Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAG - Departamento de Agricultura >
DAG - Artigos publicados em periódicos >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11549

Título: Co-inoculation of Bradyrhizobium japonicum and Azospirillum brasilense in the soybean crop
Título Alternativo: Coinoculação de Bradyrhizobium japonicum e Azospirillum brasilense na cultura da soja
Autor(es): Zuffo, Alan Mario
Rezende, Pedro Milanez de
Bruzi, Adriano Teodoro
Oliveira, Natália T.
Soares, Igor Oliveri
Gontijo Neto, Geraldo F.
Cardillo, Bruno Ewerton da Silveira
Silva, Laís O.
Assunto: Soybean – Inoculation
Soybean – Seeds
Agricultural microbiology
Bacteriology
Soja – Inoculação
Soja – Sementes
Microbiologia agrícola
Bacteriologia
Bradyrhizobium japonicum
Azospirillum brasilense
Glycine max
Publicador: Sociedade de Ciências Agrárias de Portugal
Data de publicação: 19-Dez-2014
Referência: ZUFFO, A. M. et al. Co-inoculation of Bradyrhizobium japonicum and Azospirillum brasilense in the soybean crop. Revista de Ciências Agrárias, Lisboa, v. 38, n. 1, p. 87-93, Mar. 2015.
Resumo: Na cultura da soja, a inoculação conjunta de Bradyrhizobium japonicum e Azospirillum brasilense pode ser uma estratégia promissora, combinando a FBN e a produção de fito-hormônios. Nesse âmbito o trabalho teve como objetivo avaliar o efeito da coinoculação com diferentes doses de Bradyrhizobium japonicum e de Azospirillum brasilense, no desenvolvimento morfofisiológico e nodulação da soja. O ensaio foi realizado em estufa na Universidade Federal de Lavras (UFLA), no setor de Grandes Culturas do Departamento de Agricultura Lavras - MG, Brasil. O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado, com quatro repetições, em esquema fatorial 5 x 2, sendo utilizadas cinco doses de Azospirillum brasilense (0, 0,5, 1,0, 1,5 e 2,0 mL kg-1 de semente) e duas doses de Bradyrhizobium japonicum (0 e 3,0 mL kg-1 de semente), ambas veiculadas via sementes. A cultivar de soja utilizada foi a BRS Favorita RR , cultivada em vasos de 5 dm3. No início da floração (R1) determinaram-se os seguintes parâmetros: altura de plantas, número de trifólio, peso seco da parte aérea, da parte radicular e dos nódulos, volume radicular, teor de clorofila foliar e teor de nitrogênio foliar. O uso da dose de 3 mL de Bradyrhizobium japonicum kg-1 de semente, proporciona melhor desempenho morfofisiológico e maior nodulação na cultura da soja cultivada em vaso. A utilização de Azospirillum brasilense isoladamente e em coinoculação com Bradyrhizobium japonicum não promove efeitos significativos nos parâmetros avaliados.
Abstract: In soybean, the combined use of Bradyrhizobium japonicum and Azospirillum brasilense may be a promising strategy, joining biological nitrogen fixation (BNF) and phytohormone production. In this context, the aim of this study was to evaluate the effect of co-inoculation at different application rates of Bradyrhizobium japonicum and Azospirillum brasilense on the morphophysiological development and nodulation of soybean. The experiment was carried out in a greenhouse at the Federal University of Lavras (UFLA), in the Field Crop sector of the Department of Agriculture, Lavras, MG state, Brazil. A completely randomized experimental design was used with four replications in a 5 x 2 factorial arrangement consisting of five application rates of Azospirillum brasilense (0, 0.5, 1.0, 1.5 and 2.0 mL kg-1 of seed) and two application rates of Bradyrhizobium japonicum (0 and 3.0 mL kg-1 of seed), both transmitted via seeds. The soybean cultivar used was BRS Favorita RR , grown in 5 dm3 pots. At the beginning of flowering (R1), the following features were determined: plant height, number of trifoliate leaves, shoot dry matter, root dry matter, nodules dry matter, root volume, leaf chlorophyll content, and leaf nitrogen content. Application of Bradyrhizobium japonicum at the rate of 3 mL kg-1 of seed led to the best morphophysiological performance and the greatest nodulation in the potted soybean crop. The use of Azospirillum brasilense alone and in co-inoculation with Bradyrhizobium japonicum did not have a significant effect on the parameters evaluated.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11549
Idioma: en_US
Aparece nas coleções: DAG - Artigos publicados em periódicos

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
ARTIGO_Co-inoculation of Bradyrhizobium japonicum.pdf1,17 MBAdobe PDFVer/abrir

Este item está licenciado com Licença Creative Commons
Creative Commons

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback