Defesa: 9-Set-2015
Data de publicação: 30-Nov-2015
Agência de Fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Referência: LESSA, J. H. de L. Adsorção e dessorção de selênio em solos cultivados e não cultivados sob Cerrado. 2015. 66 p. Dissertação (Mestrado em Ciência do Solo)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
Resumo: O selênio (Se) é um não-metal que se encontra presente em materiais orgânicos e inorgânicos na natureza, sendo considerado essencial à vida humana e animal. O teor de Se no organismo humano depende de fatores como a quantidade e a mobilidade desse elemento no solo. Com o objetivo de avaliar a capacidade de adsorção e dessorção de selênio em solos cultivados e não cultivados sob Cerrado, realizou-se um experimento em cinco solos com diferentes classes texturais e tempos sob cultivo. O experimento de adsorção foi realizado, adicionando-se concentrações de selenato de sódio, ao solo. As doses de Se variaram de 0 a 2000 μg L-1, as quais foram preparadas em solução eletrolítica de cloreto de sódio 0,015 mol L-1. O pH das soluções contendo as diferentes concentrações de Se foi ajustado para 5,5 e o tempo de reação com o solo foi de 72 h, alternando 12 h de repouso e 12 h de agitação. Na dessorção, adicionou-se apenas a solução de cloreto de sódio para dessorver o Se previamente adsorvido. Os dados foram ajustados às isotermas de Langmuir e de Freundlich, sendo o modelo de Freundlich aquele que apresentou melhor ajuste aos dados de adsorção de Se para todos os solos. Por meio do modelo de Langmuir, estimou-se a capacidade máxima de adsorção (CMA) de Se dos solos estudados. O manejo do solo, bem como o teor de argila, teor de fósforo disponível, pH e o tempo de cultivo influenciaram no comportamento sortivo dos solos. Os solos não cultivados adsorveram mais Se que os solos cultivados, em decorrência da presença de outros ânions já ocupando parte dos sítios de adsorção nos solos cultivados. A dessorção de Se aumentou linearmente com o aumento das concentrações do elemento adicionadas. Através do coeficiente de distribuição (Kd), verificou-se, ainda, a afinidade entre o Se e os solos, a qual mostrou ser maior para solos não cultivados.
Abstract: Selenium (Se) is a non-metal element occuring associated with organic and inorganic materials, being considered essential to human and animal life. The Se content in human depends on the factors, such as the quantity and mobility of this element in the soil. Aiming to assess selenium (Se) adsorption and desorption in cultivated and uncultivated soils under Cerrado, it was performed an experiment using 5 soils with different textures and cultivation time. The adsorption test was conducted adding Se from 0 to 2000 μg L-1, as sodium selenate, and using 0,015 mol L-1 of sodium clorite as eletrolyte solution. The solution pH was adjusted to 5.5 and the reaction time for the adsorption was 72 h, alternating 12 h of shaking and 12 h of resting. In desorption, it was added only the NaCl solution to realese the Se previously adsorbed. The data were fitted to Langmuir and Freundlich isotherms, being all soils well fitted to the Freundlich than Langmuir. Through the Langmuir model, it was estimated the maximum Se adsorption capacity (MAC) for all soils evaluated. The soil management, clay, and phosphorus contents, pH as well as the cultivation time had effect on the sortive behavior of the soils. The native soils adsorbed more Se than the cultivated ones, which were attributed to the presence of other anions on part of the adsorption sites in the cultivated soils. The desorption of Se increased upon increasing the amount of this element added. Using the distribution coefficient (Kd), it was evaluated the Se-soils affinities, which have demostrated to be higher for the native soils.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10631
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DCS - Ciência do Solo - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTACAO_Adsorção e dessorção de selênio em solos cultivados e não cultivados sob Cerrado.pdf958,55 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback