Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10801

Título: Genetic control of glandular trichome densities and their association with whitefly resistance from Solanum galapagense accession LA1401
Título Alternativo: Controle genético da densidade de tricomas glandulares e sua associação com resistência a mosca branca em Solanum galapagenseacesso LA1401)
Autor(es): Andrade, Marcela Carvalho
Lattes: http://lattes.cnpq.br/3685902433401873
Orientador: Maluf, Wilson Roberto
Membro da banca: Francis, David Merrill
Membro da banca: Bruzi, Adriano Teodoro
Membro da banca: Pinto, César Augusto Brasil Pereira
Membro da banca: Santos, João Bosco dos
Assunto: Quantitative trait loci
Composite interval mapping
Marcadores Indel
Indel markers
Binomial negativo
Negative binomial
Poisson inflacionado de zeros
Zero-inflated Poisson
Data de Defesa: 16-Nov-2015
Data de publicação: 21-Jan-2016
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: ANDRADE, M. C. Genetic control of glandular trichome densities and their association with whitefly resistance from Solanum galapagense accession LA1401. 2016. 95 p. Tese (Doutorado em Genética e Melhoramento de Plantas)- Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
Resumo: O tomateiro é atacado por um grande número de artrópodes-pragas, sendo a mosca branca (Bemisia tabaci) considerada uma das mais destrutivas. Devido à ineficiência do controle por meio de produtos químicos, programas de melhoramento tem focado no desenvolvimento de cultivares resistentes por meio de introgressão de resistência proveniente de espécies selvagens. Em S. galapagense a resistência à mosca branca tem sido associada à presença de tricomas glandulares tipo IV. O conhecimento sobre os fatores genéticos envolvidos na presença de tricomas glandulares tipo IV auxiliaria no processo de introgressão gênica. Nosso estudo objetivou estudar a herança da densidade de tricomas glandulares tipo IV, sua associação a resistência à mosca branca e identificar QTL (Quantitative trait loci) associados à presença desses tricomas em populações derivadas do cruzamento interespecífico entre S. lycopersicum TOM-684 x S. galapagense acesso LA1401. Estimativas altas para herdabilidade, tanto no sentido amplo quanto no sentido restrito, para densidade de tricomas glandulares tipo IV, sugerem que esse caráter possui herança relativamente simples. A resistência à mosca branca esteve associada à maior densidade de tricomas glandulares tipo IV. As plantas da população F2 (S. lycopersicum x S. galapagense) selecionadas para maiores densidades de tricomas tipo IV apresentaram o mesmo nível de resistência encontrado no genitor LA1401, considerado resistente à mosca branca. Dois QTLs foram detectados para tricomas tipo IV, um QTL de efeito maior (gal.IV-2), responsável por 35, 22% da variação fenotípica, e localizado no cromossomo 2, e outro QTL de efeito menor (gal.IV-3) localizado no cromossomo 3. O QTL gal.IV-2 aparenta ser o principal responsável pela presença de tricomas tipo IV em S. galapagense.
Abstract: Tomato is affected by a large number of arthropod pests, among which the whitefly (Bemisia tabaci) is considered to be one of the most destructive. Arthropod pest management by chemical control is often inefficient. Therefore, tomato breeding programs have been trying to develop resistant cultivars by introgression of resistance present in wild species. In S. galapagense the resistance to whitefly has been associated with the presence of type IV glandular trichomes. Knowledge about the genetic control of type IV glandular trichome densities would facilitate trait introgression. Our research aimed to study the inheritance of type IV glandular trichome densities, their association with resistance to whitefly, and to identify quantitative trait loci (QTL) associated with the presence of these trichomes in populations derived from the interspecific cross Solanum lycopersicum TOM-684 x Solanum galapagense accession LA1401. High estimates for both broad and narrow sense heritabilities of type IV glandular trichome densities suggest that inheritance of this trait is not complex. Whitefly resistance was associated with high density of type IV glandular trichomes. F2 (S. galapagense x S. lycopersicum) progeny selected for high densities of type IV glandular trichomes showed similar levels of resistance to those found in LA1401, considered resistant to whitefly. Two QTLs were detected as associated with type IV trichomes: one major QTL (gal.IV-2), responsible for 35.22% of phenotypic variation, located on chromosome 2, and another minor QTL (gal.IV-3) located on chromosome 3. QTL gal.IV-2 appears to be mainly responsible for the presence of type IV trichomes in S. galapagense.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10801
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: eng
Aparece nas coleções: DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Genetic control of glandular trichome densities and their association with whitefly resistance from Solanum galapagense accession LA1401.pdf1,47 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback