Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCS - Departamento de Ciência do Solo >
DCS - Programa de Pós-graduação >
DCS - Ciência do Solo - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10660

Título: Mineralogia, química, eficiência agronômica e tecnologias de solubilização de agrominerais fontes de potássio
Autor(es): Reis, Daniele Nogueira dos
Orientador: Furtini Neto, Antônio Eduardo
Membro da banca: Furtini Neto, Antonio Eduardo
Membro da banca: Silva, Carlos Alberto
Membro da banca: Nogueira, Francisco Dias
Membro da banca: Curi, Nilton
Membro da banca: Carvalho, Ruy
Assunto: Mineralogia
Rochas
Solubilidade
Mineralogy
Rocks
Solubility
Data de Defesa: 24-Out-2013
Data de publicação: 8-Dez-2015
Referência: REIS, D. N. dos. Mineralogia, química, eficiência agronômica e tecnologias de solubilização de agrominerais fontes de potássio. 2013. 137 p. Tese (Doutorado em Ciência do Solo)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2013.
Resumo: O elevado consumo brasileiro e a dependência da importação dos fertilizantes potássicos sugerem fontes alternativas desse nutriente que colaborem para a erradicação desse quadro. O presente trabalho foi realizado com o objetivo de identificar fontes potenciais de potássio, por meio de estudos de sua caracterização mineralógica, da avaliação do seu emprego no crescimento do milheto e do estudo da solubilização dessas rochas com o uso de diferentes extratores, tempos e temperaturas de reação. As rochas foram caracterizadas por meio da descrição petrográfica de lâminas delgadas, difração de raios X, análise litogeoquímica, avaliadas com relação ao potencial agronômico e com relação à solubilidade pelo uso de diferentes extratores. No experimento em casa de vegetação foram utilizados três solos, com distintas texturas e mineralogia: Latossolo Vermelho (LV), Latossolo Vermelho Amarelo (LVA) e Neossolo Quartzarênico (RQ). A determinação da massa seca da parte aérea (MSPA) para dois cultivos do milheto, a análise química para determinação dos teores e acúmulo de nutrientes e o índice de eficiência agronômica das fontes testadas foram avaliados. No experimento de solubilização, foram testados o di-idrogenofosfato de amônio (NH4(H2PO4)), o cálcio di-idrogenofosfato (Ca(H2PO4)2), o hidróxido de sódio (NaOH) e a água destilada (testemunha), como extratores. Os extratos foram submetidos à temperatura de 25 ºC (1º experimento) e de 50 ºC (2º experimento), por períodos de 3, 7, 10, 20 e 30 dias de reação. Na análise dos extratos foram avaliados o pH, a condutividade elétrica, os teores de K e outros elementos formadores dos minerais. Pela análise petrográfica, as rochas glauconita e o sienito nefelínico destacaram-se pelos teores de K2O. Os extratores que possibilitaram a maior solubilização do potássio foram, em ordem decrescente, USEPA 3051, ácido nítrico, ácido cítrico, água e CNA, com o sienito nefelínico apresentando os maiores valores de solubilidade e a rocha micaxisto, os menores. Maiores produções de MSPA foram observadas no 2º cultivo, sugerindo com o maior tempo de contato rocha-solo, um maior efeito residual desses materiais. No 2º cultivo, para todos os solos estudados, o sienito nefelínico apresentou MSPA superior ao dos tratamentos convencionais, o mesmo ocorrendo nos tratamentos com a rocha micaxisto para o LV e LVA. No experimento de solubilização, o tempo de reação e a temperatura influenciaram os teores de K. Os extratores que promoveram maior solubilização de K das rochas em estudo foram, em ordem decrescente: NH4H2PO4 > Ca(HPO4)2 > NaOH > H2O. Uma proposição da sequência de intemperismo das rochas, baseado na %K solúvel em ordem decrescente é: sienito nefelínico>glauconita>biotita. Estudos, em condições de campo, visando avaliar o efeito residual das rochas e também o efeito do uso dos diferentes extratores no processo de solubilização do K e outros nutrientes presentes nas rochas são sugeridos.
Abstract: The higher brazilian fertilizers consumption and dependence on the importation of potassium fertilizers, suggests the need to study the feasibility of alternative sources of nutrients. This study aimed to identify potential alternative sources of potassium based on studies of mineralogical characterization of rocks, evaluation of these on growth of millet and study the solubilization of rocks using different extractors, times and temperatures of reaction. The rocks characterized using thin-section petrographic description, X-ray diffraction, lithogeochemical analysis, and analysis of their solubility with the use of different extractors. An experiment was conducted with the use of soils that differ on texture and mineralogy: Red Oxisol (RO), Red Yellow Oxisol (RY) and Quartz-Sand Neosol (QN). The aerial part dry mass (APDM) and chemical analysis determination for both cultivations and agronomic efficiency of the tested rocks were evaluated. In the solubilisation experiment were tested Ammonium dihydrogenphosphate (NH4(H2PO4)), Calcium dihydrogenphosphate (Ca (H2PO4)2), Sodium hydroxide (NaOH) and distilled water (control) as extractants. The extractants were subjected to a water bath shaker with temperature of 25°C (1st experiment) and 50ºC (2nd experiment) for periods of 3, 7, 10, 20 and 30 days of reaction. In the extracts analysis were evaluated pH, electrical conductivity, K and other rock forming mineral contents. According to lithogeochemical analysis, the glauconite and nepheline syenite rocks possess higher K2O contents. The extractants that promote higher solubilisation of potash were, in decreasing order, USEPA 3051, citric acid, nitric acid, water and CNA, where nepheline syenite presented the highest solubility values mica-schist rocks, the lowest. Higher yields of APDM were observed in the 2nd cultivation, suggesting with increasing contact rock-soil, higher residual effect of these materials. In the 2nd cultivation, for all soils, the nepheline syenite rock presented APDM superior to conventional treatments, the same occurred in treatments with mica schist rock for LV and LVA. On solubilisation experiment the reaction time and temperature influenced on K solubilised. The extractants that solubilised higher amounts of K to the rocks in the study were in descending order: NH4H2PO4> Ca(HPO4)2> NaOH> H2O. A proposal of weathering sequence of rocks, based on % K sol in descending order are: nepheline syenite> glauconita> biotite. Studies in field conditions to evaluate the residual effect of the rocks and also the effect of different extractants in the solubilization of K and other nutrients present in rocks are suggested.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10660
Idioma: por
Aparece nas coleções: DCS - Ciência do Solo - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Mineralogia, química, eficiência agronômica e tecnologias de solubilização de agrominerais fontes de potássio.pdf2,05 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback