Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAG - Departamento de Agricultura >
DAG - Programa de Pós-graduação >
DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10959

Título: Avaliação agronômica e resistência a pragas de híbridos de tomate com elevados teores foliares de acilaçúcares
Título Alternativo: Agronomic evaluation and pest resistance of tomato hybrids with high levels of foliar acylsugars
Autor(es): Gouveia, Beatriz Tomé
Lattes: http://lattes.cnpq.br/9367072207594656
Orientador: Maluf, Wilson Roberto
Membro da banca: Bruzi, Adriano Teodoro
Membro da banca: Azevedo, Sebastião Márcio de
Assunto: Solunum lycopersicum
Gene Mi
Resistência genética
Mi gene
Genetic resistance
Data de Defesa: 29-Fev-2016
Data de publicação: 23-Mar-2016
Agência de Fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Referência: GOUVEIA, B. T. Avaliação agronômica e resistência a pragas de híbridos de tomate com elevados teores foliares de acilaçúcares. 2016. 94 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia/Fitotecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2016.
Resumo: Acilaçúcares foliares são responsáveis por conferir resistência a uma gama de pragas do tomateiro. Similarmente, o gene Mi, que confere resistência a nematoides do gênero Meloidogyne spp., também tem efetividade contra algumas dessas pragas. Acilaçúcares e o gene Mi, isoladamente ou em associação, podem contribuir significativamente para o controle de pragas via resistência genética. Teores altos de acilaçúcares estão presentes em espécies selvagens, como Solanum pennellii, mas, recentemente, tornaram-se também disponíveis, através de melhoramento genético, em linhagens de tomateiro com características comerciais. Esse trabalho visou a avaliar a qualidade agronômica de híbridos de tomateiro pré-comerciais, portadores de altos teores foliares de acilaçúcares e/ou do gene Mi, bem como o seu grau de resistência à moscabranca e aos ácaros. Para a produção dos híbridos experimentais, 23 linhagens elite, com baixos teores de acilaçúcares, foram usadas como genitores femininos, e uma linhagem (TOM-760), com altos teores do aleloquímico e portadora do gene Mi, como genitor masculino. Foram avaliadas as características agronômicas: produção total, produção comercial, produção precoce, massa média de frutos, formato, número de lóculos por fruto; qualidade de frutos: teor de sólidos solúveis, número de dias para atingir firmeza de 2.104N.m-2 e coloração dos frutos. Também foi avaliada a resistência à moscabranca (Bemisia argentifolii) e ao ácaro-rajado (Tetranychus urticae). O híbrido TEX-412, do grupo Salada/Saladinha, apresentou melhores características de produção, e qualidade de frutos competitivas. No grupo Santa Cruz/Saladete os híbridos TEX-458, TEX-459 e TEX-461 destacam-se entre os híbridos do grupo, com características de produção e qualidade de frutos competitivas comercialmente. Teores mais elevados de acilaçúcares foliares em tomateiro conferiram resistência à Bemisia argentifolii e ao ácaro Tetranychus urticae. O gene Mi, ou outro intimamente ligado, também conferiu resistência à moscabranca e parece ter dominância incompleta para resistência a essa praga. Contudo, esse gene não foi efetivo em conferir resistência ao ácaro-rajado. Os efeitos da resistência à Bemisia argentifolii, conferida pelos acilaçúcares se adicionam aos efeitos do gene Mi. A tecnologia AS-Plus, caracterizada pela presença de teores foliares mais elevados de acilaçúcare, pode ser efetivamente usada para conferir resistência ao ácaro Tetranychus urticae e à mosca-branca Bemisia argentifolii, e, em combinação com o gene Mi, sua ação contra a moscabranca é potencializada.
Abstract: Foliar acylsugars are responsible to provide resistance against a wide array of tomato pests. Similarly, the Mi gene, which provides nematode (Meloidogyne spp.) resistance, also has shown to be effective against some of these pests. Acylsugar and the Mi gene, in isolation or in association, can contribute significantly for the control of pests through genetic resistance. High levels of acylsugars are present in some wild species, like Solanum pennellii, but recently they also became available, through genetic breeding, in commercial tomato lines. This article aims to evaluate the agronomical performance of precommercial tomato hybrids, which carry high foliar levels of acylsugar and/or Mi gene, as well as their degree of resistance to whitefly and spider mite. In order to produce commercial hybrids, 23 elite lines with low level of acylsugar were used as seed parents, and one line (TOM-760), with high acylsugar contents and carrier of the Mi gene, as male parent. Agronomic traits were evaluated (total yield, commercial yield, early yield, mean fruit mass, fruit shape, number of locus) as well as fruit quality traits (soluble solid level, number of days to reach the firmness 2.104.N.m2 and fruit color). Hybrid resistance to whitefly (Bemisia argentifolii) and spider mite (Tetranychus urticae) was also assessed. The hybrid TEX-412, with oblate shaped-fruit, showed the best production features and competitive fruit quality. Saladete group hybrids TEX- 458, TEX-459 and TEX-461 stood out for then production features and competitive fruit quality. High level of foliar acylsugar were shown to promote resistance to whitefly Bemisia argentifolii and to spider mite Tetranychus urticae. The Mi gene, or a closely linked gene, also provided a degree of resistance to whitefly, with incomplete dominance with relation to the pest. However, this gene was not effective in providing resistance to the two-spotted spider mite. The resistance effects against Bemisia argentifolii conferred by acylsugar are added to Mi gene effects. The AS-Plus technology, characterized by increased foliar acylsugar contents, can be effectively used to impart resistance to mites Tetranychus urticae and to the whitefly Bemisia argentifolii, and, in combination with the Mi gene, its action against the whitefly is potentialized.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10959
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Avaliação agronômica e resistência a pragas de híbridos de tomate com elevados teores foliares de acilaçúcares.pdf858,89 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback