Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DFP - Departamento de Fitopatologia >
DFP - Programa de Pós-graduação >
DFP - Agronomia/Fitopatologia - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10646

Título: Phialomyces macrosporus como agente bioprotetor contra Colletotrichum gloeosporioides e estimulante do crescimento em cafeeiro
Autor(es): Resende, Gilvane Aparecida de Carvalho
Orientador: Abreu, Mário Sobral de
Membro da banca: Machado, José da Cruz
Membro da banca: Carvalho, Samuel Pereira de
Membro da banca: Guimarães, Sarah da Silva Costa
Membro da banca: Souza, Sara Maria Chalfoun de
Assunto: Biocontrole de doenças
Promotor de crescimento
Atividade enzimática
Peroxidase
Mancha manteigosa do cafeeiro
Coffea arabica L.
Disease biocontrol
Growth promoter
Enzymatic activity
Peroxidase
Coffee blister spot
Data de Defesa: 30-Jul-2015
Data de publicação: 7-Dez-2015
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: RESENDE, G. A. de C. Phialomyces macrosporus como agente bioprotetor contra Colletotrichum gloeosporioides e estimulante do crescimento em cafeeiro. 2015. 105 p. Tese (Doutorado em Agronomia/Fitopatologia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
Resumo: O desenvolvimento de métodos biológicos de controle de doenças vem ganhando importância na busca por formas mais sustentáveis de manejo da cultura do cafeeiro. A indução de resistência na planta é um dos modos de ação de microrganismos antagonistas no controle biológico de fitopatógenos. Alguns antagonistas exibem também a capacidade de estimular o crescimento da planta hospedeira. O presente trabalho consiste de dois estudos complementares. No primeiro, objetivou-se avaliar, em seguida à inoculação de sementes com o fungo antagonista P. macrosporus, o efeito bioprotetor contra C. gloeosporioides e promotor do crescimento de plântulas de cafeeiro. Foram comparados tratamentos com inoculação isolada ou combinada desses dois fungos, além de tratamentos controle e com utilização de fungicida. Avaliaramse o desenvolvimento radicular inicial, a altura e a produção de biomassa na fase de plântulas. No segundo estudo, objetivou-se identificar processos enzimáticos influenciados pela inoculação de raízes do cafeeiro com o fungo P. macrosporus e confirmar sua capacidade de indução de resistência contra C. gloeosporioides, observando alterações das enzimas peroxidase, superóxido dismutase e quitinase. Foram utilizados tratamentos com inoculação isolada ou combinada desses dois fungos em raízes de plântulas de cafeeiro, com ou sem realização de ferimentos. Em períodos de 6, 12, 24 e 48 horas após a finalização dos procedimentos de inoculação, as raízes foram coletadas para determinação da atividade das enzimas peroxidase, superóxido dismutase e quitinase. A inoculação de sementes com P. macrosporus proporciona bioproteção para o cafeeiro ao inibir a ação do patógeno C. gloeosporioides, além de exercer efeito bioestimulante, promovendo o crescimento de raízes e maior acúmulo de biomassa. A indução de resistência é um dos mecanismos responsáveis pela ação antagônica do fungo Phialomyces macrosporus contra C. gloeosporioides no cafeeiro, por meio do estímulo à atividade das três enzimas estudadas, sendo o principal mecanismo relacionado à ativação da peroxidase.
Abstract: The development of biological methods for diseases control is becoming an important strategy in the search for more sustainable ways of managing coffee crop. The induction of plant resistance to pathogens is one of the means for biological control by antagonistic microorganisms. Some antagonists have the ability to stimulate the growth of the host plant. This dissertation consists of two complementary studies. In the first, we aimed to evaluate the inoculation of coffee seeds with antagonist fungus P. macrosporus as a bioprotector agent against C. gloeosporioides, and as a bio-stimulant for seedling growth. The treatments consisted of isolated or combined inoculations of both these fungi, in addition to a control treatment and a fungicide treatment. Initial root development, plant height and biomass production were evaluated at seedling stage. In the second study, we aimed to identify enzymatic processes influenced by inoculation of coffee roots with fungus P. macrosporus, and confirm its ability to induce resistance against C. gloeosporioides. Treatments consisted of isolated or combined inoculation of both these fungi on the roots of coffee seedlings, with or without intentional injury. In periods of 6, 12, 24 and 48 hours after completion of the inoculation procedures, the roots were collected to determine the activity of peroxidase, superoxide dismutase and chitinase. The inoculation of seeds with P. macrosporus provides bio-protection for coffee by inhibiting the action of pathogen C. gloeosporioides. In addition, we evidenced a bio-stimulant effect of P. macrosporus, which promotes higher root growth and biomass accumulation. The antagonism of P. macrosporus against C. gloeosporioides occurs via resistance induction, by stimulating the activity of the three studied enzymes. The activation of peroxidase is the main mechanism involved in the resistance induced by P. macrosporus.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10646
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DFP - Agronomia/Fitopatologia - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Phialomyces macrosporus como agente bioprotetor contra Colletotrichum gloeosporioides e estimulante do crescimento em cafeeiro.pdf1,69 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback