Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Agronomia/Fisiologia Vegetal - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10653

Título: Cultivo in vitro e criopreservação de Alibertia sp.
Título Alternativo: In vitro culture and cryopreservation of Alibertia sp.
Autor(es): Sarto, Marisa Taniguchi
Lattes: http://lattes.cnpq.br/1114713065064052
Orientador: Paiva, Patrícia Duarte de Oliveira
Coorientador: Nery, Fernanda Carlota
Coorientador: Reis, Michele Valquíria dos
Membro da banca: Nery, Fernanda Carlota
Membro da banca: Carvalho, Milene Alves de Figueiredo
Assunto: Cultivo in vitro
Criopreservação
Sementes
Medicinal
In vitro culture
Cryopreservation
Seeds
Medicinal
Data de Defesa: 7-Ago-2015
Data de publicação: 7-Dez-2015
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: SARTO, M. T. Cultivo in vitro e criopreservação de Alibertia sp. 2015. 95 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia/Fisiologia Vegetal)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
Resumo: O gênero Alibertia possui espécies frutíferas nativas do Cerrado que apresentam potencial econômico devido às propriedades medicinais, madeireiras, ornamentais e alimentícias. Objetivou-se estabelecer o cultivo in vitro e conservação a longo prazo de Alibertia sessilis Schum, bem como também a conservação a longo prazo para Alibertia edulis Rich. Em sementes de A. sessilis foi realizada a caracterização da curva de embebição de água. Para as análises da composição química foram realizadas as determinações de extrato etéreo, proteína, fibra, cinza, grau de umidade, amido, açúcar redutor, açúcar não redutor e açúcar solúveis totais. Para o cultivo in vitro as sementes foram inoculadas em meio de cultivo MS. Na indução de brotações foram utilizados segmentos nodais inoculados com diferentes concentrações de BAP (0,0; 0,62; 1,25; 2,5; 5,0 e 10 μM). Para a indução de calos os explantes foliares foram excisados e inoculados com diferentes concentrações de 2,4-D ou Picloram (0,0; 2,5; 5,0; 10,0 e 20,0 µM). Com o intuito de induzir calos em explantes alternativos, ápices caulinares foram inoculados em diferentes concentrações de 2,4-D (0,0; 2,5; 5,0; 10,0 e 20,0 µM). Para a criopreservação das sementes foi determinado o teor de água e em seguida foi realizada a desidratação em sílica gel nos períodos de 0, 15, 30, 60 e 90 min. e posteriormente foi feita a imersão em nitrogênio líquido. Os embriões foram excisados e posteriormente, submetidos à técnica droplet vitrification, para a realização da criopreservação de embriões zigóticos. Já em sementes de A. edulis foi determinado o teor de água e em seguida foi realizada a desidratação em sílica gel nos períodos de 0, 10, 20, 40 e 60 min. e posteriormente as sementes foram imersas em nitrogênio líquido, após 60 dias da criopreservação as plântulas germinadas foram aclimatizadas. Sementes de A. sessilis apresentam umidade de 31,16% as quais são classificadas como amiláceas devido seu conteúdo de amido 16%. A germinação in vitro de sementes de A. sessilis foi de 93% aos 30 dias em meio de cultivo MS. A concentração ótima estimada para indução de brotos em segmentos nodais foi de 8,0 µM de BAP. Para indução de calos em segmentos foliares a concentração ótima estimada é de 12,67 µM de 2,4-D. Para indução de calos em ápices caulinares a concentração ótima estimada foi de 12,42 µM de 2,4-D. As sementes e os embriões de A. sessilis não sobreviveram à criopreservação em nitrogênio líquido, porém, ambas apresentaram respostas positivas na questão de sobrevivência à desidratação. Para obtenção de máxima sobrevivência de sementes A. edulis, após a criopreservação recomenda-se a desidratação em sílica gel por 73minutos.
Abstract: The genus Alibertia has native fruit species of the Cerrado that have economic potential due to the medicinal properties, timber, ornamental and food. The objective was to establish in vitro culture and long-term conservation of Alibertia sessilis Schum, as well as long-term conservation also to Alibertia edulis Rich. In seeds of A. sessilis was performed the caracterization of the water imbibing curve. For the analysis of the chemical composition were held the ether extract determinations, protein, fiber, ash, moisture content, starch, reducing sugar, non-reducing sugar and total soluble sugar. For cultivation in vitro seeds were inoculated in MS culture. In shoot induction were used nodal segments inoculated with different concentrations of BAP (0,0; 0,62; 1,25; 2,5; 5,0 and 10,0 mM). For induction of callus foliar explants were excised and inoculated with different concentrations of 2,4-D and Picloram (0,0; 2,5; 5,0; 10,0 and 20,0 mM). In order to induce calluses on alternative explants, shoot tips were inoculated at different concentrations of 2,4-D (0,0; 2,5; 5,0; 10,0 and 20,0 mM). For cryopreservation of seeds was determined water content, and then dehydration was carried out on silica gel to periods of 0, 15, 30, 60 and 90 minutes and it was later made immersion in liquid nitrogen. The embryos were, then, excised and subjected to droplet vitrification technique, to carry out the cryopreservation of zygotic embryos. Already in A. edulis seed was determined water content, and then dehydration was carried out on silica gel to periods of 0, 10, 20, 40 and 60 minutes and after that the seeds were immersed in liquid nitrogen, after 60 days of cryopreservation the germinated seedlings were acclimatized. A. sessilis seeds have a moisture 31,16% which are classified as starch because of its starch content 16%. The in vitro germination of A. sessilis seeds was 93% at 30 days in MS medium. The optimum concentration for induction estimated shoots in nodal segments was 8.0 mM of BAP. For induction of callus from leaf segments estimated optimal concentrati on is 12,67 mM of 2,4-D. For callus induction in shoot tip the optimum estimated concentration was 12,42 mM of 2,4-D. The seeds and embryos of A. sessilis did not survive the cryopreservation in liquid nitrogen, however, both showed positive responses in question survival to dehydration. To obtain maximal survival A. edulis seed after cryopreservation recommended dehydration silica gel for 73 minutes.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10653
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DBI - Agronomia/Fisiologia Vegetal - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Cultivo in vitro e criopreservação de Alibertia sp.pdf958,32 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback