Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10995
Título: Juventude rural e as contribuições do projeto transformar de capacitação de jovens rurais no Sul de Minas (2006-2013)
Autor : Castro, Flora Aparecida Teixeira
Lattes: http://lattes.cnpq.br/3464868232722092
Primeiro orientador: Paula, Maria das Graças
Primeiro coorientador: Assis, Thiago Rodrigo de Paula
Primeiro membro da banca: Silveira, Luciana Braga
Segundo membro da banca: Rocha, Luiz Carlos Dias da
Palavras-chave: Juventude rural
Migração
Sucessão familiar
Políticas públicas
Projeto transformar
Sustentabilidade
Rural youth
Migration
Family succession
Public policy
Project transform
Sustainability
Data da publicação: 4-Abr-2016
Referência: CASTRO, F. A. T. Juventude rural e as contribuições do projeto transformar de capacitação de jovens rurais no Sul de Minas (2006-2013). 2016. 133 p. Dissertação (Mestrado Profissional em Desenvolvimento Sustentável e Extensão)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2016.
Resumo: Um dos grandes desafios do meio rural é a continuidade da produção de alimentos e a formação de uma nova geração de agricultores, à medida que os filhos abandonam a propriedade por não ter condições de exercer a profissão de agricultor. Neste sentido, o propósito deste estudo foi de analisar os resultados do Projeto Transformar de Capacitação de Jovens Rurais, para a permanência dos jovens no campo e na sucessão familiar, no Sul de Minas, visando subsidiar o estabelecimento de novas estratégias de trabalhos da extensão rural com a juventude rural. A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG) executou, no período de oito anos (2006-2013), o Projeto "TRANSFORMAR", voltado para a Juventude Rural, na faixa etária de 16 a 29 anos. Com objetivo de promover a formação crítica, cidadã e profissional de jovens rurais, foram capacitados no Sul de Minas mais de mil e quinhentos jovens rurais, numa relação entre teoria e prática. Buscando conhecer a realidade em que vivem os jovens rurais do Sul de Minas e analisar de que forma o Projeto Transformar contribuiu para oportunizar melhores condições de vida e permanência deles no campo, procurou-se combinar estudos qualitativos e quantitativos, utilizando revisão bibliográfica e a coleta de dados, por meio de questionário semiestruturado, levantamento da situação dos jovens egressos do Projeto Transformar e reuniões com egressos e Não Participantes. Para tal, em primeiro lugar, a pesquisa resgata os debates sobre juventude rural, problematiza a questão da migração dos jovens do campo para as cidades e depois da sucessão familiar. Em seguida, apresenta as políticas públicas para juventude rural, incluindo o trabalho de extensão rural com esta categoria social. Descrevem-se a área de estudo; o perfil dos jovens sujeitos deste trabalho; os fatores que influenciam a migração ou permanência de jovens rurais no campo e a perspectiva dos jovens rurais. A análise dos resultados da pesquisa permitiu verificar que grande parte dos jovens rurais do Sul de Minas gosta de morar no campo e pretende dar continuidade à atividade agrícola, mas encontra dificuldades de conciliar trabalho e estudo e obter renda própria. As demandas mais relevantes dos jovens do Sul de Minas são o acesso à renda própria, a terra, à educação no/do campo e melhores condições de vida. Na última parte, apresentam-se algumas propostas e reflexões, para subsidiar o estabelecimento de novas estratégias de trabalho com a juventude rural, evidenciando a necessidade de continuidade de pesquisas sobre o tema. O estudo possibilitou caracterizar os jovens rurais do Sul de Minas e mostrou que o Projeto Transformar trouxe diversas contribuições para estimular o desenvolvimento e inserção socioeconômica dos jovens rurais e sua permanência no campo. Palavras-chave:
Abstract: One of the main challenges for the rural environment is the continuity of the production of food and the formation of a new generation of farmers, given that the young abandon the property for not presenting the capabilities to exercise the profession. In this sense, the intent of this study was to analyze de results obtained from the Transform Rural Youth Training Project for keeping the young in the countryside and in family succession in Southern Minas Gerais, Brazil, aiming at subsidizing the establishment of new working strategies of rural extension with rural youth. The technical assistance and rural extension company in the state of Minas Gerais (Emater-MG), implemented the project “Transform” during eight years, encompassing the rural youth of between 16 and 29 years of age. With the objective of promoting critical, citizen and professional formation of rural young, 1500 rural young were capacitated in Southern Minas Gerais, in a theoretical and practical relation. Seeking to understand the reality in which rural young from Southern Minas Gerais live in, and to analyze in which way project “Transform” contributed for creating opportunities for better life conditions and for permanence in the countryside, we combined qualitative and quantitative studies. For this, we used bibliographical review and data collection by means of semi-structured questionnaires, survey of the situation of the egress to project “Transform”, as well as meetings with the egresses and with non-participants. First, the research recovers the debates concerning rural youth, problematizes the issue of youth migration from the countryside to the cities and after family succession. Subsequently, we present public policies created for rural youth, including the rural extension work done with this social category. We describe the study area, profile of the young subjects, factors that influence the migration or permanence of rural young in the countryside and the perspective of rural young. The result analysis allowed us to verify that most rural young from Southern Minas Gerais like to live in the countryside and intend to continue farming activities, but found difficulties in accommodating work and studies and obtaining their own income. The most relevant demands from the young are access to their own income, the land, education in/of the countryside and improving life conditions. In the last part of the paper, we present a few proposals and reflections to subsidize the establishment of new work strategies, highlighting the need for continuing the research on this theme. The study allowed us to characterize the rural young from Southern Minas Gerais and showed that project “Transform” brought several contribution in stimulating the development and socioeconomic insertion of rural young and their permanence in the countryside.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10995
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções:DAE - Desenvolvimento Sustentável e Extensão - Mestrado Profissional (Dissertações/TCC)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.