Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11512
Título : Adubação nitrogenada e potássica de cafeeiro fertirrigado na fase de formação, em plantio adensado
Título(s) alternativo(s): Nitrogen and potassium fertigation in coffee at the formation phase, with high plant density
Autor: Sobreira, Fabrício Moreira
Guimarães, Rubens José
Colombo, Alberto
Scalco, Myriane Stella
Carvalho, Janice Guedes
Palavras-chave: Café – Adubação
Nitrogênio na agricultura
Potássio na agricultura
Irrigação por gotejamento
Coffee – Fertilization
Nitrogen in agriculture
Potassium in agriculture
Drip irrigation
Publicador: Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
Data da publicação: 14-Dez-2010
Referência: SOBREIRA, F. M. et al. Adubação nitrogenada e potássica de cafeeiro fertirrigado na fase de formação, em plantio adensado. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 46, n. 1, p. 9-16, jan. 2011.
Resumo : O objetivo deste trabalho foi determinar o parcelamento e a dose de nitrogênio e potássio mais adequados para o primeiro e segundo anos de formação do cafeeiro (Coffea arabica) fertirrigado por gotejamento, no sul de Minas Gerais. Dois experimentos foram instalados simultaneamente com plantio adensado (6.666 plantas ha-1 ): em um, a adubação foi realizada em quatro aplicações ao ano e, no outro, em 12 aplicações. Utilizou-se o delineamento em blocos ao acaso com cinco tratamentos e quatro repetições em ambos os experimentos. Os tratamentos foram constituídos por doses, aplicadas via fertirrigação, equivalentes a 70, 100, 130, 160 e 190% da recomendada para N e K2O, para o cultivo em sequeiro. Foi realizado tratamento controle com cultivo em sequeiro e adubação com a dose padrão: 100% da recomendada. No primeiro e segundo anos, em ambos os tipos de parcelamento, não houve diferença significativa entre as doses, quanto ao crescimento do cafeeiro. O parcelamento em 12 aplicações é mais adequado para adubação de primeiro e segundo anos pós-plantio. Cafeeiros em formação fertirrigados por gotejamento apresentam maior crescimento e menor demanda por adubação com N e K do que os cultivados em sequeiro.
Abstract: The objective of this study was to evaluate the most adequate parceling and dose of nitrogen and potassium for the first and second years of coffee shrub (Coffea arabica) formation, under a drip fertigation system, in southern Minas Gerais, Brazil. Two experiments with high plant density (6.666 plants ha-1 ) were carried out simultaneously: in one of them, the fertilization was done in 4 applications yearly, and in the other one, in 12 applications. A randomized block design was used with five treatments and four replicates in both experiments. Treatments consisted of N and K2O doses applied via fertigation: 70, 100, 130, 160 and 190% from the N and K2O recommended doses for the rainfed cropping. A control treatment was carried out in rainfed conditions and fertilized with the standard dose (100%). In the first and second years, in both parceling types, there were no significant differences among doses regarding coffee shrub vegetative growth. Parceling into 12 applications is more suitable for fertilization at both first and second years after planting. Fertigated coffee shrubs at the formation phase have higher growth and demand less nitrogen and potassium fertilization than the ones in rainfed conditions.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11512
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DEG - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_Adubação nitrogenada e potássica de cafeeiro fertirrigado.pdf451,02 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons