Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DEG - Departamento de Engenharia >
DEG - Artigos publicados em periódicos >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11551

Título: Modelagem dos efeitos do vento na uniformidade da irrigação por aspersão: aspersores de tamanho médio
Título Alternativo: Modeling of wind effects on water application uniformity of sprinkler irrigation: medium-sized sprinklers
Autor(es): Faria, Lessandro C.
Beskow, Samuel
Colombo, Alberto
Oliveira, Henrique Fonseca Elias de
Assunto: Irrigação por aspersão - Modelos matemáticos
Modelo computacional
Plantas - Efeito do vento
Sprinkler irrigation - Mathematical models
Computational models
Plant - Effect of wind
Publicador: Universidade Federal de Campina Grande
Data de publicação: 15-Dez-2011
Referência: FARIA, L. C. et al. Modelagem dos efeitos do vento na uniformidade da irrigação por aspersão: aspersores de tamanho médio. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v. 16, n. 2, p. 133–141, fev. 2012.
Resumo: O vento afeta a distribuição de água aplicada por aspersores, podendo tornar um determinado sistema de irrigação ineficiente. Nestas condições, a modelagem pode facilitar as avaliações de sistemas convencionais de aspersão, antes mesmo de sua implantação no campo. Neste estudo foi avaliada a aplicabilidade do modelo semiempírico de Richards & Weatherhead para aspersores de tamanho médio, modelos Agropolo/NY e Naan/5024, em diferentes condições de vento. Os valores do Coeficiente de Uniformidade de Christiansen (CUC), obtidos com dados de ensaios de campo e em simulações computacionais, foram comparados por meio de diversos índices resultando em valores de R2=0,88, desvio absoluto médio (DAM) = 4,75% e índice de desempenho (c) = 0,91, para aspersores operando isoladamente, para linhas laterais de aspersores, valores de R2= 0,78, DAM = 4,1% e c = 0,76. Demonstrou-se, assim, a aplicabilidade do modelo de Richards & Weatherhead frente à predição da uniformidade de aplicação de água de sistemas convencionais de irrigação operando com aspersores de tamanho médio em condições de vento, o que reduz o esforço e o tempo requerido em trabalhos de campo.
Abstract: The wind has influence on sprinkler water distribution and it can make a given irrigation system inefficient. Under this circumstance, the use of mathematical models can ease evaluations of conventional sprinkler irrigation systems, even before they are set up in the field. The aim of this study was to evaluate the applicability of the Richards & Weatherhead semi-empirical model using medium-sized sprinklers (Agropolo/NY and Naan/5024) under windy conditions. The Christiansen coefficient of uniformity (CUC) values, based on in-field sprinkler tests, were compared to simulated values, resulting in the following indices: (i) for individual solid set sprinkler system R2= 0.88, average absolute deviation (AAD) = 4.75%, and performance index (c) = 0.91; (ii) for block sprinkler system R2=078, AAD = 4.1%, and c = 0.76. These results emphasize the applicability of the Richards & Weatherhead model on water application uniformity prediction for conventional sprinkler systems operating with medium-sized sprinklers, reducing the efforts and the time required in field trials.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11551
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DEG - Artigos publicados em periódicos

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
ARTIGO_Modelagem dos efeitos do vento...irrigação por aspersão....pdf1,92 MBAdobe PDFVer/abrir

Este item está licenciado com Licença Creative Commons
Creative Commons

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback