Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DED - Departamento de Educação >
DED - Programa de Pós-graduação >
DED - Educação - Mestrado Profissional (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1100

Título: Formação docente em tempos de crise ambiental : problematizações epistemológicas
Autor(es): Guimarães, Júlia de Moura Martins
Orientador: Alves, Jacqueline Magalhães
Coorientador(es): Barbosa, Vanderlei
Membro da banca: Jacobi, Pedro Roberto
Monteiro, Bruno Andrade Pinto
Barbosa, Vanderlei
Área de concentração: Formação de Professores
Assunto: Formação de professores
Epistemologia
Crise da racionalidade moderna
Hermenêutica-dialética
Educação ambiental crítica
Teacher training
Epistemology
Crisis of modern rationality
Hermeneutic-dialectic
Critical environmental education
Data de Defesa: 9-Jul-2013
Data de publicação: 19-Set-2013
Referência: GUIMARÃES, J. de M. M. Formação docente em tempos de crise ambiental : problematizações epistemológicas. 2013 183 p. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2013.
Resumo: RESUMO Pensar a crise ambiental dentro do campo da educação, com destaque para a formação de professores, constitui uma forma de evidenciar que a barreira epistemológica da cisão humano/ambiente repercute nos diversos âmbitos que constituem a sociedade. Tendo como eixo a problemática epistemológica da sociedade contemporânea, marcada pela crise da racionalidade moderna, este trabalho buscou promover um debate para (re) pensarmos as concepções de ciência e educação que perpassam os processos formativos. Sendo assim, nosso objetivo principal foi analisar as bases epistemológicas da formação de professores presentes no projeto institucional da Universidade Federal de Lavras (UFLA), tendo como base a discussão da crise ambiental no âmbito da educação. O estudo se configura como teórico-documental de cunho qualitativo, tendo como subsídio teórico o referencial crítico-reflexivo da educação ambiental crítica e da pedagogia histórico-crítica. Para realizar a pesquisa documental, selecionamos o Projeto Pedagógico Institucional (PPI) e o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) da UFLA. Também foram consultadas as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica (DCNs) e o Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação presencial e a distância, registros oficiais que regulamentam aspectos da educação superior no Brasil. A metodologia de análise utilizada foi da hermenêutica-dialética, que está intrinsecamente relacionada à problematização epistemológica da crise ambiental em que nossa sociedade se encontra imersa. Os resultados encontrados por meio da investigação dos sentidos da formação docente para a UFLA evidenciam duas formas de referência à formação docente: a primeira se refere aos professores internos, aqueles que fazem parte do corpo docente da UFLA, e a segunda diz respeito aos professores externos, formados pela UFLA nos cursos de licenciatura, pós-graduação, capacitação etc. As articulações teóricas tecidas em torno dos sentidos identificados evidenciam que a forma como a UFLA preconiza a formação docente deriva de componentes externos, como o MEC. Com relação aos elementos silenciados, identificamos que não há referências ao engajamento sociopolítico como dimensão necessária à formação docente. Sobre a expressão da crise ambiental nas bases curriculares para a formação de professores, identificamos que isso acontece na medida em que a educação é projetada em função de atender às demandas do capitalismo. Os resultados evidenciaram que as bases epistemológicas para a formação docente na UFLA são as mesmas expressas nas DCNs e apresentam cunho conservador, sendo fundadas na dimensão do fazer prático e no conceito de competência.
ABSTRACT Considering environmental crisis in the education field, especially in regard to teacher training, is a way of showing that the epistemological barrier of the human/environment fissionreflects in various fields which constitute society. Using the epistemological problems of contemporary society, marked by the modern rationality crisis, as an axis, this study aimed at promoting a debate to (re) consider the science and education conceptions which underlie the formation processes. Thus, our main objective was analyzing the epistemological foundations of teacher training present in the institutional project of Universidade Federal de Lavras (UFLA), based on the discussion of environmental crisis in education. The study is configured as of theoretical and documentary qualitative nature, taking as input the critical-reflective theoretical framework of critical environmental education and historical-critical pedagogy. In order to conduct the documentary research, we selected the Institutional Pedagogic Project (PPI) and the Institutional Development Plan (PDI) of UFLA. We also consulted the National Curriculum Guidelines for Basic Education Teacher Training (DCNs) and the Assessment of presence and distance Undergraduate Course Instrument, official records which regulates aspects of higher education in Brazil. The analysis method used was the hermeneuticdialectic, which is intrinsically related to epistemological questioning of the environmental crisis in which our society is immersed. The results found by investigating the meanings of teacher training for UFLA show two forms of reference to teacher training: the first refers to internal teachers, those who are part of UFLA’s faculty, and the second relates to outside teachers, formed by UFLA in undergraduate or postgraduate courses, training etc. The theoretical links woven around the identified senses show that the manner in which UFLA recommends teacher training derives from external components, such as MEC. With respect to silenced elements, we identified that there are no references to socio-political engagement as necessary dimension of teacher training. About expression of the environmental crisis in curriculum basis for teacher training, we found that this happens in that education is designed according to meet demands of capitalism. The results showed that epistemological basis for teacher training in UFLA are the same expressed in DCNs and feature conservative slant, been founded on practical doing dimension and on concept of competence.
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós- Graduação em Educação, área de concentração Formação de Professores, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1100
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DED - Educação - Mestrado Profissional (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTACAO_Formação docente em tempos de crise ambiental....pdf575,62 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback