Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAG - Departamento de Agricultura >
DAG - Programa de Pós-graduação >
DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11167

Título: Anatomia e fisiologia de clones de Coffea canephora em condições de cerrado
Título Alternativo: Anatomy and physiology of Coffea canephora clones in cerrado conditions
Autor(es): Matos, Nagla Maria Sampaio de
Lattes: http://lattes.cnpq.br/9038239296384853
Orientador: Guimarães, Rubens José
Membro da banca: Mendes, Antônio Nazareno Guimarães
Membro da banca: Carvalho, Milene Alves de Figueiredo
Membro da banca: Stein, Vanessa Cristina
Assunto: Café
Anatomia
Fisiologia
Coffee
Anatomy
Physiology
Estresse hídrico
Suspensão da irrigação
Café Robusta
Café - Melhoramento genético
Hydric stress
Robusta Coffee
Coffee breeding
Data de Defesa: 28-Mar-2016
Data de publicação: 18-Mai-2016
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: MATOS, N. M. S. de. Anatomia e fisiologia de clones de Coffea canephora em condições de cerrado. 2016. 55 p. Dissertação (Mestrado em Administração)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2016.
Resumo: O estresse hídrico é um dos fatores abióticos que mais prejudicam o desenvolvimento e produtividade do cafeeiro no Brasil. Objetivou-se, com o presente estudo, identificar características anatômicas e fisiológicas em clones de Coffea canephora que possam ser utilizadas na pré-seleção de plantas no melhoramento genético para tolerância à seca, bem como identificar, entre os clones estudados, aqueles que agrupam a maioria dessas características. Para a realização do presente trabalho, foram utilizados 7 clones (1, 3, 7, 8, 11, 12 e 13) de C. canéfora, com 3 anos de idade. As plantas passaram por um período de suspensão da irrigação de, aproximadamente, 60 dias, no ano de 2015, para uniformização da florada. No final desse período, dois dias e três meses após o retorno da irrigação foram realizadas avaliações fisiológicas e anatômicas. Os resultados permitiram afirmar que as plantas submetidas a um período de suspensão da irrigação, em condições de cerrado, acionaram mecanismos de adaptação e/ou sobrevivência, frente ao ambiente a que foram expostas. As potenciais características a serem utilizadas na pré-seleção de plantas de cafeeiro no melhoramento genético são: espessura da cutícula, da epiderme adaxial, do floema e do parênquima paliçádico, bem como o potencial hídrico, a eficiência do uso da água e o índice de área foliar. Os clones de número 1, 12 e 13 reunem a maioria das características relacionadas à tolerância à seca, entre os sete estudados.
Abstract: Hydric stress is one of the abiotic factors that most hinder the development and productivity of coffee in Brazil. Therefore, we aimed with the present study to identify anatomic and physiological characteristics in clones of Coffea canephora that can be used in the pre-selection of plants for genetic breeding for tolerance to draught. We also sought to identify, among the studied clones, those that group most of these characteristics. To conduct this study, we used seven clones of Coffea canephora (1, 3, 7, 8, 11, 12 and 13) with three years of age. The plants underwent suspension of irrigation for a period of 60 days in 2015, for standardization of the flowering. At the end of this period, two days and three months after the return of irrigation, we conducted physiological and anatomic evaluations. The results allowed us to infer that the plants subjected to suspension of irrigation, under cerrado conditions, activated adaptation and/or survival mechanisms because of the environment to which they were exposed. The potential characteristics to be used in the pre-selection of coffee plants for genetic breeding were: cuticle, adaxial epidermis, phloem and palisade parenchyma thickness, as well as hydric behavior, water use efficiency and leaf area index. The clones of number 1, 12 and 13 presented most characteristics related to tolerance for drought between those studies.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11167
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Anatomia e fisiologia de clones de Coffea canephora em condições de cerrado.pdf1,38 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback