Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10988

Título: Adaptabilidade e estabilidade para caracteres agronômicos em clones de batata resistentes ao Potato Virus Y (PVY)
Título Alternativo: Adaptability and stability for agronomic traits in potato clones resistant to Potato Virus Y (PVY)
Autor(es): Andrade, Mario Henrique Murad Leite
Lattes: http://lattes.cnpq.br/1086229772867964
Orientador: Pinto, César Augusto Brasil Pereira
Membro da banca: Benites, Flávio Rodrigo Gandolfi
Membro da banca: Nunes, Jose Airton Rodrigues
Assunto: Solanum tuberosum L.
Melhoramento genético de plantas
Interação genótipo por ambiente
GGE Biplot
Plant breeding
Genotype by environment interaction
Data de Defesa: 3-Mar-2016
Data de publicação: 1-Abr-2016
Agência de Fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Referência: ANDRADE, M. H. M. L. Adaptabilidade e estabilidade para caracteres agronômicos em clones de batata resistentes ao Potato Virus Y (PVY). 2016. 77 p. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Plantas)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2016.
Resumo: O fenótipo de um indivíduo é a soma do seu genótipo mais a influência do ambiente. Realizada a observação do mesmo indivíduo em vários ambientes haverá diferentes manifestações do fenótipo, por conta da interação do genótipo com o ambiente. Esta interação dificulta o trabalho de melhoristas visto que o ranqueamento dos genótipos é modificado de um ambiente para o outro, por não haver uma correlação perfeita entre o genótipo e o fenótipo. A interação genótipo por ambiente é uma realidade para melhoristas e agricultores. Ela é um dos maiores entraves nos programas de melhoramento, pois os valores genotípicos, quando se ignora a presença da interação, podem ser superestimados ou subestimados, diminuindo o ganho com a seleção. Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar a adaptabilidade e estabilidade de caracteres agronômicos de clones de batata (MLG) resistentes ao Potato Virus Y para as condições de plantio e climáticas do sul do estado de Minas Gerais. Foram realizados seis ensaios utilizando 18 clones do programa de melhoramento de batata da UFLA e quatro cultivares usualmente plantadas no estado. O delineamento experimental foi de blocos completos casualizados com três repetições. Foram avaliadas a estabilidade de caracteres agronômicos como produção total de tubérculos graúdos, peso específico de tubérculos e aparência geral de tubérculos. A partir da análise de variância conjunta foi detectada forte interação entre os genótipos e os diferentes ambientes de plantio, a interação explpicou a maior parte da variação. Constatada a interação procedeu-se a análise de estabilidade utilizando o método GGE Biplot, para melhorar o entendimento da inter-relação entre genótipos e ambientes. Foi verificada que alguns ambientes apresentam resultados semelhantes, sendo agrupados em mega ambientes. Os clones MLG utilizados se mostraram mais produtivos e adaptados quando comparados às testemunhas. Destaque para os clones MLG-01-02, MLG-01-06, MLG-11-05 e MLG-23-37, que atendem as exigências dos segmentos mesa e pré-fritas.
Abstract: The phenotype of an individual is the sum of its genotype and the environment influence. Performed the observation of the same individual in various environments there will be different manifestations of the phenotype, due to the genotype interaction with the environment. This interaction makes difficult the breeders job once the ranking of genotypes is modified from one environment to the other, due to the lack of a perfect correlation between genotype and phenotype. The genotype by environment interaction is a reality in the daily lives of breeders and farmers. It is one of the biggest obstacles in breeding programs because the genotypic values, when the presence of the interaction is ignored, could be overestimated or underestimated, reducing the gain with selection. The aim of this study was to evaluate the adaptability and stability of potato clones (MLG) resistant to Potato Virus Y for growing conditions and climate of the southern state of Minas Gerais. Six tests were carried out using 18 clones of potato breeding program of UFLA and four cultivars usually planted in the state, using the randomized complete block design with three replications. We evaluate stability of agronomical characters like total production of large tubers, specific weight and general appearance of tubers. From the analysis of variance was detected strong interaction between the varieties used and the different planting environments and the interaction explained most of the variation. Given the interaction we proceeded to stability analysis using the GGE Biplot method to improve understanding of the interrelationship between genotypes and environments. It was verified that some environments have similar results, being grouped in mega environments. The MLG clones used were more productive and adapted when compared to control. Highlighting the MLG-01-02, MLG-01-06, MLG-11-05 and MLG-23-37, which meet the requirements of table and pre-fried segments.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10988
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Adaptabilidade e estabilidade para caracteres agronômicos em clones de batata resistentes ao Potato Virus Y (PVY)..pdf1,46 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback