Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11094
Título: Medidas morfométricas na avaliação de pesos e rendimentos corporais de Astyanax lacustris (Lütken, 1875) e Astyanax fasciatus (Cuvier, 1819) (Characiformes, Characidae)
Título(s) alternativo(s): Morphometric measures on evaluation of weight snd body yield of Astyanax lacustris (Lütken, 1875) and Astyanax fasciatus (Cuvier, 1819) (Characiformes, Characidae)
Autor : Botelho, Hortência Aparecida
Lattes: http://lattes.cnpq.br/5053101444454453
Primeiro orientador: Freitas, Rilke Tadeu Fonseca de
Primeiro coorientador: Reis Neto, Rafael Vilhena
Primeiro membro da banca: Pimenta, Maria Emília de Sousa Gomes
Segundo membro da banca: Felizardo, Viviane de Oliveira
Terceiro membro da banca: Reis Neto, Rafael Vilhena
Palavras-chave: Análise de trilha
Correlação
Espécies nativas
Path analysis
Correlations
Native species
Data da publicação: 28-Jan-2016
Agência(s) de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Referência: BOTELHO, H. A. Medidas morfométricas na avaliação de pesos e rendimentos corporais de Astyanax lacustris (Lütken, 1875) e Astyanax fasciatus (Cuvier, 1819) (Characiformes, Characidae). 2016. 75 p. Dissertação (Mestrado em Zootecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2016.
Resumo: O cultivo de espécies nativas tem se tornado uma grande oportunidade de geração de renda para os piscicultores. Com o intuito de se obter uma estimativa da produtividade, medidas e razões morfométricas, têm sido estudadas como medidas auxiliares na avaliação de peso e rendimentos de peixes. O objetivo do estudo foi verificar por meio da análise de trilha a correlação e os efeitos diretos e indiretos das medidas e razões morfométricas sobre os pesos e rendimentos corporais das espécies Astyanax lacustris e Astyanax fasciatus e verificar se a análise discriminante é hábil a separar e alocar as espécies. Um total de 162 lambaris (102 Astyanax lacustris e 60 Astyanax fasciatus) fo i coletado em um trecho do Rio Grande em Perdões - MG e posteriormente abatidos, medidos e processados para análises morfométricas e de rendimento. As medidas morfométricas tomadas foram: CP (comprimento padrão), CC (comprimento de cabeça), AC (altura do corpo) e LC (largura do corpo). Em seguida, foram calculadas as razões morfométricas e, após o processamento, foram estimados os rendimentos corporais. Inicialmente foi realizado a análise de variância e, posteriormente, os efeitos diretos e indiretos foram estimados pelo método de análise de trilha sendo o peso de abate, os pesos das part es corporais e os rendimentos corporais considerados como variáveis dependentes e as medidas e razões morfométricas, como variáveis explicativas. As espécies se diferiram nas variáveis AC, LC, PV isc, RCarc, RCab, RTron e RVisc. A análise discriminante foi capaz de classificar 79,5% dos animais. Através da análise de trilha, foi possível evidenciar que as medidas morfométricas podem ser utilizadas para estimar o peso e o peso dos componentes corporais de Astyanax lacustris e Astyanax fasciatus. Em relação ao peso, peso de carcaça, peso de tronco e peso de vísceras, as variáveis comprimento padrão, altura e largura do corpo foram as mais determinantes. Porém para os rendimentos corporais, as medidas morfométricas não foram eficientes para explicar a variação dos rendimentos das espécies, pois apresentou ajuste baixo, correlações fracas e não significativas.
Abstract: The cultivation of native species has become a great opportunity to generate income for fish farmers. In order to obtain an estimate of the productivity, measurements and morphometric reasons, have been studied as auxiliary measures for evaluating weight and yield of the fish. The aim of the study was to verify, by means of the path analysis, the correlation and the direct and indirect effects of the measures and morphometric reasons over body weight and yield of the Astyanax lacustris and Astyanax fasciatus species. A total of 162 lambaris (102 Astyanax lacustris and 60 Astyanax fasciatus) were collected from a stretch of the Rio Grande in Perdões, Minas Gerais (MG), Brazil. Later, the fish were slaughtered, measured and processed for morphometric and yield analysis. The morphometric measurements taken were: standard length (SL), head length (HL), body depth (BD) and body width (BW). Subsequently, we calculated the morphometric reasons and, after processing, the body yields were estimated. Initially, analysis of variance was conducted, followed by the estimation of the direct and indirect effects by means of the path analysis method, considering the slaughter weight, the weight of body parts and bodily income as dependent variables, and the measures and morphometric reasons as explanatory variables. The species differed for variables BD, BW, WVisc, YCarc, YCab, YTron and YVisc. The A. lacustris species presented greater body height and width, carcass and trunk yield, while the A. fasciatus species showed higher head and viscera yield, as well as viscera weight. By means of the path analysis, it became clear that the morphometric measurements can be used to estimate the weight and weight of body components of Astyanax lacustris and Astyanax fasciatus. Regarding weight, carcass weight, trunk weight and viscera weight, variables standard length, height and width of the body were the most crucial. However, for body yields, morphometric measures were not effective in explaining the yield variation between species, given the low setting and weak and insignificant correlations.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11094
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções:DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.