Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11161
Título: Fatores externos e genotípicos no crescimento diferencial da plúmula em relação ao comprimento do coleóptilo de plântulas de milho
Título(s) alternativo(s): External factors and genotypic in the plumule differential growth in relation to coleoptile lengh of corn seedlings
Autor : Lopes, Camila Aparecida
Lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4418589H3
Primeiro orientador: Carvalho, Maria Laene Moreira de
Primeiro membro da banca: Guimarães, Renato Mendes
Segundo membro da banca: Pereira, José Maurício de
Terceiro membro da banca: Von Pinho, Édila Vilela de Resende
Palavras-chave: Zea mays L.
Teste de germinação
Lignina
Enzimas
Germination test
Lignin
Enzymes
Data da publicação: 18-Mai-2016
Agência(s) de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: LOPES, C. A. Fatores externos e genotípicos no crescimento diferencial da plúmula em relação ao comprimento do coleóptilo de plântulas de milho. 2016. 76 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia/Fitotecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2016.
Resumo: A avaliação do potencial fisiológico de lotes no processo de certificação é realizada usualmente pelo teste de germinação, pela distinção de plântulas normais obtidas ao final do teste. No entanto, em alguns testes, são observados atrasos no crescimento das estruturas da parte aérea de plântulas, o que leva a considera-las plântulas anormais. Situação que afeta negativamente os resultados do teste, mas não refleti necessariamente, o comportamento do lote no campo. Foi objetivo, com este trabalho, investigar o efeito do genótipo, da água, da luz, da temperatura e do tratamento químico sobre o crescimento diferencial da plúmula em relação ao comprimento do coleóptilo de plântulas de milho. Os experimentos foram conduzidos no Laboratório de Análise de Sementes e no Laboratório de Anatomia Vegetal da Universidade Federal de Lavras. Sementes de dois híbridos simples e dos seus recíprocos com característica de crescimento lento da parte aérea foram avaliadas pelos testes de germinação em papel e areia, análise histológica do pericarpo, análise histoquímica de lignina na parede do coleóptilo e expressão das enzimas α-amilase, β-amilase e endo-β-mananase. Existem diferenças entre genótipos de milho no que se refere ao crescimento inicial da plúmula em relação ao coleóptilo, principalmente na ausência de luz no teste de germinação. Essas diferenças não são observadas aos sete dias após a semeadura. A disponibilidade hídrica, a temperatura na faixa ideal e o tratamento químico com inseticida Deltametrina não afetam a resposta dos híbridos em relação ao crescimento diferencial da plúmula. A espessura do pericarpo, a presença de lignina e diferenças na atividade das enzimas de diferentes genótipos não está relacionada às variações de comprimento plúmula/coleóptilo, durante o teste de germinação de sementes de milho.
Abstract: The physiological potential evaluation of lots in the certification process is usually performed by the germination test, by the normal seedlings distinction obtained at the final test. However, in some tests, delays are observed in the growth of shoots’ structures seedlings, which leads to consider them abnormal seedlings. This situation adversely affects the test results, but does not necessarily reflect the lot’s behavior in the field. It was goal in this study to investigate the effect of genotype, water, light, temperature and chemical treatment on the plumule differential growth in relation length of the maize seedling coleoptile. The experiments were conducted at the Seed Analysis Laboratory and Plant Anatomy Laboratory at the Federal University of Lavras. Two simple hybrid seeds and their reciprocal with slow growth characteristic of the shoot were evaluated by germination on paper and sand, pericarp hist ologic analysis, lignin histochemistry analysis on the coleoptile wall and expression of α-amylase, β-amylase and endo-β-mannanase. There are differences between maize genotypes as regards the plumule initial growth in relation to the coleoptile, especially in the absence of light on germination test. These differences are not observed at the seven days after sowing. The water availability, the optimal temperature range and chemical treatment with Deltamethrin not affect the response of the hybrid in relation to differential growth of plumule. The pericarp thickness, lignin presence and differences in the enzymes activity of different genotypes are not related to changes in length plumule/coleoptile during maize seed germination test.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11161
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções:DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.