Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAG - Departamento de Agricultura >
DAG - Programa de Pós-graduação >
DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10699

Título: Uso da restrição hídrica na inoculação de Colletotrichum lindemuthianum em sementes de feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.)
Autor(es): Carvalho, João Custódio Barbosa de
Orientador: Machado, José da Cruz
Membro da banca: Vieira, Maria das Graças G. C.
Membro da banca: Bueno Filho, Júlio Sílvio de Sousa
Membro da banca: Guimarães, Renato Mendes
Assunto: Feijão
Sementes
Potencial hidrico
Polietileno glicol
Manitol
Colletotrichum lindemuthianum
Crescimento micelial
Inoculação
Germinação
Beans
Seeds
Germination
Data de Defesa: 13-Set-1999
Data de publicação: 15-Dez-2015
Referência: CARVALHO, J. C. B. de. Uso da restricao hidrica na inoculacao de colletotrichum lindemuthianum em sementes de feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.). 1999. 98 p. Dissertação (Mestrado em Fitotecnia)-Universidade Federal de Lavras, 2002.
Resumo: A presente pesquisa teve como objetivo principal desenvolver metodologia eficiente de inoculação de Colletotrichum lindemuthianum em sementes de feijoeiro, sendo conduzida em três etapas: 1) estudo da emissão de radículas de sementes de feijoeiro, em função da desinfestação (hipoclorito de sódio por 1 minuto), do período de exposição (24,48, 72,120 e 168 horas) e da restrição hídrica do BDA (testemunha), modificado pela adição de soluções de PEG 6.000 ou manitol, em quatro níveis de restrição hídrica [ -0,4, -0,6, -0,8 e -1 (MPa)], à temperatura de 20°C e na ausência de luz; as sementes dos tratamentos nos quais não houve emissão de radículas (após 168 horas de exposição), foram lavadas, secas e submetidas aoteste de germinação; 2) estudo do crescimento de colônias de C lindemuthianum nos mesmos tipos de substratos utilizados na primeira etapa, nas mesmas condições de temperatura e fotoperíodo alternado de 12 horas; 3) efeito de diferentes períodos de exposição de sementes de feijoeiro (30,72,120 e 168 horas) a BDA + manitol (-1 MPa) e a BDA (testemunha) por 30 horas (20°C e escuro contínuo), na presença (inoculação) e na ausência (controle) de imicélio de C lindemuthianum aos cinco dias de idade. Foi observado que restrições hídricas de -0,8 e -1 MPa do BDA, pelo uso de manitol, e de -1 MPa, pelo uso de PEG 6.000, foram eficientes em inibir a emissão de radículas, tanto de sementes desinfestadas como não desinfestadas. Entretanto, o desempenho das sementes não desinfestadas, pré-condicionadas sobre BDA + manitol (-1 MPa) durante 168 horas, foi superior ao desempenho daquelas pré-condicionadas em BDA + PEG 6.000 (- 1 MPa), pelo mesmo período de tempo. Já o diâmetro médio das colônias de C. lindemuthianum, crescidas em BDA + manitol, superou os valores observadosem BDA (testemunha) e em BDA + PEG 6.000, nos diferentes níveis de potenciais hídricos testados. O aumento do período de exposição de sementes de feijoeiro ao inóculo de C. lindemuthianum em sbstrato BDA + manitol (-1 MPa), mostrou-se como uma técnica adequada para aumentar a eficiência do processo de infecção das sementes pelo referido patógeno, resultando em aumento da transmissibilidade do patógeno para as plântulas, bem como do grau de associação do patógeno com as sementes, podendo ser secas e utilizadas para diversas finalidades.
Abstract: The present research was carried out aiming at to develop a more efficient methodology to inoculate Colletotrichum lindemuthianum in bean seeds by using the hidric restriction principie. The research work was conducted in tree steps. In the fist part, the effect ofdifferent hidric restriction leveis on PDA médium amended with PEG 6,000 or mannitol on the seed radicle emission was investigated. In the second step growth of C. lindemuthianum on PDA containing the PEG 6,000 or mannitol was measured. The third part ofthe work consisted ofevaluating the infection levei obtained by keeping the bean seeds in contact with colonies of C. lindemuthianum, 5 days old, developed on PDA médium amended with mannitol at different concentrations. The results showed that incorporation ofmannitol solution at -IMPa into PDA médium with 5 day incubation, proved to be efficient to obtain higher leveis ofbean seeds infected by the anthracnosis fungous. Growth ofC lindemuthianum was not affected by the hidric restriction produced by the addition ofmannitol, at the maximum levei of -1,0 MPa, into PDA médium. Incorporation of solutions of PEG 6,000 at hidric restrictions higher than -0,6 MPa into PDA caused reduction in the development of C .lindemuthianum. Radicle emission of bean seeds was efficiently impeded on PDA médium containing such components, at hidric restriction leveis of -IMPa for 168 hours.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10699
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTACAO_Uso da restrição hídrica na inoculação de Colletotrichum lindemuthianum em sementes de feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.).pdf6,62 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback