Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10835
Título: Susceptibilidade de serrasalminídeos e seus híbridos a parasitos em sistema de recirculação indoor e de peixes em policultivo a bactérias
Título(s) alternativo(s): Susceptibility serrasalminídeos and its hybrid the parasites on recycling system indoor and fish in a polyculture bacteria
Autor : Leira, Matheus Hernandes
Lattes: http://lattes.cnpq.br/6851074821970901
Primeiro orientador: Freitas, Rilke Tadeu Fonseca de
Primeiro coorientador: Garcia, Adriana Mello
Primeiro membro da banca: Garcia, Adriana Mello
Segundo membro da banca: Lago, Aline Assis
Terceiro membro da banca: Oliveira, Marinez Moraes de
Quarto membro da banca: Nascimento, Ariane Flavia do
Palavras-chave: Sanidade em animais aquáticos
Ectoparasitas
Bactérias
Peixes nativos
Sanity in aquatic animals
Ectoparasites
Bacteria
Native fish
Data da publicação: 18-Fev-2016
Agência(s) de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Referência: LEIRA, M. H. Susceptibilidade de serrasalminídeos e seus híbridos a parasitos em sistema de recirculação indoor e de peixes em policultivo a bactérias. 2016. 98 p. Tese (Doutorado em Ciências Veterinárias)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
Resumo: O aumento da suscetibilidade às enfermidades parasitárias, bacteriológicas e infecciosas tem causado grandes prejuízos na piscicultura. A ocorrência de parasitas e bactérias é uma das maiores causas de perdas nas pisciculturas industrial e esportiva e, ainda, temos o fato de que o ambiente aquático facilita a reprodução, dispersão e sobrevivência dos agentes patogênicos. Pesquisas na área de sanidade em peixes são escassas, principalmente, quando relacionadas a espécies nativas. O aumento da aquicultura continental despertou maior interesse de produtores e pesquisadores quanto aos aspectos sanitários, visando ao aprimoramento das técnicas de produção. Nesse contexto foram realizados dois estudos relacionados à sanidade de peixes. O primeiro estudo foi realizado no intuito de quantificar a carga parasitaria de pacu, tambaqui e pirapitinga e seus híbridos, o paqui, o pirapicu e Pós F1. No segundo estudo, objetivou-se isolar e relatar a incidência da estreptococose e outros possíveis patógenos em pisciculturas de policultivo da região de Lavras – MG. Para as análises parasitológicas, foram feitas coletas brânquias de representantes de cada grupo genético, no qual foram encontrados dois gêneros de parasitas monogenéticos, Anacanthorus sp. e Mymarolhecium sp. Foram realizados cálculos dos parâmetros de prevalência, intensidade média, abundância e fator de condição. Para a identificação bacteriológica, foram coletadas amostras aleatórias de peixes em sete criatórios de policultivo de peixes da microrregião de Lavras, que contemplam as seguintes cidades: Lavras, Itutinga, Itumirim, Nepomuceno, Carrancas, São Sebastião da Vitória e Ingaí. Exemplares de tilápia, dourado, cará, curimba, surubim e piracanjuba foram analisados. Amostras de órgãos dos peixes coletadas e semeadas em meio de cultura. Após o período de incubação, a identificação dos microrganismos foi efetuada, segundo as características de cultura da bactéria, morfológicas, tintoriais e bioquímicas. Foram identificadas colônias de Estreptococos, Aeromonas e Edwardsiella. As doenças bacterianas foram encontradas apenas em tilápia, cará e curimba.
Abstract: Increased susceptibility to parasitic, bacterial and infectious diseases has caused great losses in fish farming. The incidence of parasites and bacteria are a major cause of losses in industrial and sport fish farms. The aquatic environment facilitates the reproduction, dispersal and survival of pathogens. Research on the area of fish health are scarce, especially when regarding native species. The increase in continental aquaculture aroused greater interest of producers and researchers regarding the health aspects in order to improve production techniques. In this context, two studies regarding fish health were conducted. The first study was conducted in order to quantify the parasite load on pacu, tambaqui and pirapitinga, as well as on the hybrids, paqui, pirapicu and Post F1. In the second study, the objective was to isolate and report the incidence of streptococcus and other potential pathogens in polyculture fish farms in Lavras, Minas Gerais, Brazil. For parasitological analysis, we collected gills from representatives of each genetic group, in which we verified two kinds of monogeneans parasites, Anacanthorus sp. and Mymarolhecium sp. We calculated the parametersof prevalence, average intensity, abundance and condition factor. For bacterial identification, random fish samples were collected from seven polyculture fish farms of the micro-region of Lavras, which include the following municipalities: Lavras, Itutinga, Itumirim, Nepomuceno, Carrancas, Sao Sebastiao da Vitoria and Ingai. Specimens of tilapia, dourado, cara, curimba, catfish and piracanjuba were analyzed. Samples of fish organs were collected and seeded in culture medium. After the incubation period, the identification of the microorganisms was conducted according to the traits of the bacterium culture, morphological, and biochemical dyeing. Streptococcus, Aeromonas and Edwardsiella colonies were identified. Bacterial diseases were found only in tilapia, cara and curimba.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10835
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções:DMV - Ciências Veterinárias - Doutorado (Teses)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.