Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCF - Departamento de Ciências Florestais >
DCF - Programa de Pós-graduação >
DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11349

Título: Controle espacial clonal em modelos de regulação florestal
Título Alternativo: Spatial clonal control in forestry regulation models
Autor(es): Martins, Tayrine Vieira
Lattes: http://lattes.cnpq.br/8838405487969825
Orientador: Gomide, Lucas Rezende
Coorientador: Ferraz Filho, Antônio Carlos
Membro da banca: Melo, Lucas Amaral de
Membro da banca: Rode, Rafael
Assunto: Restrição espacial
Tomada de decisão
Planejamento florestal
Space restriction
Decision making
Forest planning
Data de Defesa: 19-Abr-2016
Data de publicação: 24-Jun-2016
Agência de Fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Referência: MARTINS, T. V. Controle espacial clonal em modelos de regulação florestal. 2016. 79 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2016.
Resumo: O setor florestal exerce um papel importante para a economia do Brasil. O uso do carvão vegetal por indústrias siderúrgicas desponta como uma alternativa mais sustentável de energia. O setor siderúrgico está intimamente relacionado com o florestal uma vez que o potencial de expansão do primeiro depende do segundo. Desta maneira, um bom planejamento florestal é imprescindível para fornecer informações para a tomada de decisão. Verifica-se que problemas de planejamento florestal envolvem um número elevado de variáveis que torna o exercício de planejamento cada vez mais complexo. Para a resolução desse tipo de problema, a programação matemática dá suporte por meio da Programação Linear Inteira (PLI). Diante disso, objetivou-se, com este trabalho, apresentar uma nova aplicação de restrições espaciais do tipo URM, denominada de restrição de adjacência clonal, que pretende auxiliar na prevenção da proliferação de pragas e doenças em plantios de eucalipto. Esta restrição foi utilizada em modelos de PLI para minimização de custos de produção. Foram consideradas restrições espaciais e não espaciais, volumétricas, áreas de reforma, abandono e não abandono de talhões. Este trabalho foi dividido em dois capítulos: o primeiro apresenta um referencial da atual situação do setor siderúrgico e do problema de planejamento florestal, enquanto o segundo traz a proposta de utilização de uma nova aplicação das restrições espaciais para a silvicultura, denominada de restrição de adjacência clonal. Foram gerados 12 cenários, separados em três diferentes grupos, sem restrições espaciais, com restrições URM para colheita e para adjacência clonal. Todos os grupos tiveram, ainda, restrições volumétricas, limite de área a ser reformada e de abandono ou não de talhões. O volume médio colhido nos cenários sem restrição espacial (grupo 1) foi 0,64% maior em relação àqueles com restrições espaciais (grupo 2 e 3). Nos cenários em que houve restrição de porcentagem de área de reforma houve diferenças significativas nos custos. A elaboração dos mapas de resultados evidenciou, na matriz paisagística, a eficiência da aplicação das restrições espaciais. A aplicação da restrição de adjacência clonal mostrou-se melhor que a URM colheita. Os cenários que utilizaram a aplicação da restrição de adjacência clonal ficaram, em média, 0,14% maior, se comparado aos cenários do planejamento tradicional (grupo 1), comprovando a viabilidade de sua aplicação para o objetivo proposto.
Abstract: The forestry sector plays an important role to Brazilian economy. The use of charcoal by steel mill industries has increased as a more sustainable alternative of energy. The steel sector is closely related to the forest since the expansion potential of the first depends on the second. This way, a good forest planning is necessary for supplying information to decision-making. It is known that forest planning problems have a high number of variables that make the planning process increasingly complex. Mathematical programming helps in the resolution of this kind of problem by means of Integer Linear Programming (ILP). So, this study aimed to introduce a new application of space restrictions of URM type, also named restriction of clonal adjacency, which intends to help in preventing the proliferation of pests and diseases in eucalyptus plantations . This restriction was used in ILP models to the minimization of production costs. Space and non-space, volumentric, reform areas, abandonment and nonabandonment of stands restrictions were considered in this study. This research was shared in two chapter: the first one presents a reference about the current situation of steel sector and the forest planning problem, while the second one proposes the utilization of a new application of space restrictions in Silviculture, named restriction of clonal adjacency. Twelve separated scenarios were generated in three different groups, without restrictions, with URM restrictions and clonal adjacency restriction. All groups had yet volumetric, limit of area to be reformed and abandonment or non-abandonment of stands restrictions. Average volume harvested in the scenarios without restriction (group 1) was 0.64% higher in relation to that with space restrictions (group 2 and 3). In scenarios with restriction of reform area percentage had significant differences in the costs. The elaboration of result maps presented, in landscape matrix, the efficiency of space restrictions application. The application of clonal adjacency restriction showed be better than URM harvest. The scenarios that used the application of clonal adjacency restriction were, on average, 0.14% higher when compared to traditional planning scenarios (group 1), proving the viability of its application to the proposed objective.
Informações adicionais: Arquivo retido a pedido do(a) autor(a) até junho de 2017.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11349
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback