Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCF - Departamento de Ciências Florestais >
DCF - Programa de Pós-graduação >
DCF - Tecnologias e Inovações Ambientais - Mestrado Profissional (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11228

Title: Solubilização de fontes alternativas de potássio pelos ácidos húmicos, cítrico e casca de café
???metadata.dc.creator???: Pessoa, Rodrigo Souza
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Curi, Nilton
???metadata.dc.contributor.referee1???: Silva, Carlos Alberto
???metadata.dc.contributor.referee2???: Marchi, Giuliano
Keywords: Rocha potássica
Fonte alternativa de potássio
Solubilização
Ácido húmico
Ácido cítrico
Casca de café
K rock
Source alternate potassium
Solubilization
Humic acid
Citric acid
Coffee pods
???metadata.dc.date.submitted???: 1-Dec-2014
Issue Date: 7-Jun-2016
Citation: PESSOA, R. S. Solubilização de fontes alternativas de potássio pelos ácidos húmicos, cítrico e casca de café. 2015. 81 p. Dissertação (Mestrado Profissional em Tecnologias e Inovações Ambientais)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
???metadata.dc.description.resumo???: Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar a solubilidade das rochas sienito nefelínico e glauconita como fontes alternativas de K pelas matrizes orgânicas ácidos húmico e cítrico e pela casca de café, em tempos variando de 0 a 180 dias de incubação. O experimento foi conduzido no laboratório de fertilidade no Departamento de Ciência do Solo, na Universidade Federal de Lavras em delineamento inteiramente casualizado, com 90 tratamentos e três repetições. Os tratamentos foram dispostos em arranjo fatorial (2 x 3 x 7 + 3), sendo 2 rochas, sienito nefelínico e glauconita, incubadas com água e três matrizes orgânicas: ácido húmico, ácido cítrico e casca de café, em seis tempos de incubação distintos: 0, 7, 15, 30, 75, 120 e 180 dias. As rochas foram incubadas com as três matrizes orgânicas, que foram misturadas à rocha nas proporções de 0, 1, 2, 5 e 10% para os ácidos húmicos e cítrico, e de 0, 5, 10, 20 e 40% para casca de café. Foi avaliado o teor de K2O solúvel por diferentes extratores em ácido cítrico a 2% e em água de todos os tratamentos, nos tempos de incubação mencionados. A incubação e a aplicação das matrizes orgânicas em misturas às rochas sienito nefelínico e glauconita, de maneira geral, proporcionou um aumento significativo na solubilidade do K das rochas estudadas. Entre as matrizes orgânicas, observou-se que a casca de café foi a que proporcionou a maior liberação de K2O, para ambas as rochas de K, principalmente quando o extrator foi o ácido cítrico 2%, que se mostrou mais eficiente na extração de K2O em todos os tratamentos avaliados.
Abstract: This study was to evaluate the solubility of nepheline syenite rocks and glauconite as alternative sources of K by organic humic acid arrays, citrus and coffee pods at various times from 0 to 180 days of incubation. The experiment was conducted in the fertility laboratory in the Department of Soil Science at the Federal University of Lavras in a completely randomized design with 90 treatments and 3 replications. The treatments were arranged in a factorial arrangement (2 x 3 x 7 + 3), 2 nepheline syenite rocks and glauconite incubated with water and 3 matrix organic humic acid, citric acid and coffee husk in six different incubation times of 0, 7, 15, 30, 75, 120 and 180 days, incubation were performed with the three above-mentioned organic matrix in increasing doses of 0, 1, 2, 5 and 10% humic acids and citric 0, 5, 10 20 and 40% for coffee husk. We evaluated the K2O content by different extractants soluble in 2% citric acid and water all treatments at all incubation times quoted above. Incubation and the application of organic matrix rocks nepheline syenite and generally glauconite provided a significant increase in solubility of K of the rocks studied in this work. Among the organic matrix has been observed that the coffee husk which provided the greatest release of K2O in both rocks mainly into the extractor 2% citric acid showed that the most efficient extraction K2O in all treatments.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11228
Publisher: Universidade Federal de Lavras
???metadata.dc.language???: por
Appears in Collections:DCF - Tecnologias e Inovações Ambientais - Mestrado Profissional (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_Solubilização de fontes alternativas de potássio pelos ácidos húmicos, cítrico e casca de café.pdf1.56 MBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback