Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCF - Departamento de Ciências Florestais >
DCF - Programa de Pós-graduação >
DCF - Ciência e Tecnologia da Madeira - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10776

Título: Variação radial e longitudinal da densidade aparente e estimativa de massa de Toona ciliata
Título Alternativo: Longitudinal and radial variation of apparent density and mass estimation of Toona ciliata
Autor(es): Silva, Tatiane Antunes da
Lattes: http://lattes.cnpq.br/1709433641614199
Orientador: Calegário, Natalino
Coorientador: Trugilho, Paulo Fernando
Membro da banca: Lima, José Tarcisio
Membro da banca: Soares, Vássia Carvalho Soares
Assunto: Densidade aparente
Densitometria de raio X
Cedro australiano
Estimativa de massa
Apparent density
X-ray densitometry
Australian cedar
Mass estimation
Data de Defesa: 3-Ago-2015
Data de publicação: 22-Dez-2015
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: SILVA, T. A. da. Variação radial e longitudinal da densidade aparente e estimativa de massa de Toona ciliata. 2015. 59 p. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia da Madeira)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
Resumo: O cedro australiano (Toona ciliata), pertencente à família Meliaceae, vem sendo utilizado como uma opção ao uso de madeiras nativas, como, por exemplo, o mogno (Swietenia macrophylla) e o cedro (Cedrella odorata), sendo uma espécie de rápido crescimento em comparação com as espécies nativas. No presente trabalho, objetivou-se avaliar a variação da densidade aparente e propor um modelo de estimativa de massa. Para este estudo, foram utilizadas árvores de 52 meses de idade, provenientes de plantios em Campo Belo – MG. Duas progênies distintas foram escolhidas e retirados discos a 0,15 m; 0,70 m; 1,30 m; 30%; 50%; 70% e 85% da altura total da árvore. Dos discos, foram retiradas amostras para a realização da densitometria de raio X. A densitometria de raio X possibilitou a visualização da variação da densidade ao longo do perfil radial, que indicou uma tendência de aumento da densidade aparente da medula para a casca e, ao longo do perfil longitudinal que indicou um maior valor da densidade aparente na base, seguido de decréscimo até o DAP e um aumento progressivo até o topo. O valor de densidade aparente média encontrado foi de 0,422 g/cm³. Com o perfil de variação longitudinal de densidade aparente da árvore, foi possível propor um modelo de estimativa de massa. A partir do modelo utilizado para a estimativa que considera a densidade aparente estimada, foi possível se obter um valor de massa total (ton/ha) maior que o obtido quando utilizada apenas a densidade média no DAP. O valor obtido para a espécie Toona ciliata aos 52 meses considerando-se um espaçamento 3 x 3 m, foi de aproximadamente 53 ton/ha.
Abstract: Australian Cedar (Toona ciliata), belongs to the Meliaceae family and has been cultivated in many Brazilian sites. When compared to natural forest species it has fast growth and has been used as an option to substitute native woods, such as mahogany (Swietenia macrophylla) and cedar (Cedrella odorata). The main purpose of this work was to evaluate the variation in apparent density and propose a model for stem mass estimation this study used trees with 52 months old, from plantation areas, in Campo Belo county, Minas Gerais state, Brazil. Two distinct progenies were chosen and had wood discs removed in the following positions from the tree base: 0.15 m, 0.70 m, 1.30 m and 30%, 50%, 70% and 85% of the total height. Wood samples from the disks were collected in order to conduct X-ray densitometry. The X-ray densitometry allowed us to know density variation from pit to bark and from base to top of trees. The density increases from pit to bark. From base to top of the tree, the density decreases up to DBH position and, after that, increases until the top of the tree. The estimated value for mean apparent density was 0.422 g/cm³. Based on the longitudinal variation of apparent density it was possible to propose a model for mass estimation. The model, which considers the estimated apparent density, was used to estimate the total mass (ton/ha). The total mass estimated by the model (53.1 ton/ha) was greater than that estimated using DBH wood density values (50.9 ton/ha).
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10776
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DCF - Ciência e Tecnologia da Madeira - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Variação radial e longitudinal da densidade aparente e estimativa de massa de Toona ciliata.pdf3,55 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback