Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11008
Título: Como as características da paisagem e rodovia explicam atropelamentos em áreas protegidas à escala local?
Autor : Freitas, Nayara Helena Alecrim de
Lattes: http://lattes.cnpq.br/3238417338096667
Primeiro orientador: Bager, Alex
Primeiro membro da banca: Bager, Alex
Segundo membro da banca: Rocha, Mariana Ferreira
Terceiro membro da banca: Bueno, Cecília
Palavras-chave: Animais das florestas tropicais
Rain forest animals
Mata Atlântica
Animais dos cerrados
Cerrado animals
Cerrados
Estradas florestais
Forest roads
Modelos lineares (Estatística)
Linear models (Statistics)
Data da publicação: 6-Abr-2016
Agência(s) de fomento: Tropical Forest Conservation Act (TFCA)
Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (FUNBIO)
Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Tetra Paq
Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio)
Referência: FREITAS, N. H. A. Como as características da paisagem e rodovia explicam atropelamentos em áreas protegidas à escala local? 2016. 92 p. Dissertação (Mestrado em Ecologia Aplicada) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
Resumo: A implementação de estradas, sejam elas pavimentadas ou rurais, causa alterações significativas tanto nas paisagens quanto na biodiversidade. A mortalidade da fauna por atropelamento é apontada como o principal impacto das estradas às muitas espécies de vertebrados e invertebrados. Ainda que trabalhos destaquem diferentes fatores que influenciam a mortalidade por atropelamento, tais como largura da estrada, velocidade e tráfego dos veículos, clima, paisagem, biologia do animal e consciência do motorista, poucos destacam a importância desses fatores em escala local. Diante disso, foram realizados monitoramentos em seis estradas, três no bioma Mata Atlântica e três no Cerrado registrando as coordenadas e fotos de entorno de todos os vertebrados silvestres não voadores atropelados. O objetivo foi detectar características da paisagem e da rodovia que influenciam nos atropelamentos em escala local não vistas em métodos abordados na maioria dos estudos desse tema para anfíbios, répteis e mamíferos. Construímos modelos lineares generalizados mistos para compreender a relação da paisagem e da rodovia com a ocorrência de atropelamentos. Entre as características da paisagem a conectividade aérea foi um fator positivo significativamente em anfíbios. Com relação às características da rodovia, presença de barreiras, em um ou ambos os lados da estrada, que dificultam a travessia dos animais e pistas pavimentadas foram os fatores mais importantes, aumentando significativamente a mortalidade em anfíbios. Em répteis, a presença de acostamento, em um ou ambos os lados da estrada, diminuiu significativamente os atropelamentos para essa classe. Essas informações podem auxiliar o governo e concessionárias na tomada de decisão para mitigar a mortalidade por atropelamento.
Abstract: The implementation of paved or rural roads, cause significant changes both in the landscape and in biodiversity. Roadkill is seen as the major impact of roads to many species of vertebrates and invertebrates. Although work out different factors that influence mortality from trampling, such as road width, speed and vehicle traffic, weather, landscape, animal biology and consciousness of the driver, few highlight the importance of these factors on a local scale. Therefore, monitoring was carried out in close proximity or internal roads to protected areas, the Atlantic Forest and Brazilian Cerrado, recording the coordinates and surrounding pictures of all the non-flying wild vertebrates run over. The goal was to detect landscape characteristics and road that influence us run over on a local scale not seen in methods addressed in most studies of this issue for amphibians, reptiles and mammals. We build mixed generalized linear models to understand the relationship of the landscape and road to the occurrence of roadkills. For landscape characteristics, our study found that air connectivity was a positive factor significantly in amphibians. Regarding to the road characteristics, the presence of structures, on one or both sides of the road, that difficult the animals passage and paved slopes were the most important factors significantly increase mortality in amphibians. In reptiles, the presence of the shoulder, on one or both sides of the road, roadkill significantly decreased for that class. These information can assist the government and concessionaires in decision making to mitigate roadkills.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11008
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções:DBI - Ecologia Aplicada - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.