Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11552
Título : Distorção do vento na área molhada por canhões hidráulicos: extensão da modelagem para aspersores médios
Título(s) alternativo(s): Wind distortion in wetted area of gun sprinklers: extension of modeling to medium-sized sprinklers
Autor: Faria, Lessandro C.
Colombo, Alberto
Oliveira, Henrique Fonseca Elias de
Beskow, Samuel
Prado, Giuliani do
Palavras-chave: Irrigação por aspersão - Modelos matemáticos
Plantas - Efeito do vento
Sprinkler irrigation - Mathematical models
Plant - Effect of wind
Publicador: Universidade Federal de Campina Grande
Data da publicação: 18-Abr-2012
Referência: FARIA, L. C. et al. Distorção do vento na área molhada por canhões hidráulicos: extensão da modelagem para aspersores médios. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v. 16, n. 7, p. 699–705, jul. 2012.
Resumo : A hipótese da existência de uma relação linear entre o alcance de canhões hidráulicos e a velocidade do vento, descrita no modelo de Richards & Weatherhead e amplamente utilizada na simulação da distribuição de água de canhões hidráulicos em condições de vento, foi avaliada neste trabalho para aspersores de tamanho médio. Na avaliação foram consideradas distâncias de alcance entre os aspersores modelos Agropolo/NY e Naan/5024 e os limites de sua área molhada, observadas em ensaios de campo, medidos nas direções: contrária, a favor e perpendicular ao vento. As retas ajustadas pelo método dos mínimos quadrados indicaram, em relação ao alcance do aspersor quando da ausência de vento, que para cada incremento de 1 m s-1 na velocidade do vento ocorreram: (i) um decréscimo de 3,7% na direção contrária ao vento; (ii) um decréscimo de 3,0% na direção perpendicular ao vento e (iii) um acréscimo de 2,2% na mesma direção do vento, indicando que no intervalo de velocidades de vento consideradas (0 a 3 m s-1) a hipótese de uma relação linear entre o alcance de aspersores de tamanho médio e a velocidade do vento, foi mantida.
Abstract: The hypothesis of a linear relationship between wetted radius of gun sprinklers and wind velocity, as proposed by the Richards & Weatherhead model and widely used for simulation of water distribution by gun sprinklers under windy conditions, was evaluated in this study for medium-sized sprinklers. Distances from the sprinkler models used in this study (Agropolo/NY e Naan/5024) to the limit of the wetted area were determined through various field tests for upwind, downwind and crosswind conditions. Using the least square method it was found that, in relation to the no-wind radius, for each 1 m s-1 increase in wind velocity there was: (i) a distance reduction of 3.7% for upwind edge; (ii) a 3.0% decrease in distance for crosswind edge; and (iii) a 2.2% increase in distance for downwind edge. These results indicated that the linear relationship found between wetted radius and wind velocity was valid for the range of wind velocities considered in this study (0-3 m s-1).
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11552
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DEG - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_Distorção do vento na área molhada por canhões hidráulicos.pdf709,05 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons