Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11430
Título : Educação para as sexualidades: sentindo e movimentando o próprio corpo para novas descobertas e possibilidades de ação docente
Título(s) alternativo(s): Education sexualities: feeling and moving the body to new discoveries and possibilities of teacher action
Autor: Alvarenga, Carolina Faria
Barbosa, Vanderlei
Palavras-chave: Educação infantil
Educação continuada docente
Educação para as sexualidades
Child education
Teaching continuing education
Education sexualities
Publicador: Universidade Federal de São Paulo
Data da publicação: Dez-2014
Referência: ALVARENGA, C. F.; BARBOSA, V. Educação para as sexualidades: sentindo e movimentando o próprio corpo para novas descobertas e possibilidades de ação docente. Olh@res, Guarulhos, v. 2, n. 2, p. 335-351, dez. 2014.
Resumo : Este trabalho foi elaborado a partir de reflexões de educadoras da Educação Infantil que participaram de um curso de extensão sobre psicomotricidade relacional. O jogo e a relação corporal foram elementos centrais nesse processo de formação. Por meio de elementos da terapia psicomotora, como brincadeiras – livres e orientadas – com bolas de variados tamanhos, jornais e papeis picados, foi possibilitado às educadoras experimentarem o prazer do corpo e o prazer por meio do movimento do próprio corpo. Ter consciência de seu corpo, de seus contornos e de seu potencial foi um dos maiores desafios apresentados pelas educadoras. Foram, então, instigadas a pensar, diante da dificuldade em lidarem com o próprio corpo, sobre como o trabalho a partir da perspectiva da educação para as sexualidades estaria sendo realizado com crianças da Educação Infantil. Os relatos apontam que, atualmente, as propostas de educação, cada vez menos, priorizam o corpo, o toque, o contato corporal, as sensações, por meio de brincadeiras, a favor de um processo acelerado de alfabetização. Dessa forma, cursos de formação continuada docente que possibilitem repensar as ações pedagógicas que se realizam com as crianças tornam-se cada vez mais importantes.
Abstract: This work was made from reflections of the kindergarten teachers who participated in an extension course on relational psychomotricity. The game and the relationship body were central elements in this training process. Through elements of psychomotor therapy, as jokes - free and targeted - with balls of various sizes, shredded newspapers and papers, was allowed teachers to experience the pleasure and the pleasure of the body through movement of the body itself. Be aware of your body, its contours and its potential was one of the biggest challenges presented by teachers. Were then enticed to think, given the difficulty in dealing with their own bodies, about the work from the perspective of education for sexuality was being conducted with children from kindergarten. There are reports that, currently, proposals for education, fewer, prioritize your body, the touch, the contact body, sensations, through play, in favor of an accelerated literacy. Thus, teaching continuing education courses that enable rethink pedagogical actions with the kids become increasingly important.
URI: http://www.olhares.unifesp.br/index.php/olhares/article/viewFile/247/102
http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11430
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DED - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.