Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DMV - Departamento de Medicina Veterinária >
DMV - Artigos publicados em periódicos >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11344

Título: Biopsia pulmonar em bezerros com broncopneumonia induzida pela Mannheimia Haemolytica
Autor(es): Silva, Daniel Pessoa Gomes da
Oliveira Filho, José Paes
Coutinho, Adriana Souza
Oliveira, Andreza Pimenta de
Rocha, Noeme Sousa
Gonçalves, Roberto Calderon
Assunto: Bezerros
Biópsia pulmonar
Broncopneumonia
Mannheimia haemolytica
Bronchopneumonia
Calves
Lung biopsy
Publicador: Universidade Federal de Goiás
Data de publicação: 22-Jun-2016
Referência: SILVA, D. P. G. da et al. Biopsia pulmonar em bezerros com broncopneumonia induzida pela Mannheimia Haemolytica. Ciência Animal Brasileira, Goiânia, v. 10, n. 3, 2009.
Resumo: Com o propósito de avaliar a segurança, a eficácia diagnóstica da biópsia pulmonar e comparar a possível ocorrência de complicações decorrentes da técnica, entre bezerros sadios e com broncopneumonia induzida, utilizaram-se dez bezerros (G1) sadios e vinte bezerros portadores de broncopneumonia, divididos em quatro grupos de cinco bezerros (G2 a G5), os quais foram biopsiados 12, 24, 48 e 72 horas após a inoculação com Mannheimia haemolytica, respectivamente. A presença de crepitação grossa, som submaciço à percussão e as alterações radiográficas auxiliaram no diagnóstico da broncopneumonia e localizaram a área pulmonar a ser biopsiada nos grupos G2 a G5. As alterações microscópicas, visualizadas nos animais do grupo G2 a G5, foram as de broncopneumonia fibrinopurulenta. Nos bezerros do grupo G1 as alterações relacionadas à técnica foram: tosse, epistaxe, dispneia mista, taquipneia e taquicardia. Cinco (25%) bezerros com broncopneumonia desenvolveram hemotórax após a biópsia e as alterações relacionadas à técnica foram: taquipneia, taquicardia, tosse, dispneia mista, apatia, mucosas pálidas e decúbito. Conclui-se que a biópsia pulmonar permite o diagnóstico de broncopneumonia em bezerros, contudo as complicações decorrentes da técnica limitam o seu uso apenas nas situações em que os métodos convencionais não tenham possibilitado o diagnóstico.
Abstract: The purpose of this study was to evaluate the safety and diagnostic efficacy of lung biopsy and to compare the possible occurrence of complications due to this technique in healthy calves and in calves with bronchopneumonia. Thirty Holstein calves were divided into a group of ten healthy animals (G1) and into four experimental groups (G2 to G5) of five calves each submitted to lung biopsy at 12, 24, 48 and 72 hours after intratracheal inoculation of Mannheimia. haemolytica, respectively. Lung crackles, dull sound on percussion of the lung area, and radiographic abnormalities were helpful in localizing the site for biopsy in group with bronchopneumonia. The microscopic abnormalities consisted of fibrinous bronchopneumonia these groups. In the calves of group G1, the alterations resulting from the procedure were cough, epistaxis, dyspnea, tachypnea, and tachcardia. Five calves (25%) with bronchopneumonia presented hemothorax after biopsy as well as tachypnea, tachycardia, cough, dyspnea, apathy, pale mucous, and decumbence. It was concluded that lung biopsy allowed to the diagnosis of bronchopneumonia in calves, however the severe complication of technical limit its use only when conventional methods have not enabled diagnosis.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11344
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DMV - Artigos publicados em periódicos

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
ARTIGO_Biopsia pulmonar em bezerros com broncopneumonia induzida pela Mannheimia Haemolytica.pdf392,66 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback