Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Microbiologia Agrícola - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10825

Título: Aproveitamento de resíduos do processamento de café para produção de carotenoides por leveduras e bactérias
Autor(es): Dias, Mariana
Orientador: Batista, Cristina Ferreira Silva e
Membro da banca: Magalhães, José Carlos
Membro da banca: Magalhães, Cintia Lopes de Brito
Membro da banca: Dias, Disney Ribeiro
Membro da banca: Duarte, Whasley Ferreira
Assunto: Polpa de café
Coffee pulp
Casca de café
Coffee husk
β-caroteno
β-carotene
Rhodotorula mucilaginosa
Data de Defesa: 16-Dez-2015
Data de publicação: 4-Fev-2015
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: DIAS, M. Aproveitamento de resíduos do processamento de café para produção de carotenoides por leveduras e bactérias. 2016. 121 p. Tese (Doutorado em Microbiologia Agrícola)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
Resumo: O café é um dos produtos agrícolas de maior importância no comércio mundial. Durante o seu processamento são geradas grandes quantidades de resíduos, cuja deposição no meio ambiente causa sérios problemas ambientais. A casca e a polpa do café são os principais subprodutos e apenas uma pequena parte é reaproveitada. Uma das alternativas é sua utilização como fonte de carbono em processos fermentativos, para a obtenção de produtos com valor agregado, como pigmentos microbianos. Os carotenoides compõem um grupo de pigmentos naturais amplamente distribuídos na natureza, com grande diversidade de estruturas e funções. São responsáveis pelas cores amarela, laranja e vermelha em uma variedade de plantas, animais e microrganismos. O trabalho foi realizado com os objetivos de selecionar um microrganismo capaz de utilizar os extratos de polpa e casca de café como fonte de carbono para a produção de carotenoides, determinar o melhor método de recuperação e extração desses pigmentos intracelulares e otimizar a produção. Além disso, buscou-se, ainda, avaliar o potencial antioxidante e antimicrobiano, e quantificar o teor de β-caroteno dos carotenoides obtidos. Rhodotorula mucilaginosa CCMA 0156 foi a cepa selecionada. Os três métodos de extração testados (acetona:metanol (7:3 v/v), acetona:éter de petróleo (1:1 v/v) e acetato de etila:éter de petróleo (1:1 v/v)) foram eficientes na recuperação dos carotenoides. A otimização da produção nos extratos de polpa e casca de café foi realizada pela metodologia de superfície de resposta. A máxima produção de carotenoides específicos (361,29±36,0 µg g-1) foi obtida em meio com extrato de polpa (6,68%), glicose (2 g l−1), peptona (10,04 g l−1) e extrato de levedura (3 g l- 1 ). Os carotenoides específicos foram 296,58±13,2 em meio com extrato de casca (8,36%) contendo glicose (6,36 g l−1) e peptona (3,68 g l−1). Os carotenoides produzidos apresentaram atividades antioxidante e antimicrobiana contra bactérias patogênicas, Salmonella cholerasus, Escherichia coli, Staphylococcus aureus e Listeria monocytogenes e fungos toxigênicos, Aspergillus flavus, A. parasiticus, A. carbonarius e A. ochaceus. β-caroteno representou de 13% a 20% da produção de carotenoides totais em extrato de polpa e extrato de casca de café, respectivamente.
Abstract: Coffee is one of the most important agricultural products in world trade. During its processing a large amount of residues are created, the deposition of which causes serious environmental problems. The bark and coffee pulp are the main by-products but only a small part of it can be reused. One alternative is to use them as a carbon source in fermentation processes for obtaining value-added products, such as microbial pigments. Carotenoids comprise a group of natural pigments widely distributed in nature with wide variety of structures and functions. They are responsible for yellow, orange and red in a variety of plants, animals and microorganisms. The study aimed to select a microorganism able to use the pulp and coffee husk extract as a carbon source for the production of carotenoids, determine the best method of recovery and extraction of these intracellular pigments and optimize production. Moreover, the study tries to evaluate the antioxidant and antimicrobial potential. Finally, to assess the β- carotene content present in the carotenoids extracts. Rhodotorula mucilaginosa CCMA 0156 strain was selected. The three tested extraction methods (acetone: methanol (7: 3 v / v) acetone: petroleum ether (1: 1 v / v) ethyl acetate: petroleum ether (1: 1 v / v)) were efficient in the recovery of carotenoids. Optimization of carotenoid production was achieved by experimental design technique. Maximum concentration of specific carotenoids (361.29±36.0 µg g-1) was obtained in pulp extract (6.68 %) medium containing 2 g l−1 glucose, 10.04 g l−1 peptone, 3 g l-1 yeast extract. Specific carotenoids (296.58±13.2) in husk extract (8.36 %) medium containing 6.36 g l−1 glucose and 3.68 g l−1 peptone. Carotenoids produced exhibited antioxidant and antimicrobial activities against pathogenic bacteria: Salmonella cholerasus, Escherichia coli, Staphylococcus aureus and Listeria monocytogenes and toxigenic fungi: Aspergillus flavus, A. parasiticus, A. carbonarius and A. ochaceus. β-carotene represented 13 and 20% of the total carotenoids produced in coffee pulp extract and husk extract, respectively.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10825
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DBI - Microbiologia Agrícola - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Aproveitamento de resíduos do processamento de café para produção de carotenoides por leveduras e bactérias.pdf2,44 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback