Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Agronomia/Fisiologia Vegetal - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11404

Título: Caracterização de sementes e micropropagação de guapeva [Pouteria torta (Mart) Radlk]
Título Alternativo: Seeds characteristics and micropropagation of guapeva [Pouteria torta (Mart) Radek]
Autor(es): Pinto, Mayara Caroline Carvalho
Lattes: http://lattes.cnpq.br/5046897644852860
Orientador: Paiva, Renato
Coorientador: Silva, Luciano Coutinho
Coorientador: Nery, Fernanda Carlota
Membro da banca: Nery, Fernanda Carlota
Membro da banca: Carvalho, Milene Alves de Figueiredo
Assunto: Plantas medicinais – Sementes – Testes
Plantas dos cerrados
Cultura in vitro
Guapeva
Medicinal plants – Seeds – Testing
Cerrado plants
In vitro culture
Pouteria torta
Data de Defesa: 16-Jun-2016
Data de publicação: 15-Jul-2016
Agência de Fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Referência: PINTO, M. C. C. Caracterização de sementes e micropropagação de guapeva [Pouteria torta (Mart) Radlk]. 2016. 65 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia/Fisiologia Vegetal)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2016.
Resumo: Pouteria torta (Mart) Radlk é uma frutífera do Cerrado, bioma ameaçado de extinção, com grande valor medicinal. Suas sementes são recalcitrantes, não podendo ser armazenadas, além disso, estudos para entender sua propagação in vitro e ex vitro são escassos. Com base no exposto, objetivou-se realizar a caracterização de suas sementes, assim como estabelecer um protocolo para a micropropagação da espécie. Para a caracterização das sementes, foram avaliados o teor de água, o peso de mil sementes, as características morfológicas e químicas, assim como a determinação da curva de embebição destas sementes. Para o estabelecimento in vitro a partir de sementes, o efeito da presença e ausência de luz foi avaliado, assim como o índice de velocidade de germinação (IVG). Na multiplicação in vitro, foi avaliado o efeito da adição da 6-benzilaminopurina (BAP), benziladenina (BA), thiadizuron (TDZ) (0; 0,25; 1; 4 e 16 µM) e, também, o uso de zeatina (0; 2,3; 4,6; 9,2; 18,4 e 36,8 μM) e floroglucinol (0, 80, 396 e 792 μM), separadamente, adicionados ao meio de cultura WPM. Para a rizogênese in vitro, foi verificado o efeito do ácido naftaloacético (ANA) e do ácido indolbutírico (AIB) (0, 1, 5 e 10 µM) e, para o enraizamento ex vitro, foi utilizado AIB (500, 1000 e 1500 µM). Os explantes, enraizados in vitro e ex vitro foram aclimatizados em tubetes contento Trosptrato ® . Os resultados demonstraram que as sementes apresentam 38,4% de teor de água, demosntrando comportamento recalcitrate. Determinou-se que mil sementes pesam 2,4kg, aproximadamente, apresentando amido como principal fonte de reserva. A área das sementes é de 2,5 cm 2 , com diâmentro de 2,5 x 1,3 cm, aproximadamente. Durante a curva de embebição, a germinação iniciou-se, em torno do 22º dia, sem apresentar dormência física das sementes. A germinação in vitro iniciou no 9º dia. Os embriões apresentaram germinação independente da presença de luz, entretanto, evidenciou-se que a luz propicia um maior IVG. O uso de BAP, BA e TDZ induziu a formação de calo na base dos explantes, principalmente, na concentração de 1µM. Todos os compostos utilizados na multiplicação in vitro induziram a formação, em média, de uma brotação por explante. Não houve formação de raiz em explantes enraizados ex vitro, com consequente morte dos explantes. O uso de 5 e10 µM de AIB promoveu um maior enraizamento in vitro, e o AIB destacou-se para formação de um maior número de raiz por explante. Houve 90% de sucesso na aclimatização destes explantes.
Abstract: Pouteria torta (Mart) Radlk is a fruit plant of great medicinal value from the Cerrado biome. Its seeds are recalcitrant and cannot be stored. There are little studies regarding its in vitro and ex vitro propagation. Based on this, we aimed at characterizing their seeds and establish a protocol for the micropropagation of the species. To characterize the seeds, we evaluated water content, weight of one thousand seeds, morphological and chemical characteristics, and determined the imbibition curve. For the in vitro establishment, we evaluated the effect of the presence and absence of light and the germination speed index (GSI). For in vitro multiplication, we evaluated the effect of adding 6-benzylaminopurine (BAP), benzyladenine (BA) and thidiazuron (TDZ) (0, 0.25, 1, 4 and 16 µM). We also evaluated, separately, the use of zeatin (0, 2.3, 4.6, 9.2, 18.4 and 36.8 µM) and phloroglucinol (0, 80, 396 and 792 µM), added to the WPM culture medium. For in vitro root formation, we verified the effect of naphtaleneacetic acid (NAA) and indolbutyric acid (IBA) (0, 1, 5 and 10 µM). For ex vitro rooting, we used IBA (500, 100 and 1500 µM). The explants, rooted in vitro and ex vitro, were acclimatized in tubes containing Trosptrato ® . The results showed that the seeds presented 38.4% water content, showing recalcitrant behavior. We determined that one thousand seeds weighed, approximately, 2.4 Kg presenting starch as main source of reserve. Seed area was of 2.5 cm -3 , with, approximately, 2.5 x 1.3 cm diameter. Germination began around day 22, with no physical dormancy of the seeds. In vitro germination began at day 9. Embryo germination did not depend on the presence of light. However, we verified that light promotes higher GSI. The use of BAP, BA and TDZ induced callus formation of, approximately, one shoot per explant. There was no root formation in explants rooted ex vitro, with consequent death of the explants. The use of 5 and 10 µM IBA promoted higher in vitro rooting, and IBA was prominent in the formation of a higher number of roots per explant. The acclimatization of the explants was 90% successful.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11404
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DBI - Agronomia/Fisiologia Vegetal - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Caracterização de sementes e micropropagação de guapeva.pdf1,08 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback