Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCA - Departamento de Ciência dos Alimentos >
DCA - Artigos publicados em periódicos >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10869

Título: Use of refrigeration in the conservation of black raspberries Rubus niveus
Título Alternativo: Uso da refrigeração na conservação de framboesas negras Rubus niveus
Autor(es): Maro, Luana Aparecida Castilho
Pio, Rafael
Lima, Luiz Carlos de Oliveira
Abreu, Celeste Maria Patto
Guedes, Mayara Neves Santos
Patto, Leonardo Silva
Assunto: Post harvest
Storage
Temperature
Pós-colheita
Armazenamento
Temperatura
Publicador: Universidade Federal Rural da Amazônia
Data de publicação: 6-Dez-2013
Referência: MARO, L. A. C. et al. Use of refrigeration in the conservation of black raspberries Rubus niveus. Amazonian Journal of Agricultural and Environmental Sciences, [Belém], v. 56, p. 134-139, 2013. Suplemento.
Resumo: Framboesas apresentam limitada durabilidade após a colheita devido à sua alta taxa respiratória. O uso de baixas temperaturas constitui uma das técnicas utilizadas para estender este curto período. Embora a refrigeração seja um método de baixo custo, o conhecimento das condições adequadas é essencial para manter a qualidade das framboesas. Para ampliar o conhecimento acerca deste assunto, framboesas negras, Rubus niveus, embaladas em bandejas de tereftalato de polietileno, foram armazenadas por 12 dias em câmaras do tipo BOD (demanda bioquímica de oxigênio) a –1, 1, 3, 5 e 7 °C, com variações de 0,2 a 0,5 °C, e umidade relativa de 91,4±7,3%. Embora as avaliações tenham sido realizadas somente até o 12.o dia de armazenamento, os frutos apresentaram períodos de conservação diferentes, dependendo da temperatura. A melhor temperatura para a conservação dos frutos foi –1 °C, em que as bagas permaneceram por 12 dias com pouca variação na qualidade para o consumo. Por outro lado, quando as framboesas negras foram armazenadas a temperaturas de 1 e 3 °C, a vida útil das bagas foi de apenas três dias. Após este período, a qualidade organoléptica dos frutos foi reduzida devido à elevada perda de massa e ao desenvolvimento de um sabor estranho. Estas características foram antecipadas a 5 e 7 °C, quando foi verificada a presença de odores estranhos e micro-organismos, os quais resultaram num curto período de armazenamento.
Abstract: Raspberries have limited durability after harvest due to their high respiratory rate. The use of low temperatures is one of the techniques used to extend this short period. While cooling is a low-cost method, knowledge of appropriate storage conditions is essential to ensure the quality of the raspberries. To add to this knowledge base, was evaluated black raspberries, Rubus niveus, packed in polyethylene terephthalate trays and stored for 12 days in BOD incubators (biochemical oxygen demand) at –1, 1; 3, 5 and 7 °C, with variations from 0.2 to 0.5 °C, and a relative humidity of 91.4±7.3%. Although the evaluations were extended until the 12 th day of storage, the fruits showed different retention periods depending on the temperature. The best temperature for the conservation of fruits was –1 °C, at which the berries reached 12 days of storage without much variation in quality for consumption. On the other hand, when stored at temperatures of 1 and 3 °C, preservation of the berries lasted only three days. After this period, the organoleptic quality of the fruits was reduced due to high mass loss and the development of an unusual taste. These features were anticipated at 5 and 7 °C, and the presence of strange odours and microorganisms were found at 7 °C, all of which resulted in a short period of storage.
URI: https://periodicos.ufra.edu.br/index.php?journal=ajaes&page=article&op=view&path[]=1451
http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10869
Idioma: en_US
Aparece nas coleções: DCA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback