Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Agronomia/Fisiologia Vegetal - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1144

Título: Criopreservação de calos, ápices caulinares e sementes de barbatimão
Autor(es): Porto, Jorge Marcelo Padovani
Orientador: Paiva, Renato
Coorientador(es): Herrera, Raírys Cravo
Membro da banca: Netto, Antonio Paulino da Costa
Nery, Fernanda Carlota
Gomes, Guilherme Augusto Canella
Área de concentração: Fisiologia da propagação sexuada e assexuada
Assunto: Sthryphnodendron adstringens
Plantas medicinais
Medicinal plants
Barbatimão - Criopreservação
Data de Defesa: 28-Fev-2013
Data de publicação: 2013
Agência de Fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Referência: PORTO, J. M. P. Criopreservação de calos, ápices caulinares e sementes de barbatimão. 2013. 115 p. Tese (Doutorado em Agronomia/Fisiologia Vegetal) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2013.
Resumo: O barbatimão [Sthyphnodendron adstringens (Mart.) coville] é uma planta encontrada no Cerrado brasileiro e possui diferentes ações medicinais em face da alta concentração de taninos em diferentes partes da planta. A criopreservação é um método bastante utilizado na conservação de propágulos vegetativos de interesse medicinal e comercial e, assim, o presente estudo foi realizado com o objetivo de propor metodologias de criopreservação de calos, ápices caulinares e sementes de barbatimão. Calos provenientes de folhas cotiledonares foram induzidos em meio MS suplementado com combinações entre concentrações de 2,4-D e TDZ e entre concentrações de cinetina e picloram. Após a indução, realizou-se a quantificação de fenóis totais e determinou-se a curva de crescimento dos calos. Para a criopreservação, foram utilizados calos induzidos com 1 mg L-1 de 2,4-D. Para a criopreservação dos ápices caulinares, primeiramente testou-se a influência do BAP e do GA3 na cultura deste explante. Na criopreservação utilizou-se a técnica de “droplet-vitrification”, onde os ápices ficaram expostos ao PVS2 por diferentes períodos de tempo antes da imersão em nitrogênio líquido. Diferentes concentrações de BAP e GA3 foram utilizadas no cultivo dos ápices após a criopreservação. Para a criopreservação de sementes, primeiramente determinaram-se três diferentes teores de água nas sementes. Após a imersão e descongelamento das sementes, avaliou-se a porcentagem de germinação, o vigor das sementes e a quantidade de DNA entre os diferentes tratamentos testados. Os calos obtiveram maiores valores de fenóis totais em meio MS com 1 mg L-1 de 2,4-D e 2 mg L-1 de cinetina e 1 mg L-1 de picloram. A curva de crescimento indicou que a repicagem dos calos deve ser realizada aos 49º dia de cultivo. Os diferentes ensaios de criopreservação de calos não apresentaram retomada do crescimento para nenhum tratamento. A concentração de 0,25 mg L-1 de BAP proporcionou maior comprimento de ápices caulinares. Os períodos de 15 e 30 minutos de exposição dos ápices ao PVS2 apresentaram maiores porcentagens de sobrevivência e a combinação de GA3 com 2 mg L-1 de BAP os maiores comprimentos das brotações. As sementes criopreservadas apresentaram a mesma quantidade de DNA, e as sementes com 6 e 9% de teor de água apresentaram plântulas com maiores comprimentos de parte aérea e peso da matéria seca das plântulas. Conclui-se que é possível criopreservar ápices caulinares e sementes de barbatimão. Os calos contêm a presença de fenóis totais, mas sua criopreservação precisa de mais estudos.
Barbatimão [Sthyphnodendron adstringens (Mart.) Coville] is a medicinal plant found in the Brazilian Cerrado. The species presents different medicinal functions due to high concentration tannin in different parts of the plant. Cryopreservation is a widely used method in the conservation of vegetative explants of species with medicinal and commercial interest. The aim of the present study was to develop protocols for cryopreservation of barbatimão calluses, shoot tips and seeds. Cotyledon segments were used to induce calluses in MS medium supplemented with different combinations of 2,4-D × TDZ and between concentrations of kinetin × picloram. For cryopreservation, we used calluses with 1 mg L-1 of 2,4-D. For the cryopreservation of the shoot tips, we first tested the influence of BAP and GA3 in the shoot tips’ growth. The "droplet-vitrification" technique was used for shoot tips’ cryopreservation, where the explants were exposed to PVS2 for different periods of time before being plunged into liquid nitrogen. Different BAP and GA3 concentrations were tested in the shoot tips’ cultivation after cryopreservation. For the cryopreservation of the seeds, we first assessed the water content of three different seeds. After plunging the seeds into LN and thawing the percentage of germination, seed vigor and the amount of DNA between different treatments was evaluated. The best results were obtained for the callus formation at the concentrations of 0.5 and 2.0 mg L-1 TDZ, in the absence of 2,4-D or using 2.0 mg L-1 kinetin combined with 0.5 mg L-1 of picloram. The highest amount of phenols were quantified in a medium containing 1.0 mg L-1 of 2,4-D, 2.0 mg L-1 of kinetin and 1.0 mg L-1 of picloram. The growth curve indicated that callus grading must be performed at 49 days of cultivation. The different callus cryopreservation assays did not show regrowth in any of the treatment. The concentration of 0.25 mg L-1 of BAP promoted the largest height of the shoot tips. The periods of 15 and 30 minutes of shoot tips exposure to PVS2 presented higher survival percentages and the combination of GA3 with 2.0 mg L-1 of BAP presented the largest shoot lengths. Cryopreserved seeds showed the same amount of DNA, and seeds with 6 and 9% water content showed greater vigor. We conclude that it is possible to induce calluses from cotyledons using different auxins and cytokinins and that these calluses contain phenols. The cryopreservation methodology used in this study was not successful with calluses. The BAP is essential for shoot tip culture, and GA3 for shoot elongation. The "droplet-vitrification" technique can be used for the cryopreservation of shoot tips. Seeds with low amounts of water can be successfully cryopreserved.
Informações adicionais: Tese apresentada à Universidade Federal de Lavras como parte das exigências do Curso de Doutorado em Agronomia, área de concentração em Fisiologia Vegetal, para a obtenção do título de "Doutor".
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1144
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DBI - Agronomia/Fisiologia Vegetal - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Criopreservação de calos, ápices caulinares e sementes de barbatimão.pdf972,44 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback