Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1115
Título: Influência de variáveis meteorológicas do solo e nutricionais na força de desprendimento dos frutos do café
Autor : Silva, Flávio Castro da
Primeiro orientador: Silva, Fábio Moreira da
Primeiro membro da banca: Alves, José Donizeti
Volpato, Carlos Eduardo Silva
Alves, Marcelo Carvalho
Scalco, Myriane Stella
Área de concentração: Engenharia Agrícola
Palavras-chave: Cafeeiro
Dotação de água
Correlação
Coffee plant
Water endowment
Correlation
Data da publicação: 2013
Agência(s) de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Referência: SILVA, F. C. da. Influência de variáveis meteorológicas do solo e nutricionais na força de desprendimento dos frutos do café. 2012. 71 p. Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2013.
Resumo: Este trabalho foi realizado com o objetivo de identificar quais variáveis estão relacionadas com a variação da força de desprendimento dos frutos do cafeeiro (Coffea arabica L.), ao longo do período de maturação. O trabalho foi desenvolvido no Departamento de Agricultura da Universidade Federal de Lavras (UFLA), em um experimento, buscando analisar o comportamento da força de desprendimento dos frutos do cafeeiro nas maturações verde e cereja, ao longo do período de maturação, mediante as variáveis meteorológicas do ar e de umidade do solo, conduzindo os ensaios sob quatro diferentes condicionamentos de umidade do solo. Para a correlação dos dados de força de desprendimento, utilizaram-se variáveis meteorológicas do ar e de umidade do solo, tendo as meteorológicas sido obtidas por meio de uma estação automática de aquisição de dados instalada na área experimental. A umidade do solo foi obtida por meio de leituras em tensiômetros instalados nas parcelas experimentais nas profundidades de 10, 25 e 60 cm. Além da força de desprendimento dos frutos, foi analisada a umidade dos mesmos nas respectivas maturações. As alterações nos parâmetros meteorológicos e de umidade do solo acarretam na alteração da força de desprendimento dos frutos, principalmente na maturação verde. Com o aumento de temperatura, ocorreu diminuição da força de desprendimento dos frutos verdes e tendência de diminuição para os frutos cerejas. A umidade do solo apresentou correlação positiva com a força de desprendimento dos frutos verdes e tendência positiva para os frutos cerejas. A precipitação tendeu a diminuir a força de desprendimento dos frutos verdes e cerejas, nos três dias após sua ocorrência. A força de desprendimento dos frutos verdes apresentou correlação negativa coma a umidade do fruto.
This work was performed with the objective of identifying which variables are related to the detachment force variation of coffee (Coffea arabica L.) fruits along the maturation period. The work was developed in the Agriculture Department of the Universidade Federal de Lavras (UFLA). The experiment aimed at analyzing the behavior of the detachment force of coffee fruits in the green and cherry maturations, considering the meteorological variables of the air and soil humidity. The trials were conducted under four different soil humidity conditions. For the correlation of the detachment force data, we used the air’s meteorological variables and soil humidity, having obtained the meteorological variables through an automatic data acquisition station installed in the experimental area. Soil humidity was obtained through readings from tensiometers installed in the experimental plots at the depths of 10, 25 and 60 cm. In addition to the detachment force of the fruits, we analyzed the humidity of the same in the respective maturations. The alterations in the meteorological parameters and soil humidity entail variations in fruit detachment force, especially during green maturation. The increase in temperature reduced the detachment force of green fruits and tended to reduce that of the cherry fruits. Precipitation tended to reduce the detachment force of both green and cherry fruits in the three days after its occurrence. The detachment force of the green fruits had a negative correlation with fruit humidity.
metadata.teses.dc.description: Tese apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola, área de concentração em Engenharia Agrícola, para a obtenção do título de Doutor.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1115
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DEG - Engenharia Agrícola - Doutorado (Teses)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.