Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Microbiologia Agrícola - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11200

Título: Simbioses de rizóbios com leguminosas arbóreas na pré-amazônia maranhense
Título Alternativo: Symbioses rhizobia and leguminous trees in pre-amazon of Maranhão
Autor(es): Coelho, Katia Pereira
Lattes: http://lattes.cnpq.br/7422154358285453
Orientador: Moreira, Fatima Maria de Souza
Coorientador: Ribeiro, Paula Rose de Almeida
Membro da banca: Ribeiro, Paula Rose de Almeida
Membro da banca: Carneiro, Marco Aurélio Carbone
Membro da banca: Nóbrega, Rafaela Simão Abrahão
Membro da banca: Santos, Rubens Manoel dos
Membro da banca: Jesus, Ederson da Conceição
Assunto: Leguminosae
Sistema de cultivo em aleias
Bradyrhizobium
Mesorhizobium
Rhizobium
Alley cropping system
Data de Defesa: 20-Abr-2016
Data de publicação: 25-Mai-2016
Agência de Fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa e Desenvolvimento Científico do Maranhão (FAPEMA)
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
conselho nacional de desenvolvimento científico e tecnológico (CNPq)
Referência: COELHO, K. P. Simbioses de rizóbios com leguminosas arbóreas na pré-amazônia maranhense. 2016. 143p. Tese (Doutorado em Microbiologia Agrícola)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2016.
Resumo: As leguminosas arbóreas gliricídia (Gliricidia sepium), sombreiro (Clitoria fairchildiana), leucena (Leucaena leucocephala) e acácia (Acacia mangium) têm sido indicadas para sistemas agroflorestais, recuperação de áreas degradadas, reflorestamento e outros fins no trópico úmido. Apesar da importância dessas leguminosas, a região da pré-Amazônia maranhense é carente de informações acerca da capacidade simbiótica e diversidade de populações indígenas de rizóbios dessas leguminosas. O objetivo deste trabalho foi avaliar a diversidade fenotípica e genética de espécies de bactérias fixadoras de nitrogênio nodulíferas de gliricídia, sombreiro, leucena e acácia, na região da pré-Amazônia maranhense e autenticar as estirpes isoladas destas espécies em siratro (Macroptilium atropurpureum). A amostragem foi realizada em um sistema de cultivo em aleias, amostraram-se 20 plantas de cada espécie (leucena, acácia, sombreiro e gliricídia), coletando-se 10 nódulos por planta. Foi feito isolamento, caracterização cultural, sequenciamento parcial do gene 16S rRNA e análise da capacidade simbiótica das estirpes bacterianas com siratro. Foram instalados dois experimentos, para a autenticação das estirpes, realizados em duas etapas, em casa de vegetação. Foi utilizado delineamento inteiramente casualizado, com três repetições. Os experimentos foram conduzidos em garrafas tipo long-neck (500 ml), preenchidas com solução nutritiva de Hoagland estéril. Gliricídia, sombreiro, leucena e acácia são colonizadas por grupos de rizóbios distintos. Gliricídia nodula, preferencialmente, com o gênero Rhizobium, sombreiro e acácia nodulam, preferencialmente, com o gênero Bradyrhizobium e leucena tem Mesorhizobium como principal simbionte. Estirpes endofiticas de dez gêneros foram encontradas, colonizando os nódulos de gliricídia, sombreiro, leucena e acácia e uma estirpe do gênero Arthrobacter apresentou nodulação positiva em siratro. Estirpes do gênero Terriglobus tiveram seu primeiro relato de capacidade endofítica. Este é o primeiro relato de isolamento de Methylobcterium sp. de nódulos de gliricídia. Estirpes indígenas da pré- amazônia maranhense dos gêneros Bradyrhizobium, Mesorhizobium e Rhizobium nodulam com siratro, mas são ineficientes ou pouco eficientes em promover o seu crescimento.
Abstract: The tree leguminous gliricídia (Gliricidia sepium), acácia (Acacia mangium), leucena (Leucaena leucocephala) and sombreiro (Clitoria fairchildiana) are indicated for agroforestry systems, reclamation of degraded lands, reforestation and other purposes in the wet tropic. Despite the importance of legumes the preamazon region it is lacking in information about the symbiotic capacity and diversity of indigenous rhizobia of these legumes. The aim of this work was to evaluate the phenotypic and genetic diversity of rhizobia species nodulating gliricidia sombreiro, leucena and acacia in the Maranhão pre-Amazon region and authenticate isolates of these species in siratro (Macroptilium atropurpureum). For this they were installed two experiments. Sampling was carried out on a alley cropping system, was sampled 20 plants of each species by collecting 10 nodules per plant. It was made isolation, cultural characterization, partial 16S rRNA gene sequencing and analysis of the symbiotic ability of bacterial strains with siratro. The authentication experiment was done in two steps for each legume (gliricidia, acácia, sombreiro and leucena), in the greenhouse and in a completely randomized design with three replications with sterile Hoagland nutrient solution as substrate. Gliricídia, Sombreiro, leucena and acacia are colonized by distinct groups of rhizobia. Gliricidia nodulate preferably with Rhizobium, sombreiro and acacia nodulate preferably with Bradyrhizobium and leucena has Mesorhizobium main symbiote. Endophytic strains of ten genera were found colonizing the gliricidia, sombrero, leucena and acacia nodules and a strain of Arthrobacter sp. had a positive nodulation with siratro. This is the first report on isolation of Methylobacterium sp. in gliricidia nodules and endophytic ability of Terriglobus sp. strains. Indigenous strains of pre-Amazon region of Bradyrhizobium, Mesorhizobium and Rhizobium genus nodulate with siratro, but are ineficiente or had low efficiency to promote their growth.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11200
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DBI - Microbiologia Agrícola - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Simbioses de rizóbios com leguminosas arbóreas na pré-amazônia maranhense.pdf1,8 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback