Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAE - Departamento de Administração e Economia >
DAE - Programa de Pós-graduação >
DAE - Administração Pública - Mestrado Profissional (Dissertações/TCC) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11246

Title: Valores, crenças e comportamentos nas ações e atitudes dos indivíduos de caráter ambiental no município de Lavras -MG
Other Titles: Values, beliefs and behaviors in the environmental actions and attitudes of the individuals in the city of Lavras-MG
???metadata.dc.creator???: Pereira, Juliana Rabelo
???metadata.dc.creator.Lattes???: http://lattes.cnpq.br/4618684085677282
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Cabral, Eloisa Helena de Souza
???metadata.dc.contributor.referee1???: Vilas Boas, Ana Alice
???metadata.dc.contributor.referee2???: Teodósio, Armindo dos Santos de Sousa
Keywords: Sustentabilidade
Meio ambiente - Aspectos sociais
Valores sociais
Sustainability
Environment - Social aspects
Social values
???metadata.dc.date.submitted???: 12-May-2016
Issue Date: 10-Jun-2016
Citation: PEREIRA, J. R. Valores, crenças e comportamentos nas ações e atitudes dos indivíduos de caráter ambiental no município de Lavras –MG. 2016. 143 p. Dissertação (Mestrado Profissional em Administração Pública)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2016.
???metadata.dc.description.resumo???: O conceito de meio ambiente envolve, além dos elementos naturais, aspectos sociais, políticos e econômicos. Assim, o reconhecimento de que a problemática ambiental é complexa ressalta a importância de se compreender a dinâmica das relações que orientamos indivíduos em suas interações com o meio ambiente. Nesse sentido, estudos vêm demonstrando a relação entre os valores, as crenças e os comportamentos. A teoria de valores de Schwartz (1992) identifica a complexidade das relações entre os valores e o comportamento, organizando o campo da motivação humana em dez tipos motivacionais. Os estudos de Pato (2004) sobre crenças ambientais são capazes de indicar como os indivíduos se relacionam com o meio ambiente, bem como sua predisposição em agirou nãode maneira ecológica, permitindo, assim, uma compreensão do comportamento ecológico e suas formas de manifestação. Desse modo, o objetivo do presente estudo consistiu em analisar a percepção valorativa sobre crenças ambientais e comportamento ecológico dos indivíduos inseridos na temática ambiental do município de Lavras. A pesquisa contou com uma amostra de 82 participantes, composta em sua maioria por homens (62,2%), casados (54,9%), com idade entre 31 e 40 anos (35,4%). Realizou-se um survey, por meio de umquestionário impresso,compostopor 4 segmentos: Escala de Comportamento Ecológico (ECE), Escala de Crenças Ambientais (ECA), Perfil de Valores de Schwartz (PVQ-40) e variáveis sociodemográficas. Os participantes assumiram, em primeiro lugar, uma orientação valorativa direcionada ao tipo motivacional universalismo, que envolve um conjunto importante de valores para a compreensão dos comportamentos em relação ao meio ambiente. Ademais, os resultados apontaram que os comportamentos relacionados à limpeza urbana e economia de água e energia são mais facilmente assimilados, ao passo que comportamentos voltados para o ativismo/consumo e reciclagem ainda não foram incorporados de forma satisfatória em seus cotidianos. Por outro lado, o fato de pertencer a instituições cuja missão é cuidar do meio ambiente parece induzir os participantes a demonstrar maior predisposição para comportamentos pró-ambientais. A questão ambiental, urgente e movida a debates nem sempre confluentes, aponta para a necessidade de uma reorganização do cotidianoque envolve, necessariamente, mudança de valores e comportamentos. Sendo assim, o presente estudo torna-se relevante, pois a interação entre os construtospode contribuir para a pesquisa e proposição de estratégias que promovam a redução dos comportamentos prejudiciais ao meio ambiente e o fortalecimento daqueles que contribuem para sua preservação, sensibilizando, de tal modo, os atores envolvidos a reordenar seus papéis em prol do meio ambiente.
Abstract: The concept of environment involves social, political and economic aspects, in addition to natural elements. The acknowledgement that the environmental issue is complex highlights the importance of understanding the dynamics of relations that guide the individuals in their interactions with the environment. In this sense, studies have shown the relation between values, beliefs and behaviors. The theory on values developed by Schwartz (1992) identifies the complexity of the relations between values and behavior, organizing the field of human motivation into ten motivational types. Studies conducted by Pato (2004) on environmental beliefs are capable of indicating how the individuals relate to the environment, and its predisposition in acting or not in an ecological manner, allowing an understanding of ecological behavior and its forms of manifestation. Therefore, the objective of this study consisted of analyzing the value perception over environmental beliefs and ecological behavior of the individuals inserted into the environmental theme of the municipality of Lavras, Minas Gerais, Brazil. The research was conducted using a sample of 82 participants, comprised in its majority of male (62.2%), married (54.9%) individuals, and those with age from 31 to 40 years (35.4%). A survey of four segments was conducted: Ecological Behavior Scale (EBS), Environmental Beliefs Scale (EBeS), Schwatz Value Profile (SVP-40) and sociodemographic variables. The participants assumed, first, a value orientation directed to the universalism motivational type, which involves an important set of values for understanding the behaviors in relation to the environment. Furthermore, the results showed that the behaviors related to urban cleaning and economy of water and energy are more easily assimilated, while behaviors oriented to activism/consumerism and recycling were not yet incorporated in a satisfactory manner. On the other hand, the fact of belonging to an institution of which mission is to care for the environment seems to induce the participants to show a greater predisposition to pro-environmental behaviors. The environmental issue, urgent and moved by not always confluent debates, points to the need for reorganizing daily life, which necessarily involves change in values and behaviors. Thus, this study is relevant given that the interaction between the constructs can contribute with the research and the proposition of strategies that promote a reduction of behaviors damaging to the environment, as well as the strengthening of those that contribute for its preservation, sensitizing the actors involved to reorder their roles for benefiting the environment.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11246
Publisher: Universidade Federal de Lavras
???metadata.dc.language???: por
Appears in Collections:DAE - Administração Pública - Mestrado Profissional (Dissertações/TCC)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_Valores, crenças e comportamentos nas ações e atitudes dos indivíduos de caráter ambiental no município de Lavras –MG.pdf1.2 MBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback