Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DEG - Departamento de Engenharia >
DEG - Artigos publicados em periódicos >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11413

Title: Estimativas da área foliar e da biomassa aérea da pupunheira por meio de relações alométricas
Other Titles: Leaf area and aboveground biomass estimates in peach palm using allometric relationships
???metadata.dc.creator???: Ramos, Adriana
Bovi, Marilene Leão Alves
Folegatti, Marcos Vinícius
Diotto, Adriano Valentim
Keywords: Pupunha - Área foliar
Pupunha – Biomassa
Alometria da planta
Peach palm – Leaf area
Peach palm – Biomass
Plant allometry
Bactris gasipaes
Publisher: Associação Brasileira de Horticultura
Issue Date: 9-Jun-2008
Citation: RAMOS, A. Estimativas da área foliar e da biomassa aérea da pupunheira por meio de relações alométricas. Horticultura Brasileira, Vitória da Conquista, v. 26, n. 2, p. 138-143, abr./jun. 2008.
???metadata.dc.description.resumo???: Relações alométricas para estimativa da área foliar e da biomassa total em pupunheiras (Bactris gasipaes Kunth) têm sido empregadas por diversos autores, sendo úteis especialmente em pesquisas relacionadas à fisiologia vegetal. No entanto, área foliar e biomassa aérea são características de elevada plasticidade, podendo variar acentuadamente por causas genéticas e edafoclimáticas. O presente trabalho foi desenvolvido com o objetivo de identificar as equações mais adequadas para determinação da área foliar e da biomassa aé- rea (foliar e total) da pupunheira, em condições de limitações sazonais hídricas e térmicas. Foram utilizadas 14 plantas de pupunheiras da raça Putumayo (Yurimaguas), cultivadas no espaçamento de 2,0 m x 1,0 m. Foram mensurados altura e diâmetro da haste principal, número de folhas, comprimento, espessura e largura da ráquis foliar de plantas apresentando altura entre 0,37 e 2,00 m, com duas plantas por altura. Obtiveram-se ainda as massas fresca e seca da ráquis, dos folíolos, dos palmitos e dos estipes das plantas. Os dados foram submetidos à análise de regressão e ajustes de equações. A equação para determinação da área foliar da pupunheira foi obtida pela regressão para o peso seco dos folíolos. Dentre os modelos testados, as equações não lineares do tipo Y= axb e Y= abx apresentaram melhor ajuste (R2 >0,88). Os valores de área foliar, biomassa foliar e biomassa aérea total variaram de 0,84 a 14,06 m2 , de 0,78 a 2,45 kg planta-1 e de 0,14 a 4,44 kg planta-1, respectivamente. Dentre as características avaliadas, a altura da haste e a espessura da ráquis foliar se mostraram as mais adequadas para estimativa da área foliar, da biomassa foliar e da biomassa aérea total da pupunheira, tanto pela sua facilidade de mensuração, quanto pela sua alta correlação com os demais caracteres.
Abstract: Allometric relations for estimation of leaf area and biomass in peach palm (Bactris gasipaes Kunth) are found in literature and are very useful especially in plant physiology research. However, leaf and biomass area parameters are quite variable as a function of genetics and environment. The objective of this work was to identify the most adjustable equations for peach palm leaf area and biomass area, in restricted by hydric and thermic factors. 14 peach palms (Putumayo landrace from Yurimaguas, Peru) were planted in 2 x 1 m spacing. The parameters measured in the field were: main stem height, main stem diameter, leaf number and rachis length and thickness. Fresh and dry mass of rachis, leaflets, palm heart and stem were obtained. Plants selected for this study presented main stem height varying from 0.37 to 2.00 m, with two plants by length. In the laboratory were measured the leaf area and dry matter weight. Equations were fitted using regression analysis. The equation for peach palm leaf area was obtained by regression of leaflets dry weight. Among the tested models, non linear equations of the type Y= axb and Y= abx presented better fit (R2 >0.88). The values of leaf area, leaf biomass and total leaf biomass varied between 0,84 – 14,06 m2 , 0,78 – 2,45 kg planta-1 and 0,14 a 4,44 kg planta-1. Among the parameters studied, plant height and rachis thickness were the most suitable for best indirect estimation of leaf area and aboveground biomass in peach palm plants.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11413
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DEG - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ARTIGO_Estimativas da área foliar e da biomassa aérea da pupunheira.pdf722.61 kBAdobe PDFView/Open

This item is licensed under a Creative Commons License
Creative Commons

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback