Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Agronomia/Fisiologia Vegetal - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11236

Título: Caracterização fisiológica de genótipos de soja submetidos ao estresse salino
Autor(es): Vilas Boas, Lissa Vasconcellos
Lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4680486H6
Orientador: Alves, Jose Donizeti
Membro da banca: Alves, Jose Donizeti
Membro da banca: Goulart, Patrícia de Fátima Pereira
Membro da banca: Bruzi, Adriano Teodoro
Assunto: Solos – Salinidade
Soja - Desenvolvimento
Salts in soils
Soybean - Development
Glycine max
Data de Defesa: 8-Abr-2016
Data de publicação: 8-Jun-2016
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: VILAS BOAS, L. V. Caracterização fisiológica de genótipos de soja submetidos ao estresse salino. 2016. 67 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia/Fisiologia Vegetal)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2016.
Resumo: A salinidade, cada vez mais presente nos solos agricultáveis, afeta a produtividade dos vegetais. No entanto, existem espécies mais tolerantes do que outras e é necessário o estudo dos mecanismos de resposta à salinidade a fim de elucidar quais as respostas estão correlacionadas com a tolerância à salinidade. Dessa forma, objetivou-se caracterizar, fisiologicamente, dois genótipos de Glycine max L. com relação ao estresse salino e identificar quais variáveis estão mais correlacionadas à tolerância à salinidade. Para isso, plantas das cultivares AS 3730 e M 8372 foram submetidas a três concentrações salinas (0, 50 e 100 mM) e foram realizadas coletas aos 0, 8 e 16 dias. Foram realizadas análises de crescimento, metabolismo antioxidante enzimático e não enzimático, fotossíntese, além do teor de clorofila a e b, carotenoides, açúcares solúveis totais, açúcares redutores, proteínas e prolina . Como resultados, foi obtido que a cultivar M 8372 possui maior crescimento, maior atividade das enzimas antioxidantes e maior teor de compostos antioxidantes como o ascorbato e carotenoides, quando comparada com a cultivar AS 3730. Além disso, a cultivar M 8372, também, obteve menores níveis de peroxidação lipídica. No entanto a cultivar AS 3730 obteve maiores teores de prolina, um osmoprotetor e menor comprometimento do crescimento quando comparada ao seu controle. Pode-se concluir que existe resposta diferencial das cultivares à salinidade.
Abstract: Salinity, ever present in agricultural soils, affects plant productivity. However, there are species more tolerant than others, and the study of response mechanisms to salinity is necessary in order to elucidate which responses are correlated with tolerance to salinity. Thus, we aimed at physiologically characterizing two Glycine max L. genotypes concerning saline stress, and identify which variables are more correlated with tolerance to salinity. For this, plants of cultivars AS 3730 and M 8372 were submitted to three saline concentrations (0, 50 and 100 mM), having sampled 0, 8 and 16 days. We conducted analysis for growth, enzymatic and non-enzymatic antioxidant metabolism, photosynthesis beyond the content of chlorophyll a and b, carotenoids, total soluble sugars, reducing sugars, proteins and proline. A results, cultivar M 8372 presented better growth, higher antioxidant enzyme activity and higher content of antioxidants such as ascorbate and carotenoids, when compared to cultivar AS 3730. In addition, cultivar M 8372 also presented lower levels of lipid peroxidation. However, cultivar AS 3730 obtained higher contents of proline, an osmoprotector and lower growth compromise when compared to its control. In conclusion, there is a differential response of the cultivars to salinity.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11236
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DBI - Agronomia/Fisiologia Vegetal - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Caracterização fisiológica de genótipos de soja submetidos ao estresse salino.pdf1,07 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback